domingo, 26 de dezembro de 2010

os melhores do ano

A Radio Indie se despede de 2010 apresentando os melhores do ano. Foi uma disputa acirrada entre Arcade Fire, The National e Beach House, mas os canadenses levaram a melhor com The Suburbs escolhido o melhor album do ano e com duas faixas dele entre as dez melhores músicas de 2010: “Ready To Start” e “Sprawl II (Mountains Beyond Mountains)” numa lista encabeçada por Marnie Stern com a poderosíssima “For Ash”, simplesmente um petardo. Confira abaixo nossa lista dos dez melhores albuns de 2010 e ouça uma playlist especial com as dez músicas do ano. A gente volta em janeiro.


OS MELHORES ALBUNS DE 2010

01 – ARCADE FIRE/The Suburbs
02 – BEACH HOUSE/Teen Dream
03 – THE NATIONAL/High Violet
04 – DEERHUNTER/Halcyon Digest
05 – MENOMENA/Mines
06 – TEENAGE FANCLUB/Shadows
07 – BEST COAST/Crazy For You
08 – VILLAGERS/Becoming a Jackal
09 – PERFUME GENIUS/Learning
10 – WAVVES/King of the Beach



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MARNIE STERN, “For Ash”
In: Marnie Stern, 2010.

02 – ARCADE FIRE, “Ready To Star”
In: The Suburbs, 2010.

03 – THE NATIONAL, “Bloodbuzz Ohio”
In: High Violet, 2010.

04 – BEST COAST, “When I’m With You”
In: Crazy For You, 2010.

05 – SLEIGH BELLS, “Rill Rill”
In: Treats, 2010.

06 – BEACH HOUSE, “Norway”
In: Teen Dream, 2010.

07 – MENOMENA, “Killemall”
In: Mines, 2010.

08 – LCD SOUNDSYSTEM, “All I Want”
In: This is happening, 2010.

09 – ARCADE FIRE, “Sprawl II (Mountains Beyond Mountains)”
In: The Suburbs, 2010.

10 – THE FRESH & ONLYS, “Waterfall”
In: Play It Strange, 2010.

sábado, 25 de dezembro de 2010

os melhores do ano

O ano está acabando, daqui uma semana já é 2011, está mais do que na hora da Radio Indie apresentar a sua lista de melhores do ano. Hoje das melhores músicas e albuns nacionais. Com uma composição sobre sua cidade natal, Jair Naves encabeça a lista das melhores músicas do ano; o ex-Ludovic deixou a sonoridade pesada de sua antiga banda de lado mas não suas letras intensas e passionais: “Araguari I (Meus Amores Inconfessos)” é uma bela reflexão sobre situações vividas em Araguari: as saudades da infância, a partida, o retorno, tendo como pano de fundo o caso dos Irmãos Naves que marcou a história da pequena cidade mineira. Mas o ano foi mesmo do quarteto gaúcho Apanhador Só (foto) que além de produzir o melhor album de 2010 ainda emplacou duas músicas entre as melhores: “Um Rei e o Zé” e “Nescafé”. Confira abaixo a lista dos dez melhores albuns de 2010 e ouça uma playlist especial com as melhores músicas deste ano.

01 – APANHADOR SÓ/ Apanhador Só
02 – SABONETES/Sabonetes
03 – KARINA BUHR/Eu Menti Prá Você
04 – TULIPA RUIZ/Efêmera
05 – THIAGO PETHIT/Berlim, Texas
06 – THE DEAD LOVER’S TWISTED HEART/Dlth
07 – HOLGER/Sunga
08 – VENUS VOLTS/Venus Volts Is Dead
09 – MOMBOJÓ/Amigo do Tempo
10 – CARTOLAS/Quase Certeza Absoluta



Seleção Musical de Ricardo Pereira

01 – JAIR NAVES, “Araguari I (Meus Amores Inconfessos)”
In: Araguari EP, 2010.

02 – SABONETES, “Hotel”
In: Sabonetes, 2010.

03 – KARINA BUHR, “Mira Ira”
In: Eu Menti Prá Você, 2010.

04 – APANHADOR SÓ, “Um Rei e o Zé”
In: Apanhador Só, 2010.

05 – THIAGO PETHIT, “Mapa-Múndi”
In: Berlim, Texas, 2010.

06 – HOLGER, “Let’Em Shine Below”
In: Sunga, 2010.

07 – THE DEAD LOVER’S TWISTED HEART, “Where I Am”
In: DLTH, 2010.

08 – CARTOLAS, “Onde anda o Rock em Rol?”
In: Quase Certeza Absoluta, 2010.

09 – MOMBOJÓ, “Papapa”
In: Amigo do Tempo, 2010.

10 – APANHADOR SÓ, “Nescafé”
In: Apanhador Só, 2010.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Liderado por Nick Cave, o Grinderman (foto) lançou em 2010 seu segundo album. Não podíamos terminar o ano sem lhe dar o devido destaque, embora já tenhamos tocado inúmeras músicas deste grande disco. “Heathen Child” que abre nosso playlist de hoje é mais uma delas. Na sequencia tem Black Mountain, Isobel Campbelle & Mark Lanegan, Belle and Sebastian, The Walkmen, Frightened Rabbit, Beach House, Eels, Villagers e, aproveitando que é Natal, uma versão de “Silent Night” feita pelo Low.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – GRINDERMAN, “Heathen Child”
In: Grinderman 2, 2010.

02 – BLACK MOUNTAIN, “Sadie”
In: Wilderness Heart, 2010.

03 – ISOBEL CAMPBELL & MARK LANEGAN, “Eyes of Green”
In: Hawk, 2010.

04 – BELLE AND SEBASTIAN, “Write About Love”(feat. Carey Mulligan)
In: Write About Love, 2010.

05 – THE WALKMEN, “Blue as your blood”
In: Lisbon, 2010.

06 – FRIGHTENED RABBIT, “Man/Bag of Sand”
In: The Winter of Mixed Drinks, 2010.

07 – BEACH HOUSE, “Lover of Mine”
In: Teen Dream, 2010.

08 – EELS, “Let’s Ruin Julie’s Birthday”
In: Tomorrow Morning, 2010.

09 – VILLAGERS, “That Day”
In: Becoming a Jackal, 2010.

