sábado, 23 de outubro de 2010

Devem existir poucos albuns tão aguardados quanto o primeiro do Maglore (foto). Enquanto ele não chega, o quarteto soteropolitano (acho tão chique ser ‘soteropolitano’, dá até vergonha de ser ‘campineiro’) acumula fãs entre aqueles que já descobriram o som do grupo no EP Cores do Vento, lançado no final do ano passado. É dele a faixa que abre nosso playlist deste sábado, a ótima “Ás vezes um clichê”. Na sequencia tem Inplastika, Bonifrate, Capim Maluco, Benflos, Quase Coadjuvante, Variantes, Do Amor, DJ6 e a catarinense Parachamas.



Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MAGLORE, “Ás vezes um clichê”
In: Cores do Vento, 2009.

02 – INPLASTIKA, “Romance Moderno”
In: Ressacas, Catástrofes Naturais e Confusões Amorosas, 2009.

03 – BONIFRATE, “Bizarrices Noturnas”
In: Sapos Alquímicos na Era Espacial, 2002.

04 – CAPIM MALUCO, “O que é bom para você”
In: Flamingo, 2008.

05 – BENFLOS, “O Rei Está Nu”
In: EP 2007, 2007.

06 – QUASE COADJUVANTE, “Dê valor a alguma coisa”
In: Tributo ao que ainda está por vir, 2009.

07 – VARIANTES, “Quanto Você Bebe”
In: Variantes, 2008.

08 – DO AMOR, “Meu Corpo Ali”
In: Do Amor, 2010.

09 – DJ6, “Mágoa que Segui”
In: DJ6, 2007.

10 – PARACHAMAS, “Mesmo que ele não mereça”
In: EP 2009, 2009.

Um comentário: