quarta-feira, 30 de junho de 2010

Eleitos pela revista NME uma das promessas de 2010, o quarteto americano The Drums (foto) lançou dia 15 de junho seu primeiro album que leva simplesmente o nome do grupo. Mas o Drums não é nenhuma novidade aqui na Radio Indie, desde o EP Summertime! estamos chamando a atenção para a mistura de indie pop com surf music dos nova-iorquinos. Abrindo nosso playlist de hoje, você ouve deles, “Best Friend”. Na sequencia tem Surfer Blood, Egyptian Hip Hop, Bombay Bicycle Club, Girls, Frankie & The Heartstrings, The Pains of Being Pure At Heart, Good Shoes, We Have Band e, fechando, These New Puritans.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE DRUMS, “Best Friend”
In: The Drums, 2010.

02 – SURFER BLOOD, “Catholic Pagans”
In: Astro Coast, 2010.

03 – EGYPTIAN HIP HOP, “Heavy Heaven”
In: Egyptian Hip Hop, 2009.

04 – BOMBAY BICYCLE CLUB, “The Hill”
In: The Boy I Used To Be EP, 2007.

05 – GIRLS, “Darling”
In: Album, 2009.

06 – FRANKIE & THE HEARTSTRINGS, “Fragile”
In: Hunger/Fragile, 2010.

07 – THE PAINS OF BEING PURE AT HEART, “Doing All The Things That Wouldn’t Make Your Parents Proud”
In: The Pains of Being Pure At Heart EP, 2007.

08 – GOOD SHOES, “Do You Remember”
In: No Hope, No Future, 2010.

09 – WE HAVE BAND, “West End Girls”
In: You Came Out/West End Girls, 2009.

10 – THESE NEW PURITANS, “White Chords”
In: Hidden, 2010.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Mesclando bandas que você já ouviu aqui com algumas novidades, o playlist de hoje abre com uma faixa do novo album do duo sueco Club 8, The People’s Record: “Western Hospitality”. Na sequencia tem Acid House Kings, Mocca, The Postmarks, Tribeca, Trembling Blue Stars, Camera Obscura, South Ambulance, The Concretes e Jens Lekman.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – CLUB 8, “Western Hospitality”
In: The People’s Record, 2010.

02 – ACID HOUSE KINGS, “That’s Because You Drive Me”
In: Sing Along With Acid House Kings, 2005.

03 – MOCCA, “I Remember”
In: Friends, 2004.

04 – THE POSTMARKS, “You Only Live Twice”
In: By The Numbers, 2008.

05 – TRIBECA, “Sleeping Monster”
In: Solitude, 2004.

06 – TREMBLING BLUE STARS, “The Ghost of An Unkissed Kiss”
In: Alive To Every Smile, 2001.

07 – CAMERA OBSCURA, “Tears for Affairs”
In: Let’s Get Out Of This Country, 2006.

08 – SOUTH AMBULANCE, “Die 5 Times Times 5”
In: South Ambulance, 2005.

09 – THE CONCRETES, “Chosen One”
In: In Colour, 2006.

10 – JENS LEKMAN, “Black Cab”
In: Maple Leaves EP, 2005.

Sigam no twitter: http://twitter.com/radio_indie

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Num ano cheio de bons lançamentos, o album novo do Stars (foto), talvez, seja imerecidamente eclipsado. The Five Ghosts que chegou às lojas no último dia 21 nos fazendo lembrar dos primeiros trabalhos dos canadenses – merece, portanto, atenção. Para abrir o playlist de hoje, você ouve dele, “Wasted Daylight”. Na sequencia tem Arcade Fire, Broken Social Scene, The Gaslight Anthem, Nada Surf, Sia, Teenage Fanclub, Sarah Harmer, Freelance Whales e Foals.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – STARS, “Wasted Daylight”
In: The Five Ghosts, 2010.

02 – ARCADE FIRE, “Ready To Start”
In: The Suburbs, 2010.

03 – BROKEN SOCIAL SCENE, “Water in Hell”
In: Forgiviness Rock Record, 2010.