10 – LOW, “Silent Night”
In: Christmas EP, 1999.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O Wild Nothing (foto) já lançou em 2010 um dos melhores albuns do ano, o excelente Gemini cujas faixas você vem ouvindo aqui na Radio Indie; agora estão lançando um EP, Golden Haze, para fechar com chave de ouro este ano inspiradíssimo do grupo. Do novo trabalho escolhemos “Vultures Like Lovers” para abrir nosso playlist. Na sequencia tem Women, Coolrunnings, Pearl Harbor, Harlem, Buffalo Moon, Beach Fossils, Delay Trees, Houses, Teen Daze e The Tins.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – WILD NOTHING, “Vultures Like Lovers”
In: Golden Haze EP, 2010.

02 – WOMEN, “Penal Colony”
In: Public Strain, 2010.

03 – COOLRUNNINGS, “I am you”
In: Babes Forever EP, 2010.

04 – PEARL HARBOR, “Sunburn”
In: Calistonia Dreamin’ EP, 2010.

05 – HARLEM, “Tila and I”
In: Hippies, 2010.

06 – BUFFALO MOON, “Beach Boy”
In: Wetsuit, 2010.

07 – BEACH FOSSILS, “Time”
In: Woodsist 7”, 2010.

08 – DELAY TREES, “Desert Island Song”
In: Soft Construction, 2009.

09 – HOUSES/TEEN DAZE, “Bikes”
In: Destiny, 2010.

10 – THE TINS, “Backbone”
In: The Tins EP, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Liderado por Elizabeth Powell, o trio canadense Land of Talk (foto) lançou em 2010 seu segundo album, Cloak and Cipher, depois de uma boa estréia com Some Are Lakes. Sou suspeito para falar porque sou fã de bandas com vocais femininos, mas o Land of Talk é um desses grupos que merece mais atenção do que seus discos têm recebido. Para abrir nosso playlist de hoje escolhi “Blagee Bee” deles. Na sequencia tem Twin Sister, New Found Land, Joel Alme, Emily Wells, Roman Candle, Lotte Kestner, Junip, Desolation Wilderness e Bird Talk.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LAND OF TALK, “Blagee Blee”
In: Cloak and Cipher, 2010.

02 – TWIN SISTER, “Phenomenons”
In: Color Your Life EP, 2010.

03 – NEW FOUND LAND, “Leave It Behind”
In: We All Die, 2009.

04 – JOEL ALME, “Snart Skiner Poseidon”
In: A Master of Ceremonies, 2008.

05 – EMILY WELLS, Take it Easy San Francisco”
In: Dirty, 2009.

06 – ROMAN CANDLE, “I Wish I Was in New York”
In: The Wee Hours Revue, 2006.

07 – LOTTE KESTNER, “Before You Are”
In: China Mountain, 2008.

08 – JUNIP, “Blue”
In: Fields, 2010.

09 – DESOLATION WILDERNESS, “Boardwalk Theme”
In: White Light Strobing, 2008.

10 – BIRD TALK, “Crazy Mad”
In: Crazy Mad EP, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

O Spoon (foto) lança mais um album em 2010, mas diferente de Transference, este não traz faixas inéditas, mas uma compilação com faixas demos e alternativas que foram disponibilizadas no website da banda entre 2008 e 2009, daí o título Bonus Tracks 2008-2009. Uma delas é “My Little Japanese Cigarette Case” que abre o nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Britt Daniel, líder da banda, interpretando um clássico de Sam Cooke. E ainda Wilco, Wolf Parade, The National, Menomena, LCD Soundsystem, A.C. Newman, TV On The Radio e Arcade Fire.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SPOON, “My Little Japanese Cigarette Case (Oceanside Demo)”
In: Bonus Tracks 2008-2009, 2010.

02 – BRITT DANIEL, “Bring It On Home To Me”
In: Bridging the Distance, 2009.

03 – WILCO, “You Never Know”
In: Wilco (The Album), 2009.

04 – WOLF PARADE, “Oh You, Old Thing”
In: Expo 86, 2010.

05 – THE NATIONAL, “Little Faith”
In: High Violet, 2010.

06 – MENOMENA, “Lunchmeat”
In: Mines, 2010.

07 – LCD SOUNDSYSTEM, “Daft Punk Is Playing At My House”
In: LCD Soundsystem, 2005.

08 – A.C. NEWMAN, “Prophets”
In: Get Guilty, 2009.

09 – TV ON THE RADIO, “Staring at The Sun”
In: Desperate Youth, Blood Thirsty Babes, 2004.

10 – ARCADE FIRE, “Vampire/Forest Fire”
In: Arcade Fire EP, 2003.

Participe da nossa comunidade no orkut e nos recomende uma banda:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Para começar a semana com o astral lá em cima escolhemos o som do Reading Rainbow (foto), duo formado pelo casal Sarah Everton e Rob Garcia que lançou este ano seu segundo album, Prism Eyes. Do novo trabalho você ouve abrindo nosso playlist de hoje, “Runaways”. Na sequencia tem Eternal Summers, Weed Diamond, Christmas Island, Matt & Kim, The Good Natured, Burnt Ones, Glasser, The Concretes e, finalizando, a participação de Darren Hayman (ex-Hefner) no album Duettes do Gospel Music.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – READING RAINBOW, “Runaways”
In: Prism Eyes, 2010.

02 – ETERNAL SUMMERS, “Safe at Home”
In: Silver, 2010.

03 – WEED DIAMOND, “Mint In My Mouth”
In: Carry On + Sweater, 2010.

04 – CHRISTMAS ISLAND, “Twenty Nine”
In: Nineteen/Twenty Nine 7”, 2009.

05 – MATT & KIM, “Block After Block”
In: Sidewalks, 2010.

06 – THE GOOD NATURED, “Be My Animal”
In: Be My Animal – Single, 2010.

07 – BURNT ONES, “Never Gonna Die”
In: Black Teeth & Golden Tongues, 2010.

08 – GLASSER, “Clamour”
In: Rings, 2010.

09 – THE CONCRETES, “All Day”
In: WYWH, 2010.

