segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Kaputt, lançado no último dia 25, é o nono disco do Destroyer, projeto musical de Dan Bejar (foto). O canadense que ainda integra o Swan Lakes, The New Pornographers e Hello, Blue Roses, apresenta um dos melhores trabalhos do Destroyer que já conta dez anos. Deliciem-se com a faixa-título abrindo nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Sunset Rubdown, Hello Blue Roses, Silver Jews, The New Pornographers, A.C. Newman, The Fiery Furnaces, Atlas Sound, John Vanderslice e 12 Dirty Bullets.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – DESTROYER, “Kaputt”
In: Kaputt, 2011.

02 – SUNSET RUBDOWN, “Apollo and the Buffalo and Anna Anna Anna Oh”
In: Dragonslayer, 2009.

03 – HELLO, BLUE ROSES, “Shadow Falls”
In: The Portrait is Finished & I Have Failed To Capture Your Beauty, 2008.

04 – SILVER JEWS, “Room Games and Diamond Rain”
In: Bright Flight, 2001.

05 – THE NEW PORNOGRAPHERS, “Silver Jenny Dollar”
In: Together, 2010.

06 – A.C. NEWMAN, “Dunno Much About Life, But I Do Know How To Breathe”
In: Stroke: Songs For Chris Knox, 2010.

07 – THE FIERY FURNACES, “Bow Wow”
In: Gallowsbird’s Bark, 2003.

08 – ATLAS SOUND, “Criminals”
In: Logos, 2009.

09 – JOHN VANDERSLICE, “Time To Go”
In: Emerald City, 2007.

10 – 12 DIRTY BULLETS, “Fatman”
In: Downsides To Making a Living, 2009.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Lançado em 1981, pela Rough Trade, And Don’t the Kids Just Love It, do Television Personalities, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Considerado o pontapé inicial do que viria a ser conhecido como indiepop, o Television Personalities de Dan Treacy tinha suas raízes no movimento punk, o que se percebe claramente na precariedade das primeiras gravações ao estilo ‘faça você mesmo’ e nas pequenas obras de três acordes que compõem este album de estréia do grupo. A banda existe até hoje, produziu outros bons albuns além deste, vale a pena conhecer mais.

Seleçao Musical de Ricardo Pereira.


01 – TELEVISION PERSONALITIES, “This Angry Silence”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

02 – TELEVISION PERSONALITIES, “The Glittering Prizes”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

03 – TELEVISION PERSONALITIES, “World of Pauline Lewis”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

04 – TELEVISION PERSONALITIES, “A Family Affair”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

05 – TELEVISION PERSONALITIES, “Silly Girl”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

06 – TELEVISION PERSONALITIES, “Diary of a Young Man”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

07 – TELEVISION PERSONALITIES, “Geoffrey Ingram”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

08 – TELEVISION PERSONALITIES, “I Know Where Syd Barrett Lives”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

09 – TELEVISION PERSONALITIES, “Jackanory Stories”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

10 – TELEVISION PERSONALITIES, “Parties in Chelsea”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

11 – TELEVISION PERSONALITIES, “La Grande Illusion”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

12 – TELEVISION PERSONALITIES, “A Picture of Dorian Gray”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

13 – TELEVISION PERSONALITIES, “The Crying Room”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

14 – TELEVISION PERSONALITIES, “Look Back in Anger”
In: And Don’t the Kids Just Love It, 1981.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 29 de janeiro de 2011

A banda paulistana Lestics (foto) lançou no final do ano passado seu quarto album, Aos Abutres. Todos os discos do grupo estão disponíveis para download gratuito na página do quinteto: http://www.lestics.com.br/. Tenho certeza que depois de ouvir “Parto Normal” você vai dar uma passadinha lá, os caras mandam bem. No nosso playlist de hoje ainda tem Charme Chulo, Thiago Pethit, Violins, Sabonetes, Some Community, Transmissor, Banda Gentileza, Giancarlo Rufatto, Video Hits e Luísa Mandou um Beijo. Uma seleção musical para ninguém botar defeito.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LESTICS, “Parto Normal”
In: Aos Abutres, 2010.

02 – CHARME CHULO, “As Três Marias”
In: Nova Onda Caipira, 2009.

03 – THIAGO PETHIT, “Forasteiro”
In: Berlim, Texas, 2010.

04 – VIOLINS, “Fluorescente”
In: A Greve das Navalhas, 2010.

05 – SABONETES, “Onde Vai Parar”
In: Sabonetes, 2010.

06 – SOME COMMUNITY, “Tereza”
In: Rino Rino EP, 2010.

07 – TRANSMISSOR, “Colorida”
In: Sociedade do Crivo Mútuo, 2008.

08 – BANDA GENTILEZA, “Sempre Quase”
In: Banda Gentileza, 2009.

09 – GIANCARLO RUFATTO, “Curitiba, Se Você Sorrir, Lhe Darei um Doce”
In: Machismo EP, 2010.

10 – VIDEO HITS, “(vo)c”
In: Registro Sonoro Oficial, 2002.

11 – LUISA MANDOU UM BEIJO, “Cosquinhas de Manhã”
In: Luisa Mandou um Beijo, 2009.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Depois de terminarem a faculdade de Filosofia, Patrick Riley e Alaina Moore venderam tudo o que tinham e durante oito meses velejaram a bordo de um Cape Dory pelas Bahamas. Uma aventura dessas marca qualquer um e com a dupla não foi diferente, tanto que escolheram como título de seu primeiro album o nome do barco em que singraram os mares. Lançado no último dia 18, Cape Dory traz as músicas mais conhecidas do Tennis (foto) que já haviam chegado até o público via Eps como “Marathon” e “Seafarer” que você já ouviu aqui na Radio Indie. Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos “Pigeon” deles. Na sequencia tem Wild Nothing, Kisses, TV Girl, Perfume Genius, Houses, PS I Love You, Yellow Ostrich, Male Bonding e Range Rover.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TENNIS, “Pigeon”
In: Cape Dory, 2011.

02 – WILD NOTHING, “Confirmation”
In: Gemini, 2010.