04 – THE GASLIGHT ANTHEM, “The Diamond Church Street Choir”
In: American Slang, 2010.

05 – NADA SURF, “Question”
In: If A Had A Hi-Fi, 2010.

06 – SIA, “Never Gonna Leave Me”
In: We Are Born, 2010.

07 – TEENAGE FANCLUB, “The Past”
In: Shadows, 2010.

08 – SARAH HARMER, “Don’t Get Your Back Up”
In: You Were Here, 2000.

09 – FREELANCE WHALES, “Kilojoules”
In: Weathervanes, 2009.

10 – FOALS, “Blue Blood”
In: Total Life Forever, 2010.

Comunidade no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

Sigam no twitter: http://twitter.com/radio_indie

domingo, 27 de junho de 2010

Na terceira parte do especial dedicado a Matador Records, o destaque vai para Yo La Tengo (foto) e Pavement, duas das principais bandas do acervo deste importante selo independente assim como da própria história da indie music. A primeira, felizmente, na ativa até hoje; a segunda, ensaiando uma volta. Você ouve também The Fall, Guided By Voices, Liz Phair e Bettie Serveert, além dos primeiros trabalhos de Spoon e Cat Power.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – YO LA TENGO, “Tom Courtenay”
In: Electr-O-Pura, 1995.

02 – THE FALL, “The Joke”
In: Cerebral Caustic, 1995.

03 – CHAVEZ, “Relaxed Fit”
In: Gone Glimmering, 1995.

04 – PAVEMENT, “Rattled By The Rush”
In: Wowee Zowee, 1995.

05 – GUIDED BY VOICES, “Motor Away”
In: Alien Lanes, 1995.

06 – RAILROAD JERK, “Bang The Drum”(1995)
In: What’s Up Matador, 1997.

07 – BETTIE SERVEERT, “Something So Wild”
In: Lamprey, 1995.

08 – SILKWORM, “Drag The River”
In: Firewater, 1996.

09 – PAVEMENT, “Father To A Sister of Thought”
In: Wowee Zowee, 1995.

10 – YO LA TENGO, “Can’t Seem To Make You Mine”
In: Camp Yo La Tengo, 1995.

11 – THE FOR CARNATION, “Winter Lair”
In: Marshmallows, 1996.

12 – GUIDED BY VOICES, “The Official Ironmen Rally Song”
In: Under the Bushes Under the Stars, 1996.

13 – LIZ PHAIR, “Polyester Bride”
In: whitechocolatespaceegg, 1998.

14 – COME, “Secret Number”
In: Near-Life Experience, 1996.

15 – YO LA TENGO, “Somebody’s Baby”
In: Genius + Love = Yo La Tengo, 1996.

16 – HELIUM, “Leon’s Space Song”
In: The Magic City, 1997.

17 – BETTIE SERVEERT, “Geek”
In: Dust Bunnies, 1997.

18 – PAVEMENT, “Passat Dream”
In: Brighten the Corners, 1997.

19 – SPOON, “Plastic Mylar”
In: Telephono, 1996.

20 – CAT POWER, “Nude As The News”
In: What Would the Community Think, 1996.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Quem gostou de Furr, não ficará decepcionado com Destroyer of the Void, o novo album do Blitzen Trapper (foto), lançado no último dia oito. É com este sexteto de Portland que abrimos nosso playlist de hoje, você ouve “The Man Who Would Speak True”. Na sequencia tem Delta Spirit, Fruit Bats, Wilco, The Felice Brothers, Deer Tick, Dr.Dog, Crooked Fingers, My Morning Jacket e The Elected.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BLITZEN TRAPPER, “The Man Who Would Speak True”
In: Destroyer of the Void, 2010.

02 – DELTA SPIRIT, “Streetwalker”
In: I Think I’ve Found It EP, 2006.

03 – FRUIT BATS, “Silent Life”
In: Spelled in Bones, 2005.

04 – WILCO, “Here Comes Everybody”
In: The Wilco Book, 2004.

05 – THE FELICE BROTHERS, “Frankie’s Gun!”
In: The Felice Brothers, 2008.

06 – DEER TICK, “What Kind of Fool Am I?”
In: War Elephant, 2007.

07 – Dr. DOG, “Easy Beat”
In: Easy Beat, 2005.

08 – CROOKED FINGERS, “Disappear”
In: Red Devil Dawn, 2003.

09 – MY MORNING JACKET, “Into The Woods”
In: Z, 2005.

10 – THE ELECTED, “It Was Love”
In: Sun, Sun, Sun, 2006.

domingo, 20 de junho de 2010

Na segunda parte do especial dedicado a gravadora Matador Records, você confere mais uma seleção de artistas que fazem parte da história da indie music lançados e distribuidos por este importante selo independente, estamos falando de Guided By Voices, Liz Phair (foto), Smog, Bettie Serveert, Pizzicato Five e The Pastels. Domingo que vem tem mais.


Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – GUIDED BY VOICES, “I Am A Scientist”
In: Bee Thousand, 1994.

02 – SF SEALS, “Still?” (1994)
In: What’s Up Matador?, 1997.

03 – PIZZICATO FIVE, “Twiggy, Twiggy”
In: Five by Pizzicato Five, 1994.

04 – LIZ PHAIR, “Supernova”
In: Whip-Smart, 1994.

05 – SMOG, “Your Wedding”
In: Julius Caesar, 1993.

06 – THE JON SPENCER BLUES EXPLOSION, “Sweat”
In: Orange, 1994.

07 – COME, “Let’s Get Lost”
In: Don’t Ask, Don’t Tell, 1994.

08 – BETTIE SERVEERT, “21 Days”
In: Lamprey, 1995.

09 – THE PASTELS, “Yoga”
In: Mobile Safari, 1995.

10 – GUIDED BY VOICES, “Game of Pricks”
In: Alien Lanes, 1995.

11 – HELIUM, “Superball”
In: The Dirt of Luck, 1995.

12 – LIZ PHAIR, “Turning Japanese”
In: Juvenilia, 1995.

13 – 18th DYE, “Ray”
In: Crayon, 1993.

14 – PAVEMENT, “We Dance”
In: Wowee Zowee, 1995.

15 – RAILROAD JERK, “Rollerkoaster”
In: One Track Mind, 1995.

16 – CHAVEZ, “The Ghost By The Sea”
In: Better Days Will Haunt You, 1996.

sábado, 19 de junho de 2010

Nossa ouvinte – e agora colaboradora – Samira Winter conversou com os paranaenses do Sabonetes, após um show do quarteto. Leia abaixo a entrevista com o grupo que já se tornou figurinha carimbada aqui na Radio Indie. Se não sabe ainda o porque, aproveite para ouvir “Descontrolada” deles, faixa que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Karina Buhr, Apanhador Só, Gulivers, Wonkavision, Thiago Pethit, Aerocirco, Cosmonave, Umnavio, Holger, Cinedisco, Pata de Elefante, Canastra e a clássica Tequila Baby.
Foi em 2004, no campus de Comunicações da Universidade Federal do Paraná, que os integrantes dos Sabonetes(foto) formaram a banda. Começaram tocando covers em churrascos da faculdade e aos poucos foram encontrando seu próprio som. Depois de inumeráveis shows e a gravação do seu primeiro disco, a banda agora está disputando um prêmio na categoria Experimente do Multishow. Além disso, os Sabonetes já fizeram aparições marcantes na MTV e no Multishow contagiando todos com seu indie rock dançante. Apesar de todo esse reconhecimento, a banda continua bastante acessível e nunca deixa de dar atenção aos seus fãs, desde os mais antigos até os mais recentes. Pretendem tocar por todo o Brasil, então fique atento as datas da turnê no myspace do grupo e vá conferir de perto do que são capazes.



Para aqueles que estão conhecendo a banda, como vocês descreveriam o seu som?

Rock em português. É bem abrangente, eu sei. Mas pelo menos não restringe a expectativa de quem ouve nossa música.


Quais são suas principais influências?

Beatles, Stones e os clássicos. E música brasileira.


No que estão trabalhando atualmente?