10 – GOSPEL MUSIC, “Reinheitsgebot”(w/ Darren Hayman)
In: Duettes EP, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

domingo, 19 de dezembro de 2010

Lançado em 1993 pela Creation, Souvlaki, do Slowdive é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. O Slowdive talvez seja a menos conhecida das três grandes representantes do shoe-gazing do início dos anos 90, as outras duas bandas são, obviamente, Ride e My Bloody Valentine, mas isto não significa que sua música não os coloque em pé de igualdade com suas congêneres mais famosas formando, assim, a trindade perfeita deste estilo.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SLOWDIVE, “Alison”
In: Souvlaki, 1993.

02 – SLOWDIVE, “Machine Gun”
In: Souvlaki, 1993.

03 – SLOWDIVE, “40 Days”
In: Souvlaki, 1993.

04 – SLOWDIVE, “Sing”
In: Souvlaki, 1993.

05 – SLOWDIVE, “Here She Comes”
In: Souvlaki, 1993.

06 – SLOWDIVE, “Souvlaki Space Station”
In: Souvlaki, 1993.

07 – SLOWDIVE, “When The Sun Hits”
In: Souvlaki, 1993.

08 – SLOWDIVE, “Altogether”
In: Souvlaki, 1993.

09 – SLOWDIVE, “Melon Yellow”
In: Souvlaki, 1993.

10 – SLOWDIVE, “Dagger”
In: Souvlaki, 1993.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

sábado, 18 de dezembro de 2010

A banda curitibana Magaivers (foto) lançou recentemente seu quinto album intitulado V. Um dos grandes ícones do punk nacional na última década, o grupo é como o vinho. Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos deles “Ela Não Gosta de Rock Gaúcho” que conta com a participação de Giovanni Caruso. Na sequencia tem Utopia!, Diedrich & Os Marlenes, Cartolas, Bad Folks, Apanhador Só, Carolina Diz, Charme Chulo, Os Efervescentes, Rockassetes, Terminal Guadalupe e Acabou La Tequila.


Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MAGAIVERS, “Ela Não Gosta de Rock Gaúcho” (c/ Giovanni Caruso)
In: V, 2010.
02 – UTOPIA!, “Porta-Retrato”
In: Monólogo EP, 2009.
03 – DIEDRICH & OS MARLENES, “Mentiras de um amor que já passou”
In: O Popular EP, 2009.
04 – CARTOLAS, “Onde Anda o Rock em Rol?”
In: Quase Certeza Absoluta, 2010.
05 – BAD FOLKS, “Why Do You Cry Every Morning?”
In: Impossible, 2008.
06 – APANHADOR SÓ, “Nescafé”
In: Apanhador Só, 2010.
07 – CAROLINA DIZ, “Mariana”
In: Crônicas do Amanhecer, 2008.
08 – CHARME CHULO, “Nova Onda Caipira”
In: Nova Onda Caipira, 2009.
09 – OS EFERVESCENTES, “Sempre que eu vejo”
In: Os Efervescentes, 2010.
10 – ROCKASSETES, “As Flechas”
In: As Flechas – Single, 2008.
11 – TERMINAL GUADALUPE, “Que Saudade de Você”
In: Vou Tirar Você Desse Lugar: Tributo a Odair José, 2006.
12 – ACABOU LA TEQUILA, “Mais ou Menos”
In: O Som da Moda, 2004.Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Laura-Mary Carter e Steven Ansell formam o Blood Red Shoes (foto) que lançou em 2010, Fire Like This, seu segundo album. Apesar de britânicos, o som da dupla não esconde a influência de Seattle, baterias e guitarras barulhentas, porém embaladas em melodias pop, caso de “Count Me Out” que abre nossa playlista desta sexta. Na sequencia tem Sky Larkin, Be Your Own Pet, The Black Box Revelation, You Say Party! We Say Die!, Metric, Foals, Crocodiles, Death From Above 1979 e Autolux.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BLOOD RED SHOES, “Count Me Out”
In: Fire Like This, 2010.

02 – SKY LARKIN, “A.T.M.”
In: Kaleide, 2010.

03 – BE YOUR OWN PET, “Spill”
In: Damn Damn Leash EP, 2005.

04 – THE BLACK BOX REVELATION, “Here Comes The Kick”
In: Silver Threats, 2010.

05 – YOU SAY PARTY! WE SAY DIE!, “Laura Palmer’s Prom”
In: Laura Palmer’s Prom 7”, 2010.

06 – METRIC, “Dead Disco”
In: Old World Underground, Where Are You Now?, 2003.

07 – FOALS, “Two Trees”
In: Total Life Forever, 2010.

08 – CROCODILES, “Flesh of Light”
In: Summer of Hate, 2009.

09 – DEATH FROM ABOVE 1979, “Little Girl”
In: You’re a Woman, I’m a Machine, 2004.

10 – AUTOLUX, “High Chair”
In: Transit Transit, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O sueco filho de argentinos José Gonzalez, depois de dois albuns bem recebidos pela crítica, Veneer (2003) e In Our Nature (2007), resolveu juntar-se a Elias Araya e Tobias Winterkorn para formar o Junip (foto) que lançou no meio deste ano seu primeiro trabalho, Fields. Dele você ouve “Rope & Summit” abrindo nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Dark Dark Dark, Ash Reiter, The Wild, Lower Dens, Jana Hunter, Eternal Summers, Lost In The Trees, Perfume Genius e Vetiver & Hope Sandoval juntos.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – JUNIP, “Rope & Summit”
In: Fields, 2010.

02 – DARK DARK DARK, “Wild Go”
In: Wild Go, 2010.

03 – ASH REITER, “La Bahia”
In: Paper Diamonds, 2010.

04 – THE WILD, “Stillness Sickness”
In: The Wild/Pedals On Our Pirate Ships Split 12”, 2010.

05 – LOWER DENS, “Completely Golden”
In: Twin-Hand Movement, 2010.

06 – JANA HUNTER, “All The Best Wishes”
In: Blank Unstaring Heirs of Doom, 2005.

07 – ETERNAL SUMMERS, “Pure Affection”
In: Silver, 2010.

08 – LOST IN THE TREES, “Time, It Will Not Erase Me”
In: Time Taunts Me, 2007.

09 – PERFUME GENIUS, “Look Out, Look Out”
In: Learning, 2010.

10 – VETIVER & HOPE SANDOVAL, “Angel’s Share”
In: Vetiver, 2004.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

The Autumn Defense (foto) é o nome do projeto que John Stirrat e Pat Sansone (do Wilco) desenvolvem paralelamente ao grupo. Os dois já estão no quarto album, Once Around que acabou de ser lançado. O som lembra bastante o Wilco e quem gosta de um tem tudo para gostar do outro. Para abrir nossa playlist de hoje escolhemos “Back of My Mind” deles. Na sequencia tem Bleu, Gold Sounds, We Landed On The Moon!, The Steelwells, The Thermals, Destroyer, The Lighthouse and The Whaler, Pandit e The Canon Logic.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE AUTUMN DEFENSE, “Back of My Mind”
In: Once Around, 2010.

02 – BLEU, “B.O.S.T.O.N.”
In: Four, 2010.

03 – GOLD SOUNDS, “You’re a Vision”
In: Home Schooled EP, 2009.

04 – WE LANDED ON THE MOON!, “Across The Sun”
In: This Will Be One For The Books, 2010.

05 – THE STEELWELLS, “This Dance Is Out Of Your Hands”
In: Shallow On The Draft EP, 2009.

06 – THE THERMALS, “You Changed My Life”
In: Personal Life, 2010.

07 – DESTROYER, “Chinatown”
In: Kaputt, 2011.

08 – THE LIGHTHOUSE AND THE WHALER, “White Days”
In: The Lighthouse and The Whaler, 2009.

09 – PANDIT, “Creek Bed”
In: Pandit, 2010.

10 – THE CANON LOGIC, “Nights At Armour Mansion”
In: FM Arcade, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Os dois únicos albuns do Soft Boys (foto) estão sendo relançados pela Yep Rock: A Can of Bees (1979) e Underwater Moonlight (1980). Formados em Cambridge, em 1976, o quarteto liderado por Robyn Hitchcock fundia com extrema perfeição elementos do pop com o folk-rock inglês e a agressividade punk. Trata-se de uma ótima oportunidade para conhecer o som desta banda que está nas origens do indie rock. Para abrir nossa playlist de hoje escolhemos um de seus maiores clássicos, “I Wanna Destroy You”. Na sequencia tem Camper Van Beethoven, Television Personalities, The Clean, The Chills, Mission of Burma, The Verlaines, The Bats, The Go-Betweens e, para finalizar, a volta do grupo The 1900s com “Amulet” do recém-lançado Return of The Century.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE SOFT BOYS, “I Wanna Destroy You”
In: Underwater Moonlight, 1980.

02 – CAMPER VAN BEETHOVEN, “When I Win The Lottery”
In: Key Lime Pie, 1989.

03 – TELEVISION PERSONALITIES, “I Hope You’re Happy Now”
In: My Dark Places, 1996.

04 – THE CLEAN, “In the Dreamlife U Need a Rubber Soul”
In: Mister Pop, 2009.

05 – THE CHILLS, “The Oncoming Day”
In: Submarine Bells, 1990.

06 – MISSION OF BURMA, “Whay We Really Were”
In: OnoffON, 2004.

07 – THE VERLAINES, “Lying in State”
In: Hallelujah All the Way Home, 1985.

08 – THE BATS, “For The Ride”
In: Couchmaster, 1995.

09 – THE GO-BETWEENS, “Finding You”
In: Oceans Apart, 2005.

10 – THE 1900s, “Amulet”
In: Return of the Century, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O EP Zeus, lançado na ultima semana pelo British Sea Power (foto), funciona como uma prévia do que será Valhalla Dancehall, o novo album do grupo previsto para 2011, até porque tratam-se de sete faixas que foram justamente excluídas deste mais “Cleaning Out The Rooms” que figurará entre as faixas do disco. Abrindo nosso playlist de hoje está “Zeus”, na sequencia tem The Electric Soft Parade, The Phantom Band, The Young Knives, Wild Beasts, Guillemots, Mansun, Jarvis Cocker, My Latest Novel e Athlete.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BRITISH SEA POWER, “Zeus”
In: Zeus EP, 2010.

02 – THE ELECTRIC SOFT PARADE, “If That’s The Case, Then I Don’t Know”
In: No Need to Be Downhearted, 2007.

03 – THE PHANTOM BAND, “The None of One”
In: The Wants, 2010.

04 – THE YOUNG KNIVES, “Fit 4 U”
In: Superabundance, 2008.

05 – WILD BEASTS, “Through The Iron Gate”
In: Two Dancers, 2009.

06 – GUILLEMOTS, “Standing on The Last Star”
In: Red, 2008.

07 – MANSUN, “Wide Open Space”
In: Attack of the Grey Lantern, 1997.

08 – JARVIS COCKER, “Black Magic”
In: Jarvis, 2006.

09 – MY LATEST NOVEL, “Pretty In A Panic”
In: Wolves, 2006.

10 – ATHLETE, “Back Track”
In: Singles 01-10, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

domingo, 12 de dezembro de 2010

Lançado em 1990 pela Creation Records, Nowhere, do Ride, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. O Ride foi um dos maiores representantes do som viajante e melódico conhecido como shoe-gazing produzido na transição dos anos 80 para os 90. Este que é seu album de estréia resume com rara beleza este estilo de tocar. Diferentemente de seu contemporâneo, o My Bloody Valentine, as distorções e reverberações deste quarteto inglês atinge um espectro pop que os irlandeses nunca conseguiram alcançar ou não tiveram tempo para isso, mas o Ride também teve vida curta, durou até 1996.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – RIDE, “Seagull”
In: Nowhere, 2010.

02 – RIDE, “Kaleidoscope”
In: Nowhere, 2010.

03 – RIDE, “In a Different Place”
In: Nowhere, 2010.

04 – RIDE, “Polar Bear”
In: Nowhere, 2010.

05 – RIDE, “Dreams Burn Down”
In: Nowhere, 2010.

06 – RIDE, “Decay”
In: Nowhere, 2010.

07 – RIDE, “Paralysed”
In: Nowhere, 2010.