03 – KISSES, “Weekend in Brooklyn”
In: The Heart of The Nightlife, 2010.

04 – TV GIRL, “It’s Not Something”
In: TV Girl EP, 2010.

05 – PERFUME GENIUS, “Dreeem”
In: Learning, 2010.

06 – HOUSES, “Reds”
In: All Night, 2010.

07 – PS I LOVE YOU, “Little Spoon”
In: Meet Me at The Muster Station, 2010.

08 – YELLOW OSTRICH, “Zebra” (Beach House Cover)
In: The Mistress, 2010.

09 – MALE BONDING, “Franklin”
In: Nothing Hurts, 2010.

10 – RANGE ROVER, “Soda”
In: Mind, 2011.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Quem está de disco novo é o Wire (foto), uma das bandas mais inovadoras do movimento punk chega ao seu décimo-segundo album, Red Barked Tree. Mais de trinta anos após sua fundação o novo trabalho do grupo consegue ser coerente com a trajetória do grupo ao mesmo tempo que atento à música de hoje: as referências do passado não se perdem mas este é claramente um album do século XXI, como se de uma banda recente se tratasse. Abrindo nossa playlist de hoje está “Adapt”. Na sequencia tem Gang of Four, XTC, The Clean, The Teardrop Explodes, Guided By Voices, The Chameleons, Belle and Sebastian, Deerhunter e Polvo.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – WIRE, “Adapt”
In: Red Barked Tree, 2011.

02 – GANG OF FOUR, “Glass”
In: Glass, 2009.

03 – XTC, “Making Plans for Nigel”
In: Drums and Wires, 1979.

04 – THE CLEAN, “Stars”
In: Getaway, 2001.

05 – THE TEARDROP EXPLODES, “Reward”
In: Kilimanjaro, 1981.

06 – GUIDED BY VOICES, “Echos Myron”
In: Bee Thousand, 1994.

07 – THE CHAMELEONS, “Up The Down Escalator”
In: Script of the Bridge, 1983.

08 – BELLE AND SEBASTIAN, “Women’s Realm”
In: Fold Your Hands Child, You Walk Like a Peasant, 2000.

09 – DEERHUNTER, “Like New”
In: Fluorescent Grey EP, 2007.

10 – POLVO, “Lull”
In: Polvo EP, 1995.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Formando em 1997, em San Diego, California, o quinteto The Black Heart Procession (foto), lançou no final de 2010, um EP com oito faixas e a participação especial de Lee ‘Scratch’ Perry, papa do dub, mas isso não significa que Blood Bunny/Black Rabbit tenha se aproximado do reggae, o som do grupo continua deliciosamente sombrio. Abrindo nossa playlist de hoje, uma das melhores do EP, “Devotion”. Na sequencia tem Tindersticks, Mogwai, Gravenhurst, Stuart Staples, Low, 16 Horsepower, Blonde Redhead, Retribution Gospel Choir e Calexico.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE BLACK HEART PROCESSION, “Devotion”
In: Blood Bunny/Black Rabbit, 2010.

02 – TINDERSTICKS, “Hubbards Hills”
In: Falling Down a Mountain, 2010.

03 – MOGWAI, “Mexican Grand Prix”
In: Hardcore Will Never Die, But You Will, 2011.

04 – GRAVENHURST, “I Found The F”(Broadcast Cover)
In: Warp20 (Recreated), 2009.

05 – YANN TIERSEN & STUART A. STAPLES, “A Secret Place”
In: Les Retrouvailles, 2005.

06 – LOW, “Monkey”
In: The Great Destroyer, 2005.

07 – 16 HORSEPOWER, “Sinnerman”
In: Folklore, 2002.

08 – BLONDE REDHEAD, “Elephant Woman”
In: Misery Is a Butterfly, 2004.

09 – RETRIBUTION GOSPEL CHOIR, “Easy Prey”
In: Retribution Gospel Choir, 2008.

10 – CALEXICO, “Where Water Flows”
In: The Black Light, 1998.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O Eternal Summers (foto) é formado por Nicole Yun na guitarra e no vocal e Daniel Cundiff no comando das baquetas. Os dois são de Roanoke, Virginia, e lançaram no final de 2010 seu primeiro album, Silver. O grupo já tinha gravado um EP homônimo. O novo trabalho tem pouco mais de trinta minutos e doze faixas dentro do clima surf que tem dominado no indie rock atualmente, “Pogo” que abre nosso playlist de hoje serve de exemplo. Na sequencia tem Weed Diamond, Long Walks On The Beach, Shimmering Stars, Burnt Ones, Zola Jesus, Anika, The Russian Apartments, Walk The Moon e Smith Westerns.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ETERNAL SUMMERS, “Pogo”
In: Silver, 2010.

02 – WEED DIAMOND, “Oklahoma”
In: Snowmelt/Oklahoma 7”, 2010.

03 – LONG WALKS ON THE BEACH, “I Didn’t Want to Make Out”
In: I Didn’t Want to Make Out, 2010.

04 – SHIMMERING STARS, “East Van Girls”
In: East Van Girls/ I’m Gonna Try 7”, 2010.

05 – BURNT ONES, “Sunset Hill”
In: Black Teeth & Golden Tongues, 2010.

06 – ZOLA JESUS, “Lightsick”
In: Stridulum II, 2010.

07 – ANIKA, “No One’s There”
In: Anika, 2010.

08 – THE RUSSIAN APARTMENTS, “Gods”
In: Gods (Single), 2010.

09 – WALK THE MOON, “Anna Sun”
In: I Want! I Want!, 2010.