No momento preparamos o relançamento do nosso primeiro disco, que vai sair logo após a Copa pelo selo da Conteúdo Musical. E ao mesmo tempo, estamos fazendo muitos shows, pelo Brasil todo, divulgando essas músicas.


Com esses seis anos de banda, quais histórias/momentos foram os mais marcantes até agora?

Tudo que girou em torno desse primeiro disco foi muito marcante. Criar as músicas, gravá-las o e depois o show de lançamento em janeiro deste ano em Curitiba, que foi muito especial. O show no Circo Voador também foi uma honra.


Como é o processo de composição da banda? Todos participam? Quem escreve as letras?

Não há um processo fixo, cada música é uma história diferente. As últimas músicas do disco foram terminadas com a participação de todos, em ensaio, até nas letras.

O que inspira vocês a comporem?

Roupas no varal, chuva de verão, dias soltos no quintal.


Percebo que vocês aproveitam a internet e redes sociais para tornarem-se mais acessíveis e atingir mais fãs. Podem falar mais sobre isso?

Usar a internet da melhor forma possível foi até agora nossa melhor alternativa. Estamos presentes nas redes sociais, produzimos vídeos e outros conteúdos para manter a banda sempre em evidência. Artistas maiores se deram conta da importância disso e contrataram assessores e empresas para essa finalidade. Nós fazemos por nós mesmos.


O que acham da cena indie atual no Brasil?

Conhecemos principalmente a de Curitiba, e de lá gostamos demais de muitas bandas. A de São Paulo tem a diferença de que aqui tem banda do Brasil inteiro, e tem coisa boa por aqui também, principalmente de fora. Enfim, todo mundo sabe que o meio independente está repleto de talentos. É só procurar.


Quais são os planos da banda para o futuro?

Continuar os shows, ainda não passamos pelo RS nem pelo nordeste. E daqui a uns meses, começar o trabalho para o segundo disco

Samira Winter
Especial para a Radio Indie.




Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SABONETES, “Descontrolada”
In: Sabonetes, 2009.

02 – KARINA BUHR, “Eu Menti Prá Você”
In: Eu Menti Prá Você, 2010.

03 – APANHADOR SÓ, “Um Rei e o Zé”
In: Apanhador Só, 2010.

04 – GULIVERS, “Ausente”
In: Single Ausente, 2009.

05 – WONKAVISION, “A Farsa Que Eu Fracasso em Ser”
In: Wonkavision, 2004.

06 – THIAGO PETHIT, “Em Outro Lugar”
In: Em Outro Lugar EP, 2008.

07 – AEROCIRCO, “Poder Te Tocar”
In: Aerocirco, 2003.

08 – COSMONAVE, “Pra Longe de Você”
In: Pra Longe de Você EP, 2008.

09 – UMNAVIO, “A Saudade”
In: Sete Coisas Que A Gente Guarda no Bolso, 2009.

10 – HOLGER, “Brand New T-Shirt”
In: The Green Valley EP, 2008.

11 – CINEDISCO, “Meus Problemas”
In: Baile de Gramofone, 2008.

12 – PATA DE ELEFANTE, “Isso É O Que Eu Tenho Pra Dizer”
In: Pata de Elefante, 2004.

13 – CANASTRA, “Chevete Vermelho”
In: Chega de Falsas Promessas, 2007.

14 – TEQUILA BABY, “Balada Sangrenta”
In: Tequila Baby, 1996.


Se você quiser colaborar com a Radio Indie, divulgando bandas da sua região, envie um e-mail para radioblogue@gmail.com Participe também da comunidade que a ouvinte Gladys Timmerman criou para o nosso blog. Eis o link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99362344

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Say It não teve a melhor das recepções por parte da crítica especializada, talvez a expectativa em relação a este trabalho, após o ótimo Red, Yellow and Blue, que marcou a estréia dos Born Ruffians (foto), tenha comprometido a audição deste. Você já ouviu deste album, “Sole Brother” (clique em Born Ruffians na barra lateral do blog para ouvir a playlist em que ela aparece), ouve agora, outra faixa de Say It, “Higher and Higher”. Na sequencia tem Vampire Weekend, Silversun Pickups, The XX, Yeasayer, Sunset Rubdown, Handsome Furs, The National, Ra Ra Riot e Starfucker.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BORN RUFFIANS, “Higher and Higher”
In: Say It, 2010.

02 – VAMPIRE WEEKEND, “White Sky”
In: Contra, 2010.

03 – SILVERSUN PICKUPS, “There’s No Secret This Year”
In: Swoon, 2009.

04 – THE XX, “Infinity”
In: XX, 2009.

05 – YEASAYER, “Madder Red”
In: Odd Blood, 2010.

06 – SUNSET RUBDOWN, “Silver Moons”
In: Dragonslayer, 2009.

07 – HANDSOME FURS, “I’m Confused”
In: Face Control, 2009.

08 – THE NATIONAL, “So Far Around The Bend”
In: Dark Was The Night, 2009.

09 – RA RA RIOT, “Oh, La”
In: The Rhumb Line, 2008.

10 – STARFUCKER, “German Love”
In: Starfucker, 2008.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Saint Bartlett, novo album de Damien Jurado (foto), é um dos melhores trabalhos de sua carreira. Excelente compositor e ótimo letrista, Jurado prova mais uma vez aqui todo o seu talento. Você fica com a ótima “Wallingford”. Na sequencia tem Mumford & Sons, The Jayhwaks, She and Him, Matt Pond PA, The Morning Benders, Grace Potter & The Nocturnals, Charlotte Gainsbourg, Fanfarlo e Jesse Malin.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – DAMIEN JURADO, “Wallingford”
In: Saint Bartlett, 2010.

02 – MUMFORD & SONS, “Sigh No More”
In: Sigh No More, 2009.

03 – THE JAYHAWKS, “Waiting for The Sun”
In: Hollywood Town Hall, 1992.

04 – SHE AND HIM, “Me and You”
In: Volume Two, 2010.

05 – MATT POND PA, “Ruins”
In: The Dark Leaves, 2010.

06 – THE MORNING BENDERS, “Mason Jar”
In: Big Echo, 2010.

07 – GRACE POTTER & THE NOCTURNALS “Falling or Flying”
In: This Is Somewhere, 2007.

08 – CHARLOTTE GAINSBOURG, “Vanities”
In: IRM, 2010.

09 – FANFARLO, “If It Is Growing”
In: Reservoir, 2009.

10 – JESSE MALIN & THE St. MARKS SOCIAL, “Downliner”
In: The Fine Art of Self Destruction, 2003.

domingo, 13 de junho de 2010

Depois de apresentar alguns artistas que compunham o catálogo da SST Records em duas playlists, a Radio Indie traz agora a primeira parte do especial dedicado a uma das mais importantes gravadoras independentes da atualidade, a Matador Records, fundada em 1989, por Chris Lombardi, na cidade de Nova York. Pelo selo independente foram lançados albuns fundamentais do indie rock, você ouve um pouco desta história na playlist de hoje, têm mais nas próximas semanas. Entre os destaques de hoje estão Superchunk (foto), Teenage Fanclub, Pavement, Bettie Serveert, Liz Phair, The Fall e Yo La Tengo.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SUPERCHUNK, “Swinging”
In: Superchunk, 1990.

02 – TEENAGE FANCLUB, “Everything Flows”
In: A Catholic Education, 1990.

03 – BAILTER SPACE, “Titan”
In: Thermos, 1990.

04 – TEENAGE FANCLUB, “Weedbreaker”
In: God Know It’s True Single, 1991.

05 – TOILING MIDGETS, “Chains”
In: Son, 1992.

06 – THINKING FELLERS UNION LOCAL 282, “More Glee”
In: Lovelyville, 1991.

07 – SUPERCHUNK, “Throwing Things”
In: No Pocky for Kitty, 1991.

08 – PAVEMENT, “Here”
In: Slanted & Enchanted, 1992.

09 – PAVEMENT, “Texas Never Whispers”
In: Watery, Domestic EP, 1992.

10 – BETTIE SERVEERT, “Kids Alright”
In: Palomine, 1992.

11 – SUPERCHUNK, “Precision Auto”
In: On the Mouth, 1993.

12 – BAILTER SPACE, “Remain”
In: Robot World, 1993.

13 – LIZ PHAIR, “Canary”
In: Exile in Guyville, 1993.

14 – THE FALL, “Why Are People Grudgeful?”
In: Why Are People Grudgeful? EP, 1993.

15 – MOONSHAKE, “Bleach and Salt Water”
In: Eva Luna, 1992.

16 – YO LA TENGO, “Double Dare”
In: Painful, 1993.

17 – HELIUM, “I’ll Get You, I Mean It”
In: Pirate Prude, 1994.

18 – PAVEMENT, “Gold Sands”
In: Crooked Rain, Crooked Rain, 1994.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Cinco anos após Man-Made, album que foi aclamado por crítica e público, o Teenage Fanclub (foto) volta com Shadows – que tem tudo para ser recebido da mesma forma. É com esta que é uma das mais importantes bandas do indie rock, que abrimos nosso playlist de hoje, você fica com a ótima “Baby Lee”. Na sequencia tem Field Music, Danger Mouse & Sparklehorse, Paul Weller, Local Natives, Midlake, Frightened Rabbit, Stereophonics, Galaxie 500 e, encerrando com chave de ouro, “Everlasting Neverendless” do ultimo album do Echo & The Bunnymen, The Fountain, lançado ano passado.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TEENAGE FANCLUB, “Baby Lee”
In: Shadows, 2010.

02 – FIELD MUSIC, “Trying To Sit Out”
In: Field Music, 2005.

03 – DANGER MOUSE & SPARKLEHORSE, “Little Girl” (w/ Julian Casablancas)
In: Dark Night of The Soul, 2010.

04 – PAUL WELLER, “Wake Up The Nation”
In: Wake Up The Nation, 2010.

05 – LOCAL NATIVES, “Shape Shifter”
In: Gorilla Manor, 2009.

06 – MIDLAKE, “Core of Nature”
In: The Courage of Others, 2010.

07 – FRIGHTENED RABBIT, “Not Miserable”
In: The Winter of Mixed Drinks, 2010.

08 – STEREOPHONICS, “She’s Alright”
In: Keep Calm and Carry On, 2009.

09 – GALAXIE 500, “Victory Garden”
In: On Fire, 1989.

10 – ECHO & THE BUNNYMEN, “Everlasting Neverendless”
In: The Fountain, 2009.

terça-feira, 1 de junho de 2010

At Echo Lake é o nome do novo trabalho do Woods (foto), lançado no final de maio. O disco segue a linha do antecessor, Songs of Shame, bastante elogiado pela crítica especializada. Abrindo nosso playlist de hoje uma das faixas do novo album, “Till The Sun Rips”. Na sequencia tem The National, Broken Social Scene, The Tallest Man on Earth, Male Bonding, The New Pornographers, Avi Buffalo, Sam Amidon, Joanna Newsom e Phosphorescent.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – WOODS, “Till The Sun Rips”
In: At Echo Lake, 2010.

02 – THE NATIONAL, “England”
In: High Violet, 2010.

03 – BROKEN SOCIAL SCENE, “Chase Scene”
In: Forgiviness Rock Records, 2010.

04 – THE TALLEST MAN ON EARTH, “King of Spain”
In: The Wild Hunt, 2010.

05 – MALE BONDING, “Worse To Come”
In: Nothing Hurts, 2010.

06 – THE NEW PORNOGRAPHERS, “If You Can’t See My Mirrors”
In: Together, 2010.

07 – AVI BUFFALO, “Where’s Your Dirty Mind?”
In: Avi Buffalo, 2010.

08 – SAM AMIDON, “Relief”
In: I See The Sign, 2010.

09 – JOANNA NEWSOM, “’81”
In: Have One On Me, 2010.

10 – PHOSPHORESCENT, “The Mermaid Parade”
In: Here’s to Taking It Easy, 2010.