08 – RIDE, “Vapour Trail”
In: Nowhere, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

sábado, 11 de dezembro de 2010

Da Tempestade à Calmaria é o nome do segundo EP dos mineiros do Monograma (foto). Para quem já conhece o som do grupo através do trabalho anterior, Conto do Faz de Conta, sabe tratar-se de uma das grandes revelações do indie rock nacional. O novo EP confirma nossas melhores expectativas. Aqui você ouve “Tempestade”, para ouvir as demais músicas sugiro que você vá até http://compactorec.wordpress.com/ e faça o download. Mas antes confira nossa seleção musical de hoje que traz ainda Móveis Coloniais de Acaju, Holger, Mickey Gang, Sabiá Sensível, Facas Voadoras, Mafalda Morfina, Johny Rockstar, Vinil Laranja, Macaco Bong e Camarones Orquestra Guitarrística.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MONOGRAMA, “Tempestade”
In: Da Tempestade a Calmaria, 2010.

02 – MÓVEIS COLONIAS DE ACAJU, “Do Mesmo Ar”
In: Idem, 2005.

03 – HOLGER, “Let'em Shine Below”
In: Sunga, 2010.

04 – MICKEY GANG, “Horses Can’t Dance”
In: Horses Can’t Dance – Single, 2009.

05 – SABIÁ SENSÍVEL, “June Salutes You”
In: Don’t Stop Now – Tributo ao Guided By Voices, 2009.

06 – FACAS VOADORAS, “Surf Music”
In: Pocket Show, 2009.

07 – MAFALDA MORFINA, “Mesma Veia”
In: Sonhos Contrários, 2008.

08 – JOHNY ROCKSTAR, “Alcalina”
In: Single Monoral, 2009.

09 – VINIL LARANJA, “Shoot The Little Sister”
In: Shoot The Little Sister – Single, 2008.

10 – MACACO BONG, “Amendoim”
In: Artista Igual A Pedreiro, 2008.

11 – CAMARONES ORQUESTRA GUITARRÍSTICA, “Em Apuros”
In: Camarones Orquestra Guitarrística, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O novo album do The Decemberists (foto) será lançado somente em 2011, mais precisamente no dia 11 de janeiro. Enquanto The King Is Dead não chega, você ouve aqui na Radio Indie o primeiro single, “Down By The Water” que conta com a participação de Peter Buck, do R.E.M. Na sequencia tem Ida, The Appleseed Cast, Audrey, Carissa’s Wierd, Grand Archives, Mineral, Barzin, Idaho e Jenny Owen Youngs com um cover do Red House Painters, “Have You Forgotten”.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE DECEMBERISTS, “Down By The Water”
In: The King Is Dead, 2011.

02 – IDA, “Down On Your Back”
In: Will You Find Me, 2000.

03 – THE APPLESEED CAST, “Here We Are (Family in the Hallway)”
In: Peregrine, 2005.

04 – AUDREY, “Helpless”
In: Audrey EP, 2005.

05 – CARISSA’S WIERD, “Sofisticated Fuck Princess Please Leave Me Alone”
In: Songs About Leaving, 2002.

06 – GRAND ARCHIVES, “Oslo Novelist”
In: Keep in Mind Frankenstein, 2009.

07 – MINERAL, "Venus"
In: Finnish Drum&Bass and Dubstep, 2010.

08 – BARZIN, “Nobody Told Me”
In: Notes to An Absent Lover, 2009.

09 – IDAHO, “The Thick and The Thin”
In: The Forbidden EP, 1997.

10 – JENNY OWEN YOUNGS, “Have You Forgotten”
In: Sing Me To Sleep – Indie Lullabies, 2010.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Telekinesis (foto) é o nome do projeto musical do multi-instrumentista Michael Benjamin Lerner que acaba de lançar o EP Parallel Seismic Conspiracies. Com cinco faixas, o album é uma espécie de prévia do que o músico prepara para 2011. Selecionamos deste trabalho, “Game of Pricks”, um cover do Guided By Voices. Na sequencia tem Throw Me The Statue, Harlem Shakes, Say Hi, Ra Ra Riot, The Love Language, The Morning Benders, Foreign Born, Free Energy e Freelance Whales.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TELEKINESIS!, “Game of Pricks”
In: Parallel Seismic Conspiracies EP, 2010.

02 – THROW ME THE STATUE, “Ship”
In: Purpleface, 2008.

03 – HARLEM SHAKES, “Nothing But Change, Pt.1”
In: Technicolor Health, 2009.

04 – SAY HI, “Devils”
In: Um, Uh Oh, 2011.

05 – RA RA RIOT, “Shadowcasting”
In: The Orchard, 2010.

06 – THE LOVE LANGUAGE, “Heart To Tell”
In: Libraries, 2010.

07 – THE MORNING BENDERS, “Hand Me Downs (acoustic)”
In: Big Echo, 2010.

08 – FOREIGN BORN, “Into Your Dream”
In: On the Wing Now, 2007.

09 – FREE ENERGY, “Dark Trance”
In: Stuck On Nothing, 2010.

10 – FREELANCE WHALES, “Generator, Second Floor”
In: Weathervanes, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Here’s to Taking It Easy é considerado o mais country dos albuns do Phosphorescent, grupo liderado por Matthew Houck (foto) e um dos principais expoentes do chamado alt-country. O album já começa a figurar nas primeiras listas de melhores do ano, vale a pena entender porque. Para abrir nossa playlist de hoje, escolhemos “Los Angeles”. Na sequencia tem The National, Port O’Brien, Jason Lytle, Get Well Soon, Midlake, The Czars, Great Lake Swimmers, Isbells e Villagers.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – PHOSPHORESCENT, “Los Angeles”
In: Here’s to Taking It Easy, 2010.

02 – THE NATIONAL, “All The Wine”
In: Alligator, 2005.

03 – PORT O’BRIEN, “Pigeonhold”
In: All We Could Do Was Sing, 2008.

04 – JASON LYTLE, “You’re Too Gone”
In: Yours Truly, The Commuter, 2009.

05 – GET WELL SOON, “We Are Safe Inside While They Burn Down Our House”
In: All That Keeps Us From Giving In, 2007.

06 – MIDLAKE, “Winter Dies”
In: The Courage of Others, 2010.

07 – THE CZARS, “I am the man”
In: Goodbye, 2004.

08 – GREAT LAKE SWIMMERS, “Everything Is Moving So Fast”
In: Lost Channels, 2009.

09 – ISBELLS, “As Long As It Takes”
In: Isbells, 2009.

10 – VILLAGERS, “The Pact (I’ll Be Your Fever)”
In: Becoming a Jackal, 2010.


Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mighty é o segundo EP do Lord Huron (foto), nome com o qual Ben Schneider assina seus trabalhos, trata-se de mais uma daquelas bandas de um homem só, uma vez que o músico é responsável por tudo o que se ouve em Mighty. Você confere a música-título abrindo nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Sun Airway, Fang Island, The Smiles, My Friend Wallis, Les Savy Fav, Twin Sister, Cold War Kids, Young Adults e Teen Daze.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LORD HURON, “Mighty”
In: Mighty EP, 2010.

02 – SUN AIRWAY, “Waiting on You”
In: Nocturne of Exploded Crystal Chantelier, 2010.

03 – FANG ISLAND, “Patterns on the Wall” (feat. Andrew W.K.)
In: Patterns on The Wall 7”, 2010.

04 – THE SMILES, “Cala Cola”
In: Hermosa EP, 2010.

05 – MY FRIEND WALLIS, “Running”
In: When The Blue Turned Yellow, 2010.

06 – LES SAVY FAV, “High and Unhinged”
In: Root For Ruin, 2010.

07 – TWIN SISTER, “All Around We Go”
In: Color Your Life, 2010.

08 – COLD WAR KIDS, “Louder Than Ever”
In: Mine is Yours, 2011.

09 – YOUNG ADULTS, “Let Us Out”
In: Black Hole, 2010.

10 – TEEN DAZE, “Let’s Fall Asleep Together”
In: Beach Dreams EP, 2010.

Dezembro é o mês dos melhores do ano na Radio Indie. Participe da nossa comunidade no Orkut e responda qual o melhor album internacional de 2010:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Depois de um começo arrebatador, vencendo o Mercury Prize com seu album de estréia, The Hour of Bewilderbeast, para em seguida, ser convidado para compor a trilha de Um Grande Garoto, Damon Gough (Badly Drawn Boy) viveu um período de baixa, seus três discos seguintes não foram bem recepcionados pela crítica, passando também despercebido pelo público, agora o cantor e compositor anuncia Photographing Snowflakes como o primeiro album de uma trilogia denominada It’s What I’m Thinking. Gough nunca deixou de compor ótimas melodias, este album é a prova disso, é com ele que abrimos nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Turin Brakes, Grinderman, The Magic Numbers, The Thrills, Ben Folds Five, The Beta Band, The Bees, Sondre Lerche e The Charlatans.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BADLY DRAWN BOY, “It’s What I’m Thinking”
In: It’s What I’m Thinking Pt.1 – Photographing Snowflakes, 2010.

02 – TURIN BRAKES, “Radio Silence”
In: Outbursts, 2010.

03 – GRINDERMAN, “Fire Boy”
In: Grinderman 2, 2010.

04 – THE MAGIC NUMBERS, “Love’s a Game”
In: The Magic Numbers, 2005.

05 – THE THRILLS, “Teenager”
In: Teenager, 2007.

06 – BEN FOLDS, “Army”
In: Army – Single, 1999.

07 – THE BETA BAND, “I Know”
In: The Three E.P.’s, 1998.

08 – THE BEES, “Sky Holds the Sun”
In: Sunshine Hit Me, 2002.

09 – SONDRE LERCHE, “Say It All”
In: Phantom Punch, 2007.

10 – THE CHARLATANS, “One to Another”(1996)
In: Melting Pot, 1998.

Dezembro é o mês dos melhores do ano na Radio Indie. Participe da nossa comunidade no Orkut e responda qual a melhor música de 2010:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

domingo, 5 de dezembro de 2010

Lançado em 1988 pela Creation Records, Isn’t Anything, do My Bloody Valentine, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. O album não marca apenas a estréia do quarteto irlandês, representa também o nascimento de um novo jeito de fazer música presente nas doze faixas que o compõem, estamos nos referindo ao chamado ‘shoegaze’ que até hoje ‘reverbera’ na música independente.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MY BLOODY VALENTINE, “Soft as Snow (but Warm Inside)”
In: Isn’t Anything, 1988.

02 – MY BLOODY VALENTINE, “Lose My Breath”
In: Isn’t Anything, 1988.

03 – MY BLOODY VALENTINE, “Cupid Come”
In: Isn’t Anything, 1988.

04 – MY BLOODY VALENTINE, “(When You Wake) You’re Still in a Dream”
In: Isn’t Anything, 1988.

05 – MY BLOODY VALENTINE, “No More Sorry”
In: Isn’t Anything, 1988.

06 – MY BLOODY VALENTINE, “All I Need”
In: Isn’t Anything, 1988.

07 – MY BLOODY VALENTINE, “Feed Me with Your Kiss”
In: Isn’t Anything, 1988.

08 – MY BLOODY VALENTINE, “Sueisfine”
In: Isn’t Anything, 1988.

09 – MY BLOODY VALENTINE, “Several Girls Galore”
In: Isn’t Anything, 1988.

10 – MY BLOODY VALENTINE, “You Never Should”
In: Isn’t Anything, 1988.

11 – MY BLOODY VALENTINE, “Nothing Much To Lose”
In: Isn’t Anything, 1988.

12 – MY BLOODY VALENTINE, “I Can See (but I Can’t Feel It)”
In: Isn’t Anything, 1988.

Dezembro é o mês dos melhores do ano na Radio Indie. Participe da nossa comunidade no Orkut e responda qual o melhor album internacional de 2010:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

sábado, 4 de dezembro de 2010

Igor Miná e Alinne Rodrigues, ambos ex-Telerama, reuniram-se novamente, desta vez para formar o duo Banda Desenhada (foto) que acaba de lançar o single “Enquanto o mundo sai de férias” que abre nossa playlist de hoje. No myspace do grupo (www.myspace.com/bandadesenhada) já está disponível o EP Banda Sonora. Vale a visita. Além do som da dupla, você ouve na seleção musical de hoje Sabonetes, Bazar Pamplona, Nuvens, Valentinos, Aerocirco, Giovanni Caruso e o Escambau, Cidadão Instigado, Lestics, Superphones, Moxine e Homemade Blockbuster.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BANDA DESENHADA, “Enquanto o mundo sai de férias”
In: Enquanto o mundo sai de férias – single, 2010.

02 – SABONETES, “Hotel”
In: Sabonetes, 2010.

03 – BAZAR PAMPLONA, “Nuvens Carregadas”
In: À Espera das Nuvens Carregadas, 2008.