10 – SMITH WESTERNS, “Smile”
In: Dye It Blonde, 2011.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

No final de 2010 você já ouvia aqui na Radio Indie, “Down By The Water”, o primeiro single de King Is Dead, sexto album do quinteto norte-americano The Decemberists (foto). O título do disco é uma homenagem aos Smiths, uma referência ao clássico The Queen is Dead, de quem Colin Meloy, líder do grupo, é fã confesso. Mas ouvindo suas faixas, o que vêm à nossa mente é Neil Young, Bruce Springsteen e R.E.M., cabe lembrar que Peter Buck participa de algumas delas. Para abrir nosso playlist de hoje, uma das minhas preferidas, “This Is Why We Fight”. Na sequencia tem Colin Meloy solo, The New Pornographers, Rilo Kiley, The Mountain Goats, My Brightest Diamond, Okkervil River, Arcade Fire, Margot & The Nuclear So and So’s e Ben Folds Five.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE DECEMBERISTS, “This Is Why We Fight”
In: King Is Dead, 2011.

02 – COLIN MELOY, “Dance To Your Daddy”
In: Colin Meloy Sings Shirley Collins EP, 2005.

03 – THE NEW PORNOGRAPHERS, “Daughters of Sorrow”
In: Together, 2010.

04 – RILO KILEY, “Silver Lining”
In: Under The Blacklight, 2008.

05 – THE MOUNTAIN GOATS, “Romans 10-9”
In: The Life of The World To Come, 2009.

06 – MY BRIGHTEST DIAMOND, “Something of an end”
In: Bring Me The Workhorse, 2006.

07 – OKKERVIL RIVER, “For Real”
In: Black Sheep Boy, 2005.

08 – ARCADE FIRE, “Intervention”
In: Neon Bible, 2007.

09 – MARGOT & THE NUCLEAR SO AND SO’S, “A Light On A Hill”
In: The Dust of Retreat, 2006.

10 – BEN FOLDS FIVE, “Best Imitation of Myself”
In: Ben Folds Five, 2005.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

domingo, 23 de janeiro de 2011

Lançado em 1985 pela Baratos Afins, O Adeus de Fellini, do grupo de punk-rock paulista Fellini, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Apesar do título, O Adeus de Fellini marcava a estréia da banda formada por Cadão Volpato (vocalista e atual apresentador do programa Metrópolis da TV Cultura), Jayr Marcos (guitarra e violão), Ricardo Salvaqui (bateria) e Thomas Pappon (baixo). O disco trazia uma mistura de batuque com pós-punk inglês, citação do poeta beat Lawrence Ferlinghetti, uma letra em alemão e os versos certeiros de “Rock Europeu”.

Seleção Musical de Ricardo Pereira

01 – FELLINI, “Funziona Senza Vapore”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

02 – FELLINI, “Rock Europeu”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

03 – FELLINI, “História do Fogo”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

04 – FELLINI, “Cultura”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

05 – FELLINI, “Outro Endereço Outra Vida”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

06 – FELLINI, “Bolero”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

07 – FELLINI, “Bolero 2”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

08 – FELLINI, “Shiva! Shiva!”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

09 – FELLINI, “Nada”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

10 – FELLINI, “Zaune”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

11 – FELLINI, “Nada (Ao Vivo)”
In: O Adeus de Fellini, 1985.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

sábado, 22 de janeiro de 2011

Não é de hoje que o Walverdes (foto) faz barulho. Desde 1993 na estrada os gaúchos não precisam provar mais nada, discos como 90 Graus, Anticontrole e Playback estão entre os melhores do independente nacional, mas Breakdance não deixa por menos, são 23 minutos de um rock sujo e agressivo como só o trio sabe fazer. Para abrir nossa playlist de hoje, a ótima “Basalto”. Na sequencia tem Superguidis, Zefirina Bomba, Loomer, Facas Voadoras, Jair Naves, The Name, Identidade, Pelebrói Não Sei?, Vivendo do Ócio, Faichecleres, Damn Laser Vampires e Júpiter Maçã.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – WALVERDES, “Basalto”
In: Breakdance, 2010.

02 – SUPERGUIDIS, “Malevolosidade”
In: Superguidis, 2006.

03 – ZEFIRINA BOMBA, “Sobre a cabeça”
In: Noisecoregroove Cocoenvenenado, 2006.

04 – LOOMER, “Rocket Fuzz”
In: Coward Soul EP, 2010.

05 – FACAS VOADORAS, “Bruises in a Crunched Amp”
In: You’re No Longer Dressed in Black, 2010.

06 – JAIR NAVES, “De branquidão hospitalar, queimando em febre, eu me apaixonei”
In: Araguari EP, 2010.

07 – THE NAME, “Can U Dance, Boy?”
In: Assonance EP, 2009.

08 – IDENTIDADE, “Dance”
In: Jogo Sujo, 2006.

09 – PELEBRÓI NÃO SEI?, “Céu Sem Cor”
In: Positivamente Mórbido, 2001.

10 – VIVENDO DO ÓCIO, “Dilema”
In: Nem Sempre Tão Normal, 2009.

11 – FAICHECLERES, “Embriagado”
In: A Calçada da Fama, 2007.

12 – DAMN LASER VAMPIRES, “Bracadabro”
In: Gotham Beggars Syndicate, 2008.

13 – JÚPITER MAÇÃ, “Base Primitiva”
In: Uma Tarde na Fruteira, 2008.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Black Francis, do Pixies, compôs uma trilha-sonora para um dos grandes clássicos do expressionismo alemão: O Golem, de 1920. Dirigido por Carl Boese e Paul Wegener, o filme conta a história de um rabino em Praga que por conta das perseguições aos judeus fabrica um Golem que adquire vida para proteger seu povo das ameaças. Em 2008, o músico apresentou a trilha no 51st San Francisco International Film Festival, agora o trabalho chamado The Golem Rock Album está sendo lançado, são dois CDs (um da apresentação ao vivo, outro gravado em estúdio) e um DVD (com o filme e a trilha sincronizada). Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos um dos temas mais bonitos: “The Obedient Servant”. Na sequencia tem Bonnie ‘Prince’ Billy, Kristin Hersh, Stephen Malkmus, Superchunk, Belly, The Martinis, The Fall, Tender Trap e Teenage Fanclub com uma versão para “The Ballad of John and Yoko” dos Beatles.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BLACK FRANCIS, “The Obedient Servant”
In: The Golem, 2010.

02 – BONNIE ‘PRINCE’ BILLY & THE CAIRO GANG, “That’s What Our Love Is”
In: The Wonder Show of the World, 2010.

03 – KRISTIN HERSH, “Crooked”
In: Crooked, 2010.

04 – STEPHEN MALKMUS & THE JICKS, “Real Emotional Trash”
In: Real Emotional Trash, 2008.

05 – SUPERCHUNK, “Digging for Something”
In: Majesty Shredding, 2010.

06 – BELLY, “Sweet Ride”(1995)
In: Sweet Ride: The Best of Belly, 2002.

07 – THE MARTINIS, “Free”
In: Empire Records Soundtrack, 1995.

08 – THE FALL, “Living Too Late”(1986)
In: 458489 A Sides, 1990.

09 – TENDER TRAP, “(I Always Love You When I’m) Leaving You”
In: 6 Billion People, 2006.

10 – TEENAGE FANCLUB, “The Ballad of John and Yoko”(1990)
In: Deep Friend Fanclub, 1995.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

No final de 2010, o British Sea Power (foto) lançou Zeus, um EP que trazia faixas que foram excluídas de Valhalla Dancehall criando ainda mais expectativa em torno deste album, algumas otimistas outras pessimistas. Bom, os pessimistas perderam, Valhalla Dancehall já nasce como um dos grandes albuns de 2011, algo que não me surpreende, afinal estamos falando de um dos grupos mais importantes do indie rock com albuns que fazem parte da história do gênero como The Decline of The British Sea Power (2003) e Do You Like Rock Music? (2008). Confira do novo album, “Living Is So Easy” abrindo nossa playlist de hoje. Na sequencia tem The Phantom Band, Doves, Brakes, Mercury Ver, The Coral, Gruff Rhys, The Twilight Sad, The Wedding Present e Broken Records.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BRITISH SEA POWER, “Living Is So Easy”
In: Valhalla Dancehall, 2011.

02 – THE PHANTOM BAND, “Walls”
In: The Wants, 2010.

03 – DOVES, “The Sulphur Man”
In: The Last Broadcast, 2002.

04 – BRAKES, “Worry About It Later”
In: Touchdown, 2009.

05 – MERCURY REV, “Fable of a Silver Moon”
In: Strange Attractor, 2008.

06 – THE CORAL, “Late Afternoon”
In: The Invisible Invasion, 2005.

07 – GRUFF RHYS, “Now That The Feeling Is Gone”
In: Candylion, 2007.

08 – THE TWILIGHT SAD, “Here, It Never Snowed. Afterwards It Did”
In: Here, It Never Snowed. Afterwards It Did EP, 2008.

09 – THE WEDDING PRESENT, “Give My Love to Kevin”(acoustic)
In: George Best Plus, 1987 (2007)

10 – BROKEN RECORDS, “You Know You’re Not Dead”
In: Let Me Come Home, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Sozinho em casa, no seu quarto, Bradford Cox (foto), gravou, entre agosto e novembro de 2010, quatro discos, todos chamados Bedroom Databank, assinando-os como Atlas Sound, nome do projeto musical que desenvolve paralelamente ao Deerhunter. Somando todos os albuns são 39 músicas, algumas divinas como “Dream Color” que abre nosso playlist de hoje. Cabe lembrar que estão todas disponíveis para download no blog de Cox, o endereço é http://deerhuntertheband.blogspot.com/. Depois passa lá, antes curta a nossa sequencia musical de hoje que ainda traz Ducktails, Girls, Beach Fossils, Wax Wings, Tennis, Bright Eyes, Sufjan Stevens, Cold War Kids e Whalers.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ATLAS SOUND, “Dream Color”
In: Bedroom Databank, Vol. 3, 2010.

02 – DUCKTAILS, “Sitting”
In: Hamilton Road VLS, 2010.

03 – GIRLS, “Alright”
In: Broken Dreams Club EP, 2010.

04 – BEACH FOSSILS, “Desert Sand”
In: Daydream, 2010.

05 – WAX WINGS, “Jagat Skad”
In: Bloomsday, 2010.

06 – TENNIS, “Waterbirds”
In: Cape Dory, 2010.

07 – BRIGHT EYES, “Road To Joy”
In: I’m Wide Awake, It’s Morning, 2005.

08 – SUFJAN STEVENS, “Joy To The World”
In: Songs For Christmas, 2006.

09 – COLD WAR KIDS, “Hospital Beds”
In: Robbers & Cowards, 2006.

10 – WHALERS, “Magic Tricks”
In: http://whalersmusic.bandcamp.com/

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O quarteto norte-americano The Dismemberment Plan (foto) encerrou suas atividades em 1993, após a turnê de Changes. Mas a reedição de seu album mais famoso, Emergency & I, fez com que os quatro voltassem a se reunir e uma série de shows já está programada para este início de ano. Para quem está chegando agora, fica a dica para conhecer melhor o grupo. Para abrir nossa playlist de hoje, uma faixa de Emergency & I, relançado pela Barsuk, a ótima “Back and Forth”. Na sequencia tem The Promise Ring, Neutral Milk Hotel, Sunny Day Real Estate, Engine Down, The Thermals, No Age, Sebadoh, Minutemen e Unrest.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE DISMEMBERMENT PLAN, “Back and Forth”
In: Emergency & I, 1999.

02 – THE PROMISE RING, “Why Did We Ever Meet”
In: Nothing Feels Good, 1997.

03 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Naomi”
In: On Avery Island, 1996.

04 – SUNNY DAY REAL ESTATE, “Pheurton Skeurto”
In: Diary, 1994.

05 – ENGINE DOWN, “Closed Call”
In: Demure, 2002.

06 – THE THERMALS, “There’s Nothing You Can’t Learn”
In: I Don’t Believe You, 2010.

07 – NO AGE, “Teen Creeps”
In: Nouns, 2008.

08 – SEBADOH, “Nothing Like You”
In: Harmacy, 1996.

09 – MINUTEMEN, “Little Man With a Gun in His Head”
In: Buzz or Howl Under the Influence of Heart EP, 1983.

10 – UNREST, “Make Out Club”
In: Perfect Teeth, 1993.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um dos primeiros lançamentos de 2011 é o terceiro album do quarteto norte-americano Tapes ‘n Tapes (foto), Outside. Depois de Walk It Off, que tinha mais erros que acertos, parece que o grupo voltou ao seu melhor, já conhecido por nós em The Loon, de 2005. Para abrir nossa playlist de hoje escolhemos de Outside, “People You Know”. Na sequencia tem White Rabbits, Sunset Rubdown, Clap Your Hands Say Yeah, Spoon, Kissing Party, Islands, French Kicks, Plants and Animals e The Dodos.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TAPES ‘N TAPES, “People You Know”
In: Outside, 2011.

02 – WHITE RABBITS, “Kid On My Shoulders”
In: Fort Nightly, 2007.

03 – SUNSET RUBDOWN, “Idiot Heart”
In: Dragonslayer, 2009.

04 – CLAP YOUR HANDS SAY YEAH, “Goodbye To Mother and The Cove”
In: Some Loud Thunder, 2007.

05 – SPOON, “Who Makes Your Money?”
In: Transference, 2010.

06 – KISSING PARTY, “Winter in the Pub”
In: The Hate Album, 2010.

07 – ISLANDS, “Abominable Snow”
In: Arm’s Way, 2008.

08 – FRENCH KICKS, “Carried Away”
In: Swimming, 2008.

09 – PLANTS AND ANIMALS, “Kon Tiki”
In: La La Land, 2010.

10 – THE DODOS, “The Season”
In: Visiter, 2008.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

domingo, 16 de janeiro de 2011

Lançado em 1987 pela Touch and Go, Songs About Fucking, do Big Black, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Formado em 1982, o Big Black tinha como líder, o guitarrista Steve Albini, conhecido também pela produção de discos importantes como Tweez, do Slint, Surfer’s Rosa, do Pixies e In Utero, do Nirvana. Com uma sonoridade que nos remete ao Cabaret Voltaire, o grupo influenciaria, mais tarde, bandas como o Nine Inch Nails: Trent Reznor nunca negou o quanto era devedor de Atomizer e Songs About Fucking, os dois únicos discos do Big Black. Depois do fim do grupo em 1987, Albini continuaria fazendo barulho em grupos como Rapeman e Shellac.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BIG BLACK, “The Power of Independent Trucking”
In: Songs About Fucking, 1987.

02 – BIG BLACK, “The Model”
In: Songs About Fucking, 1987.

03 – BIG BLACK, “Bad Penny”
In: Songs About Fucking, 1987.

04 – BIG BLACK, “L Dopa”
In: Songs About Fucking, 1987.

05 – BIG BLACK, “Precious Thing”
In: Songs About Fucking, 1987.

06 – BIG BLACK, “Colombian Necktie”
In: Songs About Fucking, 1987.

07 – BIG BLACK, “Kitty Empire”
In: Songs About Fucking, 1987.

08 – BIG BLACK, “Ergot”
In: Songs About Fucking, 1987.

09 – BIG BLACK, “Kasimir S. Pulaski Day”
In: Songs About Fucking, 1987.

10 – BIG BLACK, “Fish Fry”
In: Songs About Fucking, 1987.

11 – BIG BLACK, “Pavement Saw”
In: Songs About Fucking, 1987.

12 – BIG BLACK, “Tiny, King of The Jews”
In: Songs About Fucking, 1987.

13 – BIG BLACK, “Bombastic Intro”
In: Songs About Fucking, 1987.

14 – BIG BLACK, “He’s a Whore”
In: Songs About Fucking, 1987.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 15 de janeiro de 2011

Um dos melhores representantes do rock instrumental brasileiro vem do Recife, trata-se do quarteto acima, A Banda de Joseph Tourton (foto). Na ativa desde 2007 os quatro rapazes já haviam lançado um EP em 2008, no ano que passou lançaram seu primeiro album, presente em inúmeros listas dos melhores de 2010. A garotada é mesmo boa. Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos “Aquaplanagem” deles. Na sequencia tem Do Amor com um cover do Gonzaguinha, depois Plato Divorak, China, Volver, Nevilton, Radiotape, Lulina, Móveis Coloniais de Acaju, A Caravana do Delírio, Ecos Falsos e Diego de Moraes e O Sindicato.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – A BANDA DE JOSEPH TOURTON, “Aquaplanagem”
In: A Banda de Joseph Tourton, 2010.

02 – DO AMOR, “Lindo Lago do Amor”
In: Do Amor, 2010.

03 – PLATO DIVORAK, “Zebra”
In: Besta Luminosa, 2006.

04 – CHINA, “Um dia lindo de morrer”
In: Simulacro, 2007.

05 – VOLVER, “Despedida em seis por oito”
In: Acima da Chuva, 2008.

06 – NEVILTON, “Do que não deu certo”
In: Pressuposto EP, 2010.

07 – RADIOTAPE, “Nova Chance”
In: Pequenas Coisas Me Fazem Feliz, 2008.

08 – LULINA, “Nós”
In: Cristalina, 2009.

09 – MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJU, “Copacabana”
In: Idem, 2005.

10 – A CARAVANA DO DELÍRIO, “O romântico em mim”
In: Glamourosa Comédia Pop, 2009.

11 – ECOS FALSOS, “Viva o Chope Escuro”
In: Tributo ao Ronnie Von, 2007.

12 – DIEGO DE MORAES E O SINDICATO, “Amigo”
In: Parte de Nós, 2010.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Segundo trabalho do Smith Westerns (foto), Dye It Blonde já está sendo cotado como um dos grandes albuns de 2011. O primeiro single “Weekend” lançado no final do ano passado já apareceu em algumas listas de melhores músicas de 2010, “All Die Young”, que abre nosso playlist, tem tudo para seguir o mesmo caminho em 2011. Confira. É demais. Na sequencia tem Girls, The Shout Aways, Real Estate, Braids, Ganglians, Pandit, car seat headrest, Yuck e Women.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SMITH WESTERNS, “All Die Young”
In: Dye It Blonde, 2011.

02 – GIRLS, “Oh So Protective One”
In: Broken Dreams Club EP, 2010.

03 – THE SHOUT AWAYS, “We”
In: The Shout Aways EP, 2010.

04 – REAL ESTATE, “Reservoir”
In: Out Of Tune 7”, 2010.

05 – BRAIDS, “Same Mum”
In: Native Speaker, 2011.

06 – GANGLIANS, “Blood On The Sand”
In: Monster Head Room, 2009.

07 – PANDIT, “These Days (Jackson Browne)”
In: Pandit Demos: Volume 1, 2010.

08 – CAR SEAT HEADREST, “Something Soon”
In: http://www.carseatheadrest.bandcamp.com/

09 – YUCK, “Get Away”
In: Yuck, 2011.

10 – WOMEN, “Group Transport Hall”
In: Women, 2008.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Já estava mais do que na hora. Dia 25 de janeiro sai o primeiro album do Cloud Nothings (foto), “Should Have”, que abre nosso playlist de hoje, é o primeiro single do disco que leva o nome do grupo. Na sequencia tem Spectrals, Wild Nothing, Hanoi Janes, The Fresh & Onlys, Dom, Dale Earnhardt Jr. Jr., Snake! Snake! Snakes!, The Mantles e Harlem.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – CLOUD NOTHINGS, “Should Have”
In: Cloud Nothings, 2011.

02 – SPECTRALS, “7th Date”
In: 7th Date 7”, 2010.

03 – WILD NOTHING, “The Witching Hour”
In: Gemini, 2010.

04 – HANOI JANES, “Summer of Panic”
In: Year of Panic, 2010.

05 – THE FRESH & ONLYS, “Summer of Love”
In: Play It Strange, 2010.

06 – DOM, “I Wonder”
In: Sun Bronzed Greek Gods, 2010.

07 – DALE EARNHARDT Jr. Jr., “Vocal Chords”
In: Horse Power EP, 2010.

08 – SNAKE! SNAKE! SNAKES!, “We Come Out At Night”
In: Snake! Snake! Snakes!, 2010.

09 – THE MANTLES, “Bury Me Dead”
In: The Mantles, 2009.

10 – HARLEM, “Be Your Baby”
In: Hippies, 2010.

Confira também nossa #TwitRadio em http://twitrad.io/radio_indie

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

O Vampire Weekend (foto) está prestes a desembarcar no Brasil para três shows: dia 29 de janeiro tocam no festival Planeta Atlântida, no Rio Grande do Sul, dia primeiro de fevereiro no Via Funchal, aqui em São Paulo, e no dia 3 de fevereiro, no Circo Voador, no Rio de Janeiro. Com dois albuns lançados, o quarteto nova-iorquino lançou no final de 2010 um EP, dentre as faixas que compôe iTunes Sessions, destaque para o cover de Bruce Springsteen, “I’m Going Down”, que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem MGMT, Ra Ra Riot, Passion Pit, Millionyoung, Arctic Monkeys, The Wombats, Family of The Year, Darwin Deez e Sufjan Stevens.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – VAMPIRE WEEKEND, “I’m Going Down”
In: iTunes Sessions EP, 2010.

02 – MGMT, “Lady Dada’s Nightmare”
In: Congratulations, 2010.

03 – RA RA RIOT, “Massachusetts”
In: The Orchard, 2010.

04 – PASSION PIT, “Dreams”
In: Manners, 2009.

05 – MILLIONYOUNG, “Sentimental”
In: Replicants, 2011.

06 – ARCTIC MONKEYS, “Mardy Bun”
In: Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not, 2006.

07 – THE WOMBATS, “Patricia The Stripper”
In: The Wombats Proudly Present: A Guide To Love, Loss & Desperation, 2007.

08 – FAMILY OF THE YEAR, “Chugjug”
In: Through The Trees EP, 2009.

09 – DARWIN DEEZ, “Constellations”
In: Darwin Deez, 2010.

10 – SUFJAN STEVENS, “Decatur, or, Round of Applause for your Stepmother!”
In: Illinois, 2005.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Lançado no final de 2010, Worry marca a estréia do Big Troubles (foto). É impossível não lembrar de My Bloody Valentine e Jesus & Mary Chain ao ouvir o som deste trio de New Jersey que em alguns momentos exagera na sujeira, “Freudian Slips” que abre nosso playlist de hoje, é uma das mais limpinhas. Na sequencia tem Family Portrait, That Ghost, Andrew Cedermark, Julian Lynch, Weed Diamond, Velvet Davenport, Hear Hums, Pure Ecstasy e The Middle East.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BIG TROUBLES, “Freudian Slips”
In: Worry, 2010.

02 – FAMILY PORTRAIT, “Glide Part One”
In: Glide Part One 7”, 2010.

03 – THAT GHOST, “To Like You”
In: Songs Out Here, 2011.

04 – ANDREW CEDERMARK, “Why We Exist”
In: Secret Acid Fuckdrum EP, 2010.

05 – JULIAN LYNCH, “Just Enough”
In: Mare, 2010.

06 – WEED DIAMOND, “Snowmelt”
In: Snowmelt 7”, 2010.

07 – VELVET DAVENPORT, “When You Are Out”
In: White Blue, 2010.

08 – HEAR HUMS, “Woo”
In: Psyche Cycles, 2010.

09 – PURE ECSTASY, “Alexandria”
In: Voices 7”, 2010.

10 – THE MIDDLE EAST, “Jesus Came To My Birthday Party”
In: Jesus Came To My Birthday Party, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

O novo album do trio canadense The Rural Alberta Advantage (foto) será lançado no dia 1 de março. Você ouve aqui na Radio Indie, o primeiro single de Departing, “Stamp”. Tudo indica que o album segue a mesma linha fuzz-folk de seu antecessor, Hometowns, afinal em time que está ganhando (e de goleada) não se mexe. Na sequencia tem Harlem Shakes, Frightened Rabbit, The Wooden Sky, The Weakerthans, Wye Oak, The Acorn, Cymbals Eat Guitars, Born Ruffians e Suckers.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE RURAL ALBERTA ADVANTAGE, “Stamp”
In: Departing, 2011.

02 – HARLEM SHAKES, “Radio Orlando”
In: Technicolor Health, 2009.

03 – FRIGHTENED RABBIT, “The Wrestle”
In: The Winter of Mixed Drinks, 2010.

04 – THE WOODEN SKY, “Something Hiding For You In The Night”
In: If I Don’t Come Home You’ll Know I’m Gone, 2009.

05 – THE WEAKERTHANS, “Night Windows”
In: Reunion Tour, 2007.

06 – WYE OAK, “Civilian”
In: Civilian, 2011.

07 – THE ACORN, “Crooked Legs”
In: Glory Hope Mountain, 2007.

08 – CYMBALS EAT GUITARS, “Ballad of Big Nothing”(Elliot Smith cover)
In: Wild Phoenix B-Side, 2010.

09 – BORN RUFFIANS, “Foxes Mate For Life”]
In: Red, Yellow & Blue, 2008.

10 – SUCKERS, “It Gets Your Your Body Movin”
In: Wild Smile, 2010.

Nosso endereço eletrônico é radioblogue@gmail.com

domingo, 9 de janeiro de 2011

Lançado em 1991 pela Touch and Go, Spiderland, do Slint é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. De certa forma, foi o Slint que definiu o que seria conhecido como pós-rock depois, neste Spiderland e em seu album anterior, Tweez, de 1988. À primeira audição é um disco perturbador, os vocais falados ou gritados parecem não se encaixar com a música ora sinistra, ora leve. Embora recebido elogiosamente pela crítica, não teve sucesso comercial algum, o que apressou o fim do grupo antes que a influência crescente do disco fizesse do Slint uma referência na sonoridade dos anos 1990.

Seleção Musical de Ricardo Pereira

01 – SLINT, “Breadcrumb Trail”
In: Spiderland, 1991.

02 – SLINT, “Nosferatu Man”
In: Spiderland, 1991.

03 – SLINT, “Don, Aman”
In: Spiderland, 1991.

04 – SLINT, “Washer”
In: Spiderland, 1991.

05 – SLINT, “For Diner”
In: Spiderland, 1991.

06 – SLINT, “Good Morning, Captain”
In: Spiderland, 1991.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 8 de janeiro de 2011

A paulistana Garotas Suecas (foto) já era uma realidade faz tempo, quem nunca curtiu um show deles não sabe o que está perdendo. O primeiro album do grupo, Escaldante Banda, lançado ano passado, só veio confirmar o quão saborosa é essa mistura de soul, jovem guarda e garage rock que eles fazem. Abrindo nosso primeiro playlist nacional deste ano está uma das melhores faixas do disco: “Tudo Bem”. Na sequencia tem Cérebro Eletrônico, Apanhador Só, Pullovers, Bidê ou Balde, Mombojó, Suéteres, Volantes, Aerocirco, Canja Rave e, finalizando, a versão do Vanguart para “O Mar” de Dorival Caymmi.


Seleção Musical de Ricardo Pereira

01 – GAROTAS SUECAS, “Tudo Bem”
In: Escaldante Banda, 2010.

02 – CÉREBRO ELETRÔNICO, “Cama”
In: Deus e o Diabo no Liquidificador, 2010.

03 – APANHADOR SÓ, “Prédio”
In: Apanhador Só, 2010.

04 – PULLOVERS, “Marinês”
In: Tudo que eu sempre sonhei, 2009.

05 – BIDÊ OU BALDE, “Tudo é Preza”
In: Tudo é Preza, 2010.

06 – MOMBOJÓ, “Qualquer Conclusão”
In: Amigo do Tempo, 2010.

07 – SUÉTERES, “Dia em Preto e Branco”
In: Rua Caetés, 2009.

08 – VOLANTES, “Meu Samba”
In: Sobre Gostar e Esperar, 2009.

09 – AEROCIRCO, “Não me leve a mal”
In: Invisivelmente, 2010.

10 – CANJA RAVE, “Badango”
In: Badango, 2010.

11 – VANGUART, “O Mar”
In: Vanguard Multishow Registro Ao Vivo, 2009.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

O Passion Pit (foto) foi uma das atrações do Festival Planeta Terra, realizado em novembro de 2010 na cidade de São Paulo. Com apenas um album (Manners) e um EP (Chunk of Change) o quinteto norte-americano fez um dos shows mais vibrantes da noite, quem estava lá sabe disso. Para abrir nossa playlist desta sexta escolhemos um cover que o grupo gravou para o projeto musical Pioneer Sessions da Levi’s: de “Tonight, Tonight” do Smashing Pumpkins, ficou ótimo. Na sequencia tem Matt & Kim, Flaming Lips, Julian Plenti, Los Campesinos!, Foals, Pixies, Death Cab For Cutie, Hot Chip e Feist.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – PASSION PIT, “Tonight, Tonight”
In: Levi’s Pioneer Sessions 2010 Revival Recordings, 2010

02 – MATT & KIM, “Cameras”
In: Sidewalks, 2010.

03 – FLAMING LIPS, “What Is The Light?”
In: The Soft Bulletin, 1997.

04 – JULIAN PLENTI, “Madrid Song”
In: Julian Plenti is... Skyscraper, 2009.

05 – LOS CAMPESINOS!, “Kindle A Flame in her Heart”
In: Kindle A Flame In Her Heart, 2010.

06 – FOALS, “What Remains”
In: Total Life Forever, 2010.

07 – PIXIES, “Ana”
In: Bossanova, 1990.

08 – DEATH CAB FOR CUTIE, “No Sunlight”
In: Narrow Stairs, 2008.

09 – HOT CHIP, “Alley Cats”
In: One Life Stand, 2010.

10 – FEIST, “Let It Die”
In: Let It Die, 2004.

Siga a Radio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A exemplo do album anterior, Shallow Grave, o segundo trabalho de Tallest Man on Earth (foto) foi bastante elogiado. As comparações com Bob Dylan são inevitáveis, não só pelo estilo que Kristian Matsson abraça mas pela semelhança vocal entre ambos. Mas Matsson tem luz própria e personalidade suficiente para escapar desta pesada sombra que os críticos colocaram sobre ele. “Where I Thought Met The Angels” que abre nosso playlist de hoje não está em The Wild Hunt, ela era b-side do single King of Spain, que foi a primeira música do album lançada oficialmente. Na sequencia tem The Drums, The Decemberists, Grizzly Bear, The Strokes, Yeasayer, Andrew Bird, Warpaint, Best Coast e Menomena.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE TALLEST MAN ON EARTH, “Where I Thought Met The Angels”
In: King of Spain – Single, 2010.

02 – THE DRUMS, “Down By The Water”
In: Summertime!, 2009.

03 – THE DECEMBERISTS, “The Wanting Comes In Waves/Repaid”
In: The Hazards of Love, 2009.

04 – GRIZZLY BEAR, “Slow Life”(feat. Victoria Legrand)
In: The Twilight Saga: New Moon (soundtrack), 2009.

05 – THE STROKES, “Killing Lies”
In: First Impressions of Earth, 2006.

06 – YEASAYER, “Rome”
In: Odd Blood, 2010.

07 – ANDREW BIRD, “Yawny at the Apocalypse”
In: Armchair Apocrypha, 2007.

08 – WARPAINT, “Ashes To Ashes”
In: We Were So Turned On: A Tribute to David Bowie, 2010.

09 – BEST COAST, “Summer Mood”
In: Crazy For You, 2010.

10 – MENOMENA, “Weird”
In: Friend and Foe, 2007.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Em 2010, James Mercer dedicou-se ao Broken Bells, projeto musical que desenvolve paralelamente ao The Shins (foto). O sucesso da empreitada com Brian Burton pode render mais um fruto: vem aí outro disco da dupla, é o que anunciou Mercer em entrevista a Billboard. Mas o músico também tem boas notícias para os fãs do The Shins, um novo disco do grupo está nos seus planos para 2011. Enquanto não lançam material novo a gente vai matando a saudade com o que pode: abrindo nosso playlist de hoje está um cover de “Goodbye Girl” do Squeeze que o The Shins gravou para o Pioneer Sessions, da Levi’s. Muito bom. Na sequencia tem Girls, Fanfarlo, Spoon, The Antlers, Clap Your Hands Say Yeah, Klaxons, Broken Bells, Tokyo Police Club e Vampire Weekend.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE SHINS, “Goodbye Girl”
In: Levi’s Pioneer Sessions 2010 Revival Recordings, 2010

02 – GIRLS, “Carolina”
In: Broken Dreams Club EP, 2010.

03 – FANFARLO, “Atlas”
In: The Twilight Saga: Eclipse (soundtrack), 2010.

04 – SPOON, “Before Destruction”
In: Transference, 2010.

05 – THE ANTLERS, “Sylvia”
In: Hospice, 2010.

06 – CLAP YOUR HANDS SAY YEAH, “Blue Turning Gray”
In: Clap Your Hands Say Yeah, 2005.

07 – KLAXONS, “Two Receivers”
In: Myths of the Near Future, 2007.

08 – BROKEN BELLS, “Mongrel Heart”
In: Broken Bells, 2010.

09 – TOKYO POLICE CLUB, “Hands Reversed”
In: Champ, 2010.

10 – VAMPIRE WEEKEND, “Bryn”
In: Vampire Weekend, 2008.

Nosso endereço eletrônico é radioblogue@gmail.com

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Nosso blog completa hoje um ano de atividade. Foi num dia 4 de janeiro de 2010 que publicamos aqui nossa primeira playlist. De lá para cá foram 299 playlists contando com a de hoje, o que significa que já disponibilizamos aqui mais de 3.000 músicas transformando-se num dos maiores acervos de indie music da blogosfera. Esses números explicam a quantidade de visitas que recebemos cotidianamente: uma média de 350 visitas por dia – de todos os lugares do país e do mundo. Devemos este ‘sucesso’ aos nossos ouvintes que divulgam o blog através do twitter dando RT em nossa programação bem como as muitas bandas que colaboram conosco enviando suas músicas para o nosso endereço eletrônico. Nosso blog é simples, nosso foco é a música, mas não qualquer música, cada faixa que você escuta aqui foi devidamente selecionada, com o cuidado de quem curte o que está fazendo e por isso faz, sem nenhum interesse senão o de compartilhar o que é bom e merece ser conhecido. Esperamos poder contar com a sua companhia por mais um ano. Eu sou Ricardo Pereira e esta é a Radio Indie. Para começar 2011 com o pé direito nada melhor que abrir nossa playlist de hoje com a banda que lançou o melhor album de 2010: o Arcade Fire (foto), com mais uma faixa de The Suburbs. Na sequencia tem The National, Interpol, Beach House, Edward Sharpe & The Magnetic Zeros, Band of Horses, The Walkmen, Deerhunter, Radiohead e Fleet Foxes.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ARCADE FIRE, “Modern Man”
In: The Suburbs, 2010.

02 – THE NATIONAL, “Anyone’s Ghost”
In: High Violet, 2010.

03 – INTERPOL, “Safe Without”
In: Interpol, 2010.

04 – BEACH HOUSE, “White Moon”
In: iTunes Sessions EP, 2010.

05 – EDWARD SHARPE & THE MAGNETIC ZEROS, “Om Nashi Me”
In: Up From Below, 2009.

06 – BAND OF HORSES, “Laredo”
In: Infinite Arms, 2010.

07 – THE WALKMEN, “No Christmas While I’m Talking”
In: Bows+Arrows, 2004.

08 – DEERHUNTER, “Calvary Scars”
In: Microcastle, 2008.

09 – RADIOHEAD, “Paranoid Android”
In: Ok Computer, 1997.

10 – FLEET FOXES, “Anyone Who’s Anyone”
In: Fleet Foxes EP, 2006.

Nosso e-mail é radioblogue@gmail.com