segunda-feira, 22 de março de 2010

Produzido por James Murphy, o album de estréia do Free Energy (foto), Stuck on Nothing, lançado há pouco mais de duas semanas, merece toda a atenção que lhe tem sido dispensada pelas publicações especializadas em indie music. Mas não espere do Free Energy qualquer semelhança com o som do LCD Soundsystem do produtor James Murphy, estamos falando aqui do rock em sua acepção mais clássica. “Bang Pop” que você ouve aqui serve bem de aperitivo. Na sequencia você ouve Surfer Blood, The Swimmers, Harlem Shakes, Fyfe Dangerfield, The Soft Pack, Aficionado, Telekinesis!, Hallelujah The Hills e The Morning Benders.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – FREE ENERGY, “Bang Pop”
In: Stuck on Nothing, 2010.

02 – SURFER BLOOD, “Fast Jabroni”
In: Astro Coast, 2010.

03 – THE SWIMMERS, “A Hundred Hearts”
In: People Are Soft, 2009.

04 – HARLEM SHAKES, “Strictly Game”
In: Technicolor Health, 2009.

05 – FYFE DANGERFIELD, “She Needs Me”
In: Fly Yellow Moon, 2010.

06 – THE SOFT PACK, “Answer To Yourself”
In: The Soft Pack, 2010.

07 – AFICIONADO, “The Myth About Real Life”
In: The Myth About Real Life EP, 2009.

08 – TELEKINESIS!, “I Saw Lightning”
In: Telekinesis!, 2009.

09 – HALLELUJAH THE HILLS, “Hallelujah The Hills”
In: Collective Psychosis Begone, 2007.

10 – THE MORNING BENDERS, “Loose Change”
In: Loose Change EP, 2007.

Nenhum comentário:

Postar um comentário