04 – NUVENS, “A Redenção de Bicicleta”
In: O som das nuvens, 2010.

05 – VALENTINOS, “Tardes Frias”
In: Avante, 2010.

06 – AEROCIRCO, “Amanhã”
In: Invisivelmente, 2010.

07 – GIOVANNI CARUSO E O ESCAMBAU, “Mônica e as suas esculturas”
In: Acontece Nas Melhores Famílias, 2009.

08 – CIDADÃO INSTIGADO, “Deus é uma viagem”
In: Uhuuu!, 2009.

09 – LESTICS, “Eternidades Ocasionais”
In: Aos Abutres, 2010.

10 – SUPERPHONES, “Lonely Dance”
In: Superphones, 2005.

11 – MOXINE, “Out of Sight”
In: Electric Kiss, 2009.

12 – HOMEMADE BLOCKBUSTER, “Dance Moves”
In: Voxpoc, 2009.

Dezembro é o mês dos melhores do ano na Radio Indie. Participe da nossa comunidade no Orkut e responda qual o melhor album nacional de 2010:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

The Hundred in the Hands (foto) é uma banda que eu andava devendo por aqui. Jason Friedman e Eleanore Everdell formam este duo que lançou no meio deste ano o EP This Desert e, recentemente, o primeiro album que leva simplesmente o nome do grupo. Vale a pena conhecer o som desses dois, destaque para “Ghosts” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem John Grant, The Rumour Said Fire, Villagers, I Am Oak, Memoryhouse, Tired Pony, Mt. Desolation, Dylan LeBlanc e, atendendo ao pedido de Gladys Timmerman (que aqui na Radio Indie é uma ordem), Agnes Obel.





Seleção Musical de Ricardo Pereira.


01 – THE HUNDRED IN THE HANDS, “Ghosts”
In: This Desert EP, 2010.

02 – JOHN GRANT, “I Wanna Go To Marz” (feat. Midlake)
In: Queen of Denmark, 2010.

03 – THE RUMOUR SAID FIRE, “The Balcony”
In: The Arrogant, 2010.

04 – VILLAGERS, “Set The Tigers Free”
In: Becoming a Jackal, 2010.

05 – I AM OAK, “We Are Sound”
In: On Claws, 2010.

06 – MEMORYHOUSE, “Caregiver”
In: Caregiver (Single), 2010.

07 – TIRED PONY, “Northwestern Skies”
In: The Place We Ran From, 2010.

08 – Mt. DESOLATION, “State of Our Affairs”
In: Mt. Desolation, 2010.

09 – DYLAN LeBLANC, “If Time Was For Wasting”
In: Paupers Field, 2010.

10 – AGNES OBEL, “On Powdered Ground”
In: Philharmonics, 2010.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Not Music, décimo-segundo album do Stereolab (foto), foi gravado durante a turnê do trabalho anterior, Chemical Chords, de 2008. Seu anúncio foi precedido da declaração do vocalista Tim Gane de que a banda não pretende voltar a gravar músicas novas ou sair em nova turnê. Parece que é o fim ou, quem sabe, um hiato até as contas começarem a chegar. De Not Music, você ouve “Aelita”. Na sequencia tem Pram, Saint Etienne, The Fall, Galaxie 500, The Boo Radleys, Spacemen 3, Deerhunter, The Pastels e Coma Cinema.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – STEREOLAB, “Aelita”
In: Not Music, 2010.

02 – PRAM, “The Empty Quarter”
In: The Moving Frontier, 2007.

03 – SAINT ETIENNE, “Kiss and Make Up”(1990)
In: Foxbase Beta, 2009.

04 – THE FALL, “Funnel of Love”
In: Your Future Our Clutter, 2010.

05 – GALAXIE 500, “Strange”
In: On Fire, 1989.

06 – THE BOO RADLEYS, “Find the Answer within”
In: Wake Up!, 1995.

07 – SPACEMEN 3, “Hypnotized”
In: Recurring, 1990.

08 – DEERHUNTER, “White Ink”
In: Cryptograms, 2007.

09 – THE PASTELS, “Crawl Babies”
In: Up for a Bit with The Pastels, 1987.

10 – COMA CINEMA, “Caroline, Please Kill Me”
In: Blue Suicide, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 30 de novembro de 2010

London Sessions é o nome do novo trabalho do LCD Soundsystem (foto), que nada mais é que um album ao vivo gravado dentro de um estúdio. Sua tracklist é composta de músicas dos três albuns anteriores do grupo e reproduz o setlist da elogiada performance de James Murphy e trupe no Festival Glastonbury. Escolhemos dele para abrir nossa playlist, “Yr City’s a Sucker”; na sequencia tem Deerhunter, Holy Fuck, TV On The Radio, Yacht, Talking Heads, Animal Collective, Panda Bear, Soulwax e Ceo.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LCD SOUNDSYSTEM, “Yr City’s a Sucker”
In: London Sessions, 2010.

02 – DEERHUNTER, “Coronado”
In: Halcyon Digest, 2010.

03 – HOLY FUCK, “Latin America”
In: Latin, 2010.

04 – TV ON THE RADIO, “Heroes”
In: War Child presents Heroes, 2009.

05 – YACHT, “The Afterlife”
In: See Mystery Lights, 2009.

06 – TALKING HEADS, “Once in a Lifetime” (2006 Remastered Version)
In: Hot Tube Time Machine – soundtrack, 2010.

07 – ANIMAL COLLECTIVE, “Guys Eyes”
In: Merriweather Post Pavillion, 2009.

08 – PANDA BEAR, “On The Farm”
In: Person Pitch, 2007.

09 – SOULWAX, “Miserable Girl”
In: Any Minute Now, 2004.

10 – CEO, “No Mercy”
In: White Magic, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

domingo, 28 de novembro de 2010

Lançado em 1986, pela SST Records, Evol, do Sonic Youth, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Nem é um dos trabalhos mais badalados do grupo, mas um belo prenúncio do que viriam a ser nos anos seguintes. Também foi o meu primeiro Sonic Youth e o primeiro Sonic Youth a gente nunca esquece. Evol (ou Love, se lido ao contrário) ajudou a tornar o noise melódico dos nova-iorquinos uma referência para a música na segunda metade dos anos 1980. Nele, as influências punk mais agressivas presentes nos primeiros trabalhos foram deixadas de lado e a banda utilizou melodias e arranjos mais convencionais, isto, claro, sem abrir mão das experimentações e distorções que já eram a marca registrada do Sonic Youth.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SONIC YOUTH, “Tom Violence”
In: Evol, 1986.

02 – SONIC YOUTH, “Shadow of a Doubt”
In: Evol, 1986.

03 – SONIC YOUTH, “Star Power”
In: Evol, 1986.

04 – SONIC YOUTH, “In The Kingdom #19”
In: Evol, 1986.

05 – SONIC YOUTH, “Green Light”
In: Evol, 1986.

06 – SONIC YOUTH, “Death To Our Friends”
In: Evol, 1986.

07 – SONIC YOUTH, “Secret Girl”
In: Evol, 1986.

08 – SONIC YOUTH, “Marylin Moore”
In: Evol, 1986.

09 – SONIC YOUTH, “Expressway to Yr Skull”
In: Evol, 1986.

10 – SONIC YOUTH, “Bubblegum”
In: Evol, 1986.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sábado, 27 de novembro de 2010

De Curitiba(PR) sempre vindo coisa boa, desta vez o destaque vai para o folk-pop do Rosie and Me (foto) que não ficam devendo em nada para os grandes nomes do gênero, o EP Bird and Whale é uma delícia de disco. Na sequencia tem Nantes, Seychelles, Thiago Pethit, Poléxia e Vanessa Krongold juntos, Venus Volts, Ecos Falsos, Monaco Beach, Dead Lover’s Twisted Heart, Copacabana Club e Wannabe Jalva.




Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ROSIE AND ME, “Bonfires”
In: Bird and Whale EP, 2010.

02 – NANTES, “Um dia na vida”
In: Alvorada, 2010.

03 – SEYCHELLES, “Asa do Dia”
In: Nananenem, 2008.

04 – THIAGO PETHIT, “Outra Canção Tristonha”
In: Berlim, Texas, 2010.

05 – POLÉXIA & VANESSA KRONGOLD, “Cá entre nós”
In: A Força do Hábito, 2009.

06 – VENUS VOLTS, “Hopeless Days”
In: Venus Volts is Dead, 2010.

07 – ECOS FALSOS, “Só Penso no Meu Bem”
In: Quase, 2009.

08 – MONACO BEACH, “Drowning in My Dreams”
In: Drowning in My Dreams EP, 2010.

09 – DEAD LOVER’S TWISTED HEART, “Where I Am”
In: DLTH, 2010.

10 – COPACABANA CLUB, “Just Do It”
In: King of The Night EP, 2008.

11 – WANNABE JALVA, “Come and Go”
In: www.myspace.com/wannabejalva

Participe da nossa comunidade no orkut e nos recomende uma banda:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

What It Means to Be Left-Handed é o novo trabalho de Adam Pierce mais conhecido pelo anagrama de seu nome, Mice Parade (foto), com o qual assina seus albuns. Aqui reune mais uma vez sua banda para um disco rico de influências, moderno e vibrante. Pierce funciona como uma espécie de elo entre músicos, estilos e instrumentos diversos, passeando pelo flamenco, pela nossa batucada, pelo lo-fi. Confira um pouco dessa mistura na faixa que abre nosso playlist de hoje: “Even”. Na sequencia tem Real Estate, Sufjan Stevens, Menomena, The Tallest Man on Earth, K.C. Accidental, Lotus Plaza, El Ten Elevator, Talkdemonic e Atlas Sound.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MICE PARADE, “Even”
In: What It Means to Be Left-Handed, 2010.

02 – REAL ESTATE, “Let’s Rock The Beach”
In: Real Estate, 2009.

03 – SUFJAN STEVENS, “Now That I’m Older”
In: The Age of ADZ, 2010.

04 – MENOMENA, “Killemall”
In: Mines, 2010.

05 – THE TALLEST MAN ON EARTH, “The Dreamer”
In: Sometimes The Blues Is Just a Passing Bird EP, 2010.

06 – K.C. ACCIDENTAL, “Nancy and the Girdle Boy”
In: Captured Anthems for an Empty Bathtub, 2010.

07 – LOTUS PLAZA, “Quicksand”
In: The Floodlight Collective, 2009.

08 – EL TEN ELEVEN, “Tomorrow Is An Excuse for Today”
In: It’s Still Like a Secret, 2010.

09 – TALKDEMONIC, “Mutiny Sunshine”
In: Mutiny Sunshine, 2006.

10 – ATLAS SOUND, “An Orchid”
In: Logos, 2009.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Enquanto o prometido novo album não chega, os americanos do Modest Mouse (foto) aproveitam para relançar dois de seus albuns, The Fruit That Ate Itself, de 1997, e Sad Sappy Sucker, de 2001. E a gente aqui da Radio Indie entra no embalo e abre nossa playlist de hoje com uma faixa de um dos relançamentos, “Think Long”. Na sequencia tem Ugly Casanova, Bright Eyes & Neva Dinova juntos, Broken Social Scene, The Flaming Lips, Pixies, Arcade Fire, Clap Your Hands Say Yeah, The Decemberists e Beck fechando a seleção musical de hoje.



Seleção musical de Ricardo Pereira.

01 – MODEST MOUSE, “Think Long”
In: Sad Sappy Sucker, 2001.

02 – UGLY CASANOVA, “Smoke Like Ribbons”
In: Magic Eye Singles, 1997.

03 – BRIGHT EYES & NEVA DINOVA, “Happy Accident”
In: One Jug of Wine, Two Vessels, 2010.

04 – BROKEN SOCIAL SCENE, “Romance To The Grave”
In: Forgiviness Rock Record, 2010.

05 – THE FLAMING LIPS, “Evil”
In: Embryonic, 2009.

06 – PIXIES, “Monkey Gone to Heaven”
In: Doolittle, 1989.

07 – ARCADE FIRE, “Neighborhood #1 (Tunnels)”
In: Funeral, 2004.

08 – CLAP YOUR HANDS SAY YEAH, “The Sword Song”
In: Some Loud Thunder, 2007.

09 – THE DECEMBERISTS, “We Both Go Down Together”
In: Picaresque, 2005.

10 – BECK, “Where It’s At”
In: Odelay, 1996.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie