segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Diferentemente de seu album anterior, em Underneath The Pine, Chazwick Bundick (ou Toro Y Moi) optou por utilizar instrumentos de verdade, o que ajudou a fazer este novo trabalho tão bom quanto Causers of This. Ouça “Divina” que abre nosso playlist de hoje e sinta a diferença. Na sequencia tem Memory Tapes, Big Spider’s Back, Wild Nothing, Real Estate, Ducktails, Atlas Sound, Tennis, Beach House e James Blake com um cover da Feist.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TORO Y MOI, “Divina”
In: Underneath The Pine, 2011.

02 – MEMORY TAPES, “Plain Material”
In: Seek Magic, 2009.

03 – BIG SPIDER’S BACK, “Perfect Machine”
In: Warped, 2009.

04 – WILD NOTHING, “O Lilac”
In: Gemini, 2010.

05 – REAL ESTATE, “Motorbikes”
In: Reality [EP], 2010.

06 – DUCKTAILS, “Killing The Vibe”(feat. Panda Bear)
In: Ducktails III: Arcade Dynamics, 2011.

07 – ATLAS SOUND, “My Halo”
In: Logos, 2009.

08 – TENNIS, “Bimini Bay”
In: Cape Dory, 2011.

09 – BEACH HOUSE, “Lovelier Girl”
In: Beach House, 2006.

10 – JAMES BLAKE, “Limit To Your Love” (Feist Cover)
In: Limit To Your Love [Single], 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Lançado em 1998, pela Merge Records, In the Aeroplane Over the Sea, do Neutral Milk Hotel, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Inspirado nos relatos presentes no Diário de Anne Frank, In the Aeroplane Over the Sea é o que se convencionou chamar de um album conceitual, a gravação segue a cronologia dos fatos narrados pela adolescente judia que entre 1942 e 1944 viveu escondida num porão com a sua família até ser encontrada pela Gestapo e enviada para um campo de concentração nazista onde seria morta, o que resulta num album, naturalmente, sombrio, embebido de violões folks e melodias muito bem trabalhadas, marca de Jeff Magnum, líder da banda, que usa de violões em alto e bom som e metais presentes em praticamente todas as músicas o que confere uma beleza ímpar às canções presentes no disco.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – NEUTRAL MILK HOTEL, “The King of Carrot Flowers Pt. One”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

02 – NEUTRAL MILK HOTEL, “The King of Carrot Flowers Pts. Two and Threes”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

03 – NEUTRAL MILK HOTEL, “In The Aeroplane Over the Sea”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

04 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Two-Headed Boy”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

05 – NEUTRAL MILK HOTEL, “The Fool”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

06 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Holland, 1945”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

07 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Communist Daughter”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

08 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Oh Comely”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

09 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Ghost”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

10 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Untitled”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

11 – NEUTRAL MILK HOTEL, “Two-Headed Boy Pt. Two”
In: In the Aeroplane over the Sea, 1998.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Formado em 2008, na cidade de Belo Horizonte, o Lupe de Lupe (foto) acaba de lançar Recreio, um EP de sete faixas, pela Fórceps Discos. Vale a pena conhecer o noise-pop deste quarteto cujas músicas fazem referência em seus títulos à literatura brasileira, caso de “Para Viver um Grande Amor”, nome de um livro de Vinicius de Moraes, que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem X Galinha, Os Britos, Severo em Marcha, Monograma, Holger, Valentinos, Rockassetes, Velotroz, Apolonio, João e Os Poetas de Cabelo Solto e, finalizando, a seleção brazuca de hoje, o som do Dorgas.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.


01 – LUPE DE LUPE, “Para Viver um Grande Amor”
In: Recreio [EP], 2011.

02 – X GALINHA, “Marlboro”
In: Ninguém Dá um Ovo/Na Dúvida Eu Vou, 2007.

03 – OS BRITOS, “Dia Comum”
In: Os Britos, 2006.

04 – SEVERO EM MARCHA, “Mudar de Ar”
In: Mudar de Ar (Single), 2010.

05 – MONOGRAMA, “Alento”
In: Da Tempestade à Calmaria, 2010.

06 – HOLGER, “Undesirable Regrets”
In: Sunga, 2010.

07 – VALENTINOS, “Mais que Nunca”
In: Avante, 2010.

08 – ROCKASSETES, “Desinteresse”
In: Sobre garotas, discos e o tênis vermelho, 2008.

09 – VELOTROZ, “Domingo Não Estou no Parque”
In: Parque da Cidade, 2009.

10 – APOLONIO, “Bitter Escape”
In: EP Volume 01, 2009.

11 – JOÃO E OS POETAS DE CABELO SOLTO, “Daqui Pra Frente”
In: EP, 2010.

12 – DORGAS, “Bruff”
In: Verdeja Music [EP], 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Para viver um grande amor” do Lupe de Lupe:

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Ao lado de Natel Walcott e Mike Mogis, Conor Oberst forma o Bright Eyes (foto), banda que chega ao seu quinto album, The People’s Key, recém-lançado pela Saddle Creek Records. Com menos violão folk e mais guitarras elétricas, o trio entrega um album bem mais próximo do rock que seus anteriores, destaque para “Beginner’s Mind” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Rilo Kiley, Maria Taylor, Hungry Kids of Hungary, Kevin Devine, Manchester Orchestra, Now It’s Overhead, The Mountain Goats, The Decemberists, Sufjan Stevens e Band of Horses.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BRIGHT EYES, “Begginer’s Mind”
In: The People’s Key, 2011.

02 – RILO KILEY, “15”
In: Under The Blacklight, 2007.

03 – MARIA TAYLOR, “Time Lapse Lifetime”
In: LadyLuck, 2009.

04 – HUNGRY KIDS OF HUNGARY, “Coming Around”
In: Escapades, 2010.

05 – MANCHESTER ORCHESTRA & KEVIN DEVINE, “I Could Be With Anyone”
In: I Could Be The Only One [EP], 2010.

06 – NOW IT’S OVERHEAD, “Goodbye Highway”
In: Now It’s Overhead, 2001.

07 – THE MOUNTAIN GOATS, “Damn These Vampires”
In: All Eternals Deck, 2011.

08 – THE DECEMBERISTS, “I Want Mean For The Stage”
In: Her Majesty The Decemberists, 2003.

09 – SUFJAN STEVENS, “The Predatory Wasp of the Paralisades Is Out to Get Us!”
In: Illinois, 2005.

10 – BAND OF HORSES, “Dilly”
In: Infinite Arms, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Recém-lançado, o album de estréia do Yuck (foto) merece ser ouvido com bastante atenção, a banda era apontada no final do ano passado como uma das promessas para 2011. Ouvindo o disco, por onde passeiam pelo indie rock, noise-pop, lo-fi e shoegazer, a previsão não me soa exagerada, muito pelo contrário. Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos “Georgia”. Na sequencia tem Cloud Nothings, Spectrals, The Vaccines, Crocodiles, Lower Dens, No Age, Perfume Genius, Manic Street Preachers e Jonny.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – YUCK, “Georgia”
In: Yuck, 2011.

02 – CLOUD NOTHINGS, “Didn’t You”
In: Cloud Nothings, 2011.

03 – SPECTRALS, “Chip a Tooth (Spoil a Smile)”
In: Spectrals Extened Play, 2010.

04 – THE VACCINES, “Post Break-Up Sex”
In: What Did You Expect from The Vaccines?, 2011.

05 – CROCODILES, “Girl in Black”
In: Sleep Forever, 2010.

06 – LOWER DENS, “Truss Me”
In: Twin-Hand Movement, 2010.

07 – NO AGE, “Cappo”
In: Nouns, 2008.

08 – PERFUME GENIUS, “Never Did”
In: Learning, 2010.

09 – MANIC STREET PREACHERS, “Small Black Flowers That Grow in the Sky”
In: Everything Must Go, 1996.

10 – JONNY, “Candyfloss”
In: Jonny, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

No final do ano passado, o Telekinesis (foto) gravou um EP com cinco faixas que funcionava como uma espécie de prévia de 12 Desperate Straight Lines, lançado no último dia quinze, trata-se do segundo album do projeto musical de Michael Benjamin Lerner. Segundo a gravadora Merge Records, “são doze músicas sobre mágoa, raiva e um pouco de esperança”. Para abrir nossa playlist de hoje, escolhemos “Palm of Your Hand”. Na sequencia tem Someone Still Loves You Boris Yeltsin, Throw Me The Statue, Harlem Shakes, Ra Ra Riot, The Love Language, Oh No! Oh My!, The Morning Benders, Free Energy e Smith Westerns.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TELEKINESIS, “Palm of Your Hand”
In: 12 Desperate Straight Lines, 2011.

02 – SOMEONE STILL LOVES YOU BORIS YELTSIN, “Bended”
In: Let It Sway, 2010.

03 – THROW ME THE STATUE, “Ancestors”
In: Creaturesque, 2009.

04 – HARLEM SHAKES, “Sunlight”
In: Techinocolor Health, 2009.

05 – RA RA RIOT, “Foolish”
In: The Orchard, 2010.

06 – THE LOVE LANGUAGE, “Providence”
In: The Love Language, 2009.

07 – OH NO! OH MY!, “I Have No Sister”
In: Oh No! Oh My!, 2005.

08 – THE MORNING BENDERS, “Heavy Hearts”
In: Talking Through Tin Cans, 2008.

09 – FREE ENERGY, “I’m Going Down”
In: Anxiety Block/I’m Going Down 7”, 2010.

10 – SMITH WESTERNS, “Imagine, pt. 3”
In: Dye It Blonde, 2011.



Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Fluorescence é o quinto album da banda nova-iorquina Asobi Seksu (foto) – que é uma gíria japonesa para sexo casual. O duo faz uma mistura de dream-pop e shoegaze ora acertada ora nem tanto, ajuda o fato de Yuki Chikudate ter uma das vozes mais agradáveis de se ouvir da indie music. Para concordar comigo ou não, ouça “Sighs” do novo album, faixa que abre o playlist de hoje. Na sequencia tem Secret Shine, The Fruhstucks, Fleeting Joy, Ride, The Daysleepers, World’s End Girlfriend, Chapterhouse, Radio Dept. e, para finalizar, tem “Birds”, a nova música da dupla norte-americana The Submarines.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ASOBI SEKSU, “Sighs”
In: Fluorescence, 2011.

02 – SECRET SHINE, “Hole in your heart”
In: The Beginning and the End, 2010.

03 – THE FRUHSTUCKS, “My Punk is Alive (Inside)”
In: Sorry, We Are The Fruhstucks, 2011.

04 – FLEETING JOYS, “While I’m Waiting”
In: Despondent Transponder, 2006.

05 – RIDE, “Senner”
In: Nowhere, 1990.

06 – THE DAYSLEEPERS, “The Secret Place”
In: Drowned in a Sea of Sound, 2008.

07 – WORLD’S END GIRLFRIEND, “I’m Flying”
In: Sky Short Story [EP], 2000.

08 – CHAPTERHOUSE, “If You Want Me”
In: Whirpool, 1991.

09 – THE RADIO DEPT., “Where Damage Isn’t Already Done”
In: Lesser Matters, 2003.

10 – THE SUBMARINES, “Birds”
In: Love Notes/Letter Bombs, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Lançado no último dia 15, Go-Go Boots é o nono album do Drive-By Truckers, um dos maiores representantes do chamado alt-country. Segundo consta, as faixas de Go-Go Boots seriam provenientes das gravações de The Big To-Do, lançado ano passado – em outras palavras, músicas que foram descartadas do album anterior? O que surpreende é que gostei mais deste album do que de Big To-Do. “Assholes”, por exemplo, que abre nosso playlist de hoje, é ótima. Na sequencia tem Paul Westerberg, Wilco, My Morning Jacket, Peter Wolf, Ted Leo and The Pharmacists, Silver Jews, Phosphorescent, Crooked Fingers e Jeff Tweedy com um cover de Bob Dylan da trilha do filme Não Estou Lá.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – DRIVE-BY TRUCKERS, “Assholes”
In: Go-Go Boots, 2011.

02 – PAUL WESTERBERG, “Born For Me”
In: Suicaine Gratifaction, 2008.

03 – WILCO, “Deeper Down”
In: Wilco (The Album), 2009.

04 – MY MORNING JACKET, “Sec Walkin’”
In: Evil Urges, 2009.

05 – PETER WOLF, “The Green Fields of Summer” (feat. Neko Case)
In: Midnight Souvenirs, 2010.

06 – TED LEO AND THE PHARMACISTS, “Me and Mia”
In: Shake the Sheets, 2004.

07 – SILVER JEWS, “The Silver Pageant”
In: Starlite Walker, 2004.

08 – PHOSPHORESCENT, “A Picture of Our Torn Up Praise”
In: Pride, 2007.

09 – CROOKED FINGERS, “Man who died of nothing at all”
In: Crooked Fingers, 2000.

10 – JEFF TWEEDY, “Simple Twist of Fate”
In: I’m Not There – Soundtrack, 2007.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Lançado em 1989, pela 4AD, Doolittle, do Pixies, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Foi o disco que ascendeu o Pixies ao mainstream. Embora independente, foi distribuido por uma grande gravadora, a Elektra, o que rendeu a banda um Disco de Ouro nos Estados Unidos (ao atingir um milhão de LPs vendidos), com isso “Here Comes Your Man”, “Monkey Gone to Heaven” e “Hey” atingiram facilmente o status de hits. A produção de Gil Norton substituiu o barulho do album anterior (Surfer Rosa, produzido por Steve Albini, do Big Black) por um som mais limpo e sofisticado, destacando assim as nuances entre os vocais tresloucados de Black Francis e a doçura de Kim Deal.

 
Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – PIXIES, “Debaser”
In: Doolittle, 1989.

02 – PIXIES, “Tame”
In: Doolittle, 1989.

03 – PIXIES, “Wave of Mutilation”
In: Doolittle, 1989.

04 – PIXIES, “I Bleed”
In: Doolittle, 1989.

05 – PIXIES, “Here Comes Your Man”
In: Doolittle, 1989.

06 – PIXIES, “Dead”
In: Doolittle, 1989.

07 – PIXIES, “Monkey Gone to Heaven”
In: Doolittle, 1989.

08 – PIXIES, “Mr. Grieves”
In: Doolittle, 1989.

09 – PIXIES, “Crackity Jones”
In: Doolittle, 1989.

10 – PIXIES, “La La Love You”
In: Doolittle, 1989.

11 – PIXIES, “No. 13 Baby”
In: Doolittle, 1989.

12 – PIXIES, “There Goes My Gun”
In: Doolittle, 1989.

13 – PIXIES, “Hey”
In: Doolittle, 1989.

14 – PIXIES, “Silver”
In: Doolittle, 1989.

15 – PIXIES, “Gouge Away”
In: Doolittle, 1989.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Jair Naves (foto) acaba de lançar o clip de “Silenciosa”, uma das faixas do EP Araguari, que você pode assistir aqui na Radio Indie, depois de conferir nossa seleção musical de hoje. Fica agora a expectativa pelo primeiro LP do músico, já que com “Silenciosa” esgotamos todo o EP – cabe lembrar que no final do ano passado a Radio Indie escolheu “Araguari I (Meus Amores Inconfessos)” dele, a melhor música de 2010. O playlist de hoje ainda traz Phonopop, Umnavio, Superphones, Beto Só, Banzé, Charles Cabral, Mopho, Sestine, Watson e, para finalizar, mais uma banda que à exemplo do Terminal Guadalupe semana passada, anunciou seu fim, trata-se da paulistana Pullovers, uma de nossas preferidas.

Seleção Musical de Ricardo Pereira

01 – JAIR NAVES, “Silenciosa”
In: Araguari EP, 2010.

02 – PHONOPOP, “Polaróides”
In: Single, 2010.

03 – UMNAVIO, “A Manhã”
In: Sete coisas que a gente guarda no bolso, 2009.

04 – SUPERPHONES, “9th Floor”
In: EP Special Play, 2000.

05 – BETO SÓ, “Residual”
In: O Tempo Contra Nós, 2006.

06 – BANZÉ, “Doce Ilusão”
In: De Pernas Pro Ar, 2008.

07 – CHARLES CABRAL, “Mesmo Assim”
In: Can.ções.sobre.viver, 2010.

08 – MOPHO, “Um dia lindo de sol”
In: Sine Diabolo Nullus Deus, 2004.

09 – SESTINE, “As Mentiras Certas”
In: Jana (compacto Senhor F), 2007.

10 – WATSON, “Tarifas e Medos”
In: Asa Belhas, 2009.

11 – PULLOVERS, “Quem me dera houvesse trem”
In: Tudo que eu sempre sonhei, 2009.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Silenciosa” de Jair Naves:

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Shapeshifting é o terceiro album da banda canadense Young Galaxy (foto) que segundo os próprios recebe a influência de bandas como New Order, The Knife e Eurythmics. Boa mistura. Confira o dream-pop do Young Galaxy em “Peripheral Visionaries” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Still Life Still, Tennis, Memphis, Kevin Drew, The Zolas, Lotus Plaza, LoveLikeFire, Dream Cop e Young The Giant.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – YOUNG GALAXY, “Peripheral Visionaries”
In: Shapeshifting, 2011.

02 – STILL LIFE STILL, “Kid”
In: Girls Come Too, 2009.

03 – TENNIS, “Take Me Somewhere”
In: Cape Dory, 2011.

04 – MEMPHIS, “My Favourite Game”
In: A Good Day Sailing, 2002.

05 – KEVIN DREW, “Broke Me Up”
In: Spirit If…, 2007.

06 – THE ZOLAS, “You’re Too Cool”
In: Tic Toc Tic, 2010.

07 – LOTUS PLAZA, “Sunday Night”
In: The Floodlight Collective, 2009.

08 – LOVELIKEFIRE, “From a Tower”
In: Tear Ourselves Away, 2009.

09 – DREAM COP, “Marooned”
In: Marooned (Single), 2011.

10 – YOUNG THE GIANT, “Apartment”
In: Young The Giant, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Quem também está de música nova é a dupla americana The Dodos (foto). “Black Night” é o primeiro single de No Color, previsto para meados de março. Meric Long (guitarra) e Logan Kroeber (percussão) já lançaram três discos, destaque para Visiter, um dos mais tocados aqui na Radio Indie. É com “Black Night” que abrimos o playlist de hoje, na sequencia tem Meric Long em carreira-solo, Department of Eagles, Dr. Dog, Tired Pony, High Highs, These Animals, Blind Pilot, Throw Me The Statue e Sufjan Stevens.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE DODOS, “Black Night”
In: No Color, 2011.

02 – MERIC LONG, “Fiends”
In: Dodo Bird, 2005.

03 – DEPARTMENT OF EAGLES, “Flip”
In: Archive 2003-2006, 2010.

04 – Dr. DOG, “Oh Man”
In: Shame Shame, 2010.

05 – TIRED PONY, “Point Me At Lost Islands”
In: The Place We Ran From, 2010.

06 – HIGH HIGHS, “Flowers Bloom”
In: Flowers Bloom (Single), 2011.

07 – THESE ANIMALS, “Four To The Floor”
In: These Animals, 2010.

08 – BLIND PILOT, “One Red Thread”
In: 3 Rounds and a Sound, 2008.

09 – THROW ME THE STATUE, “Lolita”
In: Moonbeams, 2007.

10 – SUFJAN STEVENS, “Romulus”
In: Michigan, 2003.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Quem está de música nova é o ótimo The Pains of Being Pure At Heart (foto). “Belong” é o single que antecipa o próximo album do grupo, previsto para ser lançado no dia 29 de março. Produzido por Flood, que já trabalhou com Smashing Pumpkins e My Bloody Valentine, ficamos todos na expectativa de outro bom trabalho, a exemplo de seu album de estréia. É justamente com “Belong” que abrimos nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Girls, Radio Dept., Rocketship, Smith Westerns, The Drums, Camera Obscura, Surfer Blood, My Bloody Valentine e La Sera.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE PAINS OF BEING PURE AT HEART, “Belong”
In: Belong, 2011.

02 – GIRLS, “Broken Dreams Club”
In: Broken Dreams Club EP, 2010.

03 – THE RADIO DEPT., “On Your Side”
In: Never Follow Suit EP, 2010.

04 – ROCKETSHIP, “Your New Boyfriend”
In: Why Popstars Can’t Dance, 1994.

05 – SMITH WESTERNS, “Fallen In Love”
In: Dye It Blonde, 2011.

06 – THE DRUMS, “Me and The Moon”
In: The Drums, 2010.

07 – CAMERA OBSCURA, “Books Written For Girls”
In: Underachievers Please Try Harder, 2003.

08 – SURFER BLOOD, “I’m Not Ready”
In: I’m Not Ready EP, 2010.

09 – MY BLOODY VALENTINE, “(You’re) Safe In Your Sleep (From the Girl)”
In: Ecstasy and Wine, 1989.

10 – LA SERA, “Devils Hearts Grow Gold”
In: Devils Hearts Grow Gold 7”, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Semana passada foi aquele tumulto em torno da nova música dos Strokes (foto), mas “Under Cover of Darkness” acabou agradando os fãs do grupo e aumentando a expectativa em torno de Angles, quarto LP da banda, previsto para 21 de março. Se você ainda não conferiu, conheça ela aqui abrindo nosso playlist de hoje. Na sequencia tem MGMT, Franz Ferdinand acompanhando a atriz francesa Marion Cotillard (que viveu Edith Piaf nos cinemas, provando que também sabe cantar), Dirty Pretty Things, The Vines, Interpol, Kings of Leon, Yeah Yeah Yeahs, Tokyo Police Club e The White Stripes.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE STROKES, “Under Cover of Darkness”
In: Angles, 2011.

02 – MGMT, “Congratulations”
In: Congratulations, 2010.

03 – FRANZ FERDINAND, “The Eyes of Mars” (feat. Marion Cotillard)
In: New Lady Dior Campaign: Lady Rouge, 2010.

04 – DIRTY PRETTY THINGS, “Plastic Hearts”
In: Romance at Short Notice, 2008.

05 – THE VINES, “Winning Days”
In: Winning Days, 2004.

06 – INTERPOL, “Summer Well”
In: Interpol, 2010.

07 – KINGS OF LEON, “Camaro”
In: Because of The Times, 2007.

08 – YEAH YEAH YEAHS, “Cheated Hearts”
In: Show Your Bones, 2006.

09 – TOKYO POLICE CLUB, “Tessellate”
In: Elephant Shell, 2008.

10 – THE WHITE STRIPES, “One More Cup of Coffee” (Bob Dylan Cover)
In: The White Stripes, 1999.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O lançamento de Zonoscope vem acompanhado de uma boa notícia para os fãs brasileiros do Cut Copy (foto): o grupo tocará por aqui em Junho. Quanto ao novo album tem tudo para repetir o sucesso de In Ghost Colours nas pistas de dança. Para abrir nosso playlist de hoje escolhemos “Hanging Onto Every Heartbeat”. Na sequencia tem LCD Soundsystem, que daqui quatro dias toca em São Paulo. E ainda Wild Nothing, Millionyoung, Memory Tapes, Washed Out, Delorean, Phoenix, Digitalism e a nova do Toro Y Moi, “Still Sound”.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – CUT COPY, “Hanging Onto Every Heartbeat”
In: Zonoscope, 2011.

02 – LCD SOUNDSYSTEM, “Pow Pow”
In: This Is Happening, 2010.

03 – WILD NOTHING, “Bored Games”
In: Gemini, 2010.

04 – MILLIONYOUNG, “Calrissian”
In: Atmospheric Beast, 2010.

05 – MEMORY TAPES, “Treeship”
In: Treeship EP, 2009.

06 – WASHED OUT, “New Theory”
In: Life of Leisure EP, 2009.

07 – DELOREAN, “Deli”
In: Ayrton Senna EP, 2009.

08 – PHOENIX, “Fences”
In: Wolfgang Amadeus Phoenix, 2009.

09 – DIGITALISM, “Idealistic”
In: Idealism, 2007.

10 – TORO Y MOI, “Still Sound”
In: Underneath the Pine, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Pow Pow” do LCD Soundsystem:

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Lançado em 1986, pela Rough Trade, The Queen Is Dead, dos Smiths, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Desentendimentos entre a banda e a gravadora Rough Trade fizeram com que este que é considerado o melhor album da curta carreira dos Smiths tivesse seu lançamento adiado em oito meses. Entre Johnny Marr e Morrissey as coisas também não andavam nada bem, juntos gravariam somente mais um album, ainda assim The Queen Is Dead reune algumas das melhores composições da dupla como “Bigmouth Strikes Again”, “The Boy With The Thorn in his Side” e, claro, “There Is A Light That Never Goes Out”.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE SMITHS, “The Queen Is Dead”
In: The Queen Is Dead, 1986.

02 – THE SMITHS, “Frankly, Mr. Shankly”
In: The Queen Is Dead, 1986.

03 – THE SMITHS, “I Know It’s Over”
In: The Queen Is Dead, 1986.

04 – THE SMITHS, “Never Had No One Ever”
In: The Queen Is Dead, 1986.

05 – THE SMITHS, “Cemetry Gates”
In: The Queen Is Dead, 1986.

06 – THE SMITHS, “Bigmouth Strikes Again”
In: The Queen Is Dead, 1986.

07 – THE SMITHS, “The Boy With the Thorn in his Side”
In: The Queen Is Dead, 1986.

08 – THE SMITHS, “Vicar in a Tutu”
In: The Queen Is Dead, 1986.

09 – THE SMITHS, “There Is a Light That Never Goes Out”
In: The Queen Is Dead, 1986.

10 – THE SMITHS, “Some Girls Are Bigger Than Others”
In: The Queen Is Dead, 1986.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Noia é o terceiro EP da paulistana Jennifer Lo-Fi (foto). Produzido por Chuck Hipolitho, traz quatro faixas, dentre elas, “Troffea”, que abre nosso playlist de hoje. Para baixar o EP do grupo, basta acessar o site do selo Vigilante. O EP, claro, é de graça, mas para baixá-lo você só precisará divulgá-lo em seu twitter ou facebook, depois disso é só fazer o download. Eis o link: http://www.semprevigilante.com.br/home/jennifer-lo-fi-noia/ Uma boa idéia que poderia ser seguida por mais bandas. Não custa nada compartilhar o que é bom, ainda mais Jennifer Lo-Fi. No playlist de hoje ainda tem Rosie and Me, Juliana R., Single Parents, Suíte Super Luxo, Colombia Coffee, Telecines, Suéteres, Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta, Santa Maria da Feira e, para finalizar, o som do Terminal Guadalupe, banda curitibana que está se despedindo dos palcos neste mês de fevereiro, basta ouvir “O Segundo Passo” para descobrir que deixarão saudade.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – JENNIFER LO-FI, “Troffea”
In: Noia, 2011.

02 – ROSIE AND ME, “Come Back”
In: Bird and Whale EP, 2010.

03 – JULIANA R., “Viagem”
In: Juliana R., 2010.

04 – SINGLE PARENTS, “Last Conversation”
In: Could You Explain? [EP], 2010.

05 – SUÍTE SUPER LUXO, “Foi Tudo Culpa do Amor”
In: Vou Tirar Você Desse Lugar: Tributo a Odair José, 2006.

06 – COLOMBIA COFFEE, “As Coisas Que Ela Diz”
In: Coisas que Não São [EP], 2010.

07 – TELECINES, “Quando a corda estourar”
In: EP 2010.

08 – SUÉTERES, “Fábula”
In: Rua Caetés, 2009.

09 – RONEI JORGE E OS LADRÕES DE BICICLETA, “Noite”
In: Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta, 2005.

10 – SANTA MARIA DA FEIRA, “Leve o Vento”
In: Santa Maria da Feira, 2010.

11 – TERMINAL GUADALUPE, “O Segundo Passo”
In: A Marcha dos Invisíveis, 2007.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Compositora, cantora e multi-instrumentista, a norte-americana Lia Ices (foto) acaba de lançar seu segundo album, Grown Unknown. Assim como em sua estréia, em 2008, com Necima, Lia apresenta aqui, mais uma vez, seu delicioso folk experimental como, por exemplo, em “After is Always Before” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Lord Huron, Dominant Legs, Pepper Rabbit, Tristen, The Wailing Wall, Perfume Genius, Pepper Rabbit, Diego Garcia e Evan Voytas.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LIA ICES, “After is Always Before”
In: Grown Unknown, 2011.

02 – LORD HURON, “When Will I See You Again”
In: Mighty EP, 2010.

03 – DOMINANT LEGS, “Clawing Out At The Walls”
In: Young at Love and Life EP, 2010.

04 – PEGGY SUE, “Long Division Blues”
In: Fossils and Other Phantoms, 2010.

05 – TRISTEN, “Matchstick Murder”
In: Tour EP, 2009;

06 – THE WAILING WALL, “Floral Park”
In: Hospital Blossoms/Floral Park, 2008.

07 – PERFUME GENIUS, “Your Drum”
In: Learning, 2010.

08 – PEPPER RABBIT, “Send in the Horns”
In: Beauregard, 2010.

09 – DIEGO GARCIA, “You were never there”
In: You Were Never There [Single], 2010.

10 – EVAN VOYTAS, “Getting Higher”
In: The New Dynamic Sound of Evan Voytas, 2009.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mais uma novidade na Radio Indie: o Celebration (foto), trio que reune ex-membros do Lushlife e do Birdland. O disco faz parte de um projeto chamado Electric Tarot, em que cada canção representa uma carta no baralho de Tarô. Todas as canções foram sendo disponibilizadas digitalmente até o lançamento do album dia 3 de fevereiro, dentre elas, “Battles”, que abre o nosso playlist de hoje. Na sequencia tem White Magic, Quiet Lights, My Friend Wallis, Selebrities, Lower Dens, Papercut, Long Walks on the Beach, The Veils e Secret Cities.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – CELEBRATION, “Battles”
In: Hello Paradise, 2011.

02 – WHITE MAGIC, “Don’t Need”
In: Through the Sun Door, 2004.

03 – QUIET LIGHTS, “Quiet Truth, Weapon Throw”
In: Quiet Lights, 2010.

04 – MY FRIEND WALLIS, “Hiding”
In: When the Blue turned Yellow, 2010.

05 – SELEBRITIES, “The Moonlight”
In: Ladies Man Effect EP, 2010.

06 – LOWER DENS, “Blue & Silver”
In: Twin-Hand Movement, 2010.

07 – PAPERCUT, “Black Dog”
In: Papercut, 2010.

08 – LONG WALKS ON THE BEACH, “metaPhysical”
In: metaPhysical [Digital Single], 2010.

09 – THE VEILS, “Bloom”
In: Troubles of the Brain, 2011.

10 – SECRET CITIES, “On Holiday”
In: On Holiday/You Don’t Know 7”, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Formado por Andrew Savage e Jason Kelly, o duo Fergus & Geronimo é de Denton no Texas. Eles acabam de lançar seu primeiro album, Unlearn. Nele, influências do soul, do pop psicodélico, do rock de garagem e do proto-punk. Para abrir nossa playlist de hoje, escolhemos dele “Baby Don’t You Cry”. Na sequencia tem Spectrals, Spokes, The 1900s, Smith Westerns, The Art Museums, Ty Segall, Yuck, Eternal Summers e Air Waves.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – FERGUS & GERONIMO, “Baby Don’t You Cry”
In: Unlearn, 2011.

02 – SPECTRALS, “Dip Your Toe In”
In: A Spectrals Extended Play, 2010.

03 – SPOKES, “345”
In: Everyone I Ever Met, 2010.

04 – THE 1900s, “Babies”
In: Return of the Century, 2010.

05 – SMITH WESTERNS, “Tonight”
In: The Smith Westerns, 2009.

06 – THE ART MUSEUMS, “Rough Frame”
In: Rough Frame, 2010.

07 – TY SEGALL, “Bees”
In: Melted, 2010.

08 – YUCK, “The Wall”
In: Yuck, 2010.

09 – ETERNAL SUMMERS, “Bully in Disguise”
In: Silver, 2010.

10 – AIR WAVES, “Faces”
In: Air Waves, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Lives and Treasure é o primeiro LP do duo nova-iorquino Acrylics (foto). Molly Shea e Jason Klauber evocam em suas músicas o pop suave e a new wave dos anos 1970 e 1980. Destaque para “Nightwatch” que abre nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Dale Earnhardt Jr. Jr., Family Portrait, Porcelain Raft, My Gold Mask, Velvet Davenport, The Silent League, Distractions, Veronica Falls e Las Robertas.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ACRYLICS, “Nightwatch”
In: Lives and Treasure, 2011.

02 – DALE EARNHARDT Jr. Jr., “Nothing But Our Love”
In: Horse Power EP, 2010.

03 – FAMILY PORTRAIT, “Glide Part Two (Demo)”
In: Glide 7”, 2010.

04 – PORCELAIN RAFT, “Stained Glass”
In: Collection of Porcelain, 2010.

05 – MY GOLD MASK, “Violet Eyes”
In: A Thousand Voices EP, 2010.

06 – VELVET DAVENPORT, “Run”
In: Get Out/Run 7”, 2010.

07 – THE SILENT LEAGUE, “Dayplanner”
In: But You’ve Always Been the Caretaker, 2010.

08 – DISTRACTIONS, “All Night”
In: Dark Green Sea, 2011.

09 – VERONICA FALLS, “Starry Eyes”
In: Found Love in a Graveyard, 2010.

10 – LAS ROBERTAS, “Ballroom”
In: Cry Out Loud, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Tendo como único integrante o cantor e compositor norte-americano Samuel Bean, o Iron & Wine chega ao seu quarto album que traz uma considerável mudança em relação aos anteriores, todos lançados pela Sub Pop. Kiss Each Other Clean é o primeiro trabalho do Iron & Wine por uma grande gravadora, a Warner. Como eu comento ali na descrição do blog, muitos artistas trocam os selos independentes pelas grandes gravadoras, alguns com prejuízo no seu som, mas a maior parte deles têm feito essa transição sem perder totalmente a identidade, é o caso de Samuel Bean. Kiss Each Other Clean não deve em nada a The Shepherd’s Dog, por exemplo, ouso dizer até que lhe é superior. Para abrir nossa playlist de hoje, tem “Glad Man Singing” do novo album. Na sequencia tem Horse Feathers, The Tallest Man on Earth, The Decemberists, Fleet Foxes, Blind Pilot, Jose Gonzalez, Beck, Monsters of Folk e The Weepies.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.


01 – IRON & WINE, “Glad Man Singing”
In: Kiss Each Other Clean, 2011.

02 – HORSE FEATHERS, “This Bed”
In: Thistled Spring, 2010.

03 – THE TALLEST MAN ON EARTH, “The Wild Hunt”
In: The Wild Hunt, 2010.

04 – THE DECEMBERISTS, “Rox in the Box”
In: King is Dead, 2011.

05 – FLEET FOXES, “Your Protector”
In: Fleet Foxes, 2008.

06 – BLIND PILOT, “Two Towns From Me”
In: 3 Rounds and a Sound, 2008.

07 – JOSE GONZALEZ, “Love Will Tear Us Apart”
In: Remain EP, 2003.

08 – BECK, “Parasite”
In: Nick Drake Covers, 2005.

09 – MONSTERS OF FOLK, “Ahead of the Curve”
In: Monsters of Folk, 2009.

10 – THE WEEPIES, “Riga Girls”
In: Say I Am You, 2005.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Lançado em 1980, pela Factory, Closer, do Joy Division, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. A capa que lembra um velório é uma triste coincidência, uma vez que Closer foi o último trabalho de Ian Curtis antes de seu suicídio em 18 de maio de 1980. É praticamente impossível dissociar a atmosfera do album deste trágico desfecho, sobretudo quando paramos para prestar atenção nas letras líricas e melancólicas de Ian Curtis.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – JOY DIVISION, “Atrocity Exhibition”
In: Closer, 1980.

02 – JOY DIVISION, “Isolation”
In: Closer, 1980.

03 – JOY DIVISION, “Passover”
In: Closer, 1980.

04 – JOY DIVISION, “Colony”
In: Closer, 1980.

05 – JOY DIVISION, “A Means to an End”
In: Closer, 1980.

06 – JOY DIVISION, “Heart and Soul”
In: Closer, 1980.

07 – JOY DIVISION, “Twenty Four Hours”
In: Closer, 1980.

08 – JOY DIVISION, “The Eternal”
In: Closer, 1980.

09 – JOY DIVISION, “Decades”
In: Closer, 1980.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Em outubro do ano passado comentava aqui na Radio Indie que existiam poucos albuns tão aguardados quanto o primeiro do Maglore (foto). A espera finalmente terminou, Veroz chegou. O album traz treze faixas, dentre elas, algumas conhecidas, lançadas no EP Cores do Vento, de 2009. Para baixar o disco, basta acessar http://www.maglore.com.br/. “É um disco para ouvir sem preconceitos, sem rótulos e de peito aberto, sobretudo porque foi feito com sinceridade”, diz o texto no site oficial da banda. Abrindo nosso playlist de hoje está “Demodê”, uma das faixas de Veroz. Na sequencia tem Profiterolis, Rádio de Outono, Karina Buhr, Nuvens, Cerveja Café, Os Barcos, Volver, Gigante Animal, Eu Serei a Hiena, Constantina e Hurtmold.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MAGLORE, “Demodê”
In: Veroz, 2011.

02 – PROFITEROLIS, “Doce e Salgado”
In: Troco (EP), 2006.

03 – RÁDIO DE OUTONO, “Espelhos Quebrados”
In: Tributo ao Ronnie Von, 2007.

04 – KARINA BUHR, “Nassira e Najaf”
In: Eu Menti Pra Você, 2010.

05 – NUVENS, “Tom Zen”
In: Nuvens, 2008.

06 – CERVEJA CAFÉ, “Qualquer Tristeza”
In: Cerveja Café EP, 2007.

07 – OS BARCOS, “Adjacências”
In: Os Barcos, 2010.

08 – VOLVER, “Acima da Chuva”
In: Acima da Chuva, 2008.

09 – GIGANTE ANIMAL, “As Mesmas”
In: Xaêra, 2009.

10 – EU SEREI A HIENA, “Na expectativa”
In: Hominis Canidae, 2009.

11 – CONSTANTINA, “Bagagem Extra”
In: Haveno, 2011.

12 – HURTMOLD, “Credenciais”
In: Cozido, 2002.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Demodê”, do Maglore:

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Mine is Yours é o mais novo lançamento dos californianos do Cold War Kids (foto). Depois do impacto que foi a estréia do grupo com o excelente Robbers & Cowards, veio a decepção de Loyalty to Loyalty, mas isso para quem esperava uma repetição dos hits do primeiro como “Hang Me Up To Dry”. No fundo, tratava-se de um disco ousado que ainda espera ser compreendido. Este terceiro lançamento precedido pelo EP Be Yourself, de 2009, tem tudo para resgatar os fãs do primeiro album perdidos com o segundo e, claro, ainda têm ousadia suficiente para não frustrar os seguidores mais novos do Cold War Kids. Para abrir nossa playlist de hoje escolhemos “Bulldozer”, belíssima música. Na sequencia tem The Black Keys, Tokyo Police Club, Spoon, Dr. Dog, Edward Sharpe & The Magnetic Zeros, The Walkmen, The National , Arcade Fire e Ted Leo and The Pharmacists.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – COLD WAR KIDS, “Bulldozer”
In: Mine is Yours, 2011.

02 – THE BLACK KEYS, “Tighten Up”
In: Brothers, 2010.

03 – TOKYO POLICE CLUB, “Favorite Food”
In: Champ, 2010.

04 – SPOON, “I Saw The Light”
In: Transference, 2010.

05 – Dr. DOG, “Army of Ancients”
In: Fate, 2008.

06 – EDWARD SHARPE & THE MAGNETIC ZEROS, “Memory of a Free Festival”
In: We Were So Turned On: A Tribute to David Bowie, 2010.

07 – THE WALKMEN, “Brandy Alexander”
In: A Hundred Miles Off, 2006.

08 – THE NATIONAL, “The Perfect Song”
In: The National, 2001.

09 – ARCADE FIRE, “Black Mirror”
In: Neon Bible, 2007.

10 – TED LEO & THE PHARMACISTS, “Counting Down the Hours”
In: Shake The Sheets, 2004.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Tighten Up”, do Black Keys:

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

By The Hedge lançado no final do ano passado marca a estréia do duo nova-iorquino Minks (foto). O site Stereogum colocou a dupla entre suas promessas para 2011, mais um motivo para conhecer o trabalho deles recheado de referências aos anos 1980, como, por exemplo, em “Funeral Song”, que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Las Robertas, Weed Diamond, Headlights, Tennis, Dirty Beaches, Spectrals, Stars, The Magic Numbers e Sarah Blasko.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MINKS, “Funeral Song”
In: By The Hedge, 2011.

02 – LAS ROBERTAS, “Damn’ 92”
In: Cry Out Loud, 2010.

03 – WEED DIAMOND, “Get a Job”
In: Carry On + Sweater Kids, 2010.

04 – HEADLIGHTS, “January”
In: Some Racing, Some Stopping, 2008.

05 – TENNIS, “Long Boat Pass”
In: Cape Dory, 2011.

06 – DIRTY BEACHES, “True Blue”
In: True Blue b/w Sweet 17, 2010.

07 – SPECTRALS, “Leave Me Be”
In: Suit Yourself 7”, 2009.

08 – STARS, “Theme From the Stars”
In: A Lot of Little Lies for the Sake of One Big Truth EP, 2001.


09 – THE MAGIC NUMBERS, “Long Legs”
In: The Magic Numbers, 2005.

10 – SARAH BLASKO, “The Albatross”
In: What The Sea Wans The Sea Will Have, 2006.

Confira abaixo o clip de “Funeral Song”, do Minks:

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

O Gang of Four (foto) não lançava um album há 16 anos, por isso Content merece ser comemorado, afinal trata-se de uma das bandas mais importantes do post-punk, responsável por discos fundamentais como Entertainment! e Songs of the Free. Segundo o guitarrista Andy Gill, “as faixas são simples. Voz, guitarra, baixo e bateria. É um disco forte e alto”. Nada melhor que “You’ll Never Pat For The Farm” para ilustrar isso. Na sequencia tem Josef K, The Fall, Public Image Ltd., Orange Juice, Wipers, Fugazi, Liquid Liquid, Colin Newman e, para finalizar, The Feelies com uma versão para “She Said, She Said” dos Beatles.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – GANG OF FOUR, “You’ll Never Pay For The Farm”
In: Content, 2011.

02 – JOSEF K, “Sorry For Laughing”(1981)
In: Rough Trade Shops Indiepop, Vol. 01, 2004.

03 – THE FALL, “Y.F.O.C./Slippy Floor”
In: Your Future Our Clutter, 2010.

04 – PUBLIC IMAGE LTD., “(This Is Not) A Love Song”
In: This is What You Want... This Is What You Get, 1984.

05 – ORANGE JUICE, “Somedays”
In: Tides Keep Changing, 2010.

06 – WIPERS, “The Lonely One”
In: Over The Edge, 1983.

07 – FUGAZI, “Bad Mouth”
In: 13 Songs, 1989.

08 – LIQUID LIQUID, “Cavern”
In: Optimo 12 EP, 1983.

09 – COLIN NEWMAN, “Alone”
In: The Silence of the Lambs, 1991.

10 – THE FEELIES, “She Said, She Said”
In: The Good Earth, 1986.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Acaba de sair o novo album de Robert Pollard (foto), do Guided By Voices, uma das melhores bandas de indie rock de todos os tempos – se duvida, vai ouvir Bee Thousand e Alien Lanes deles. E Pollard é o cara por detrás destas duas maravilhas. Space City Kicks segue o mesmo estilo, músicas curtas, muitas sequer ultrapassando os dois minutos, mas que ecoam na sua cabeça. Para abrir nosso playlist, a ótima “Getting Going”. Na sequencia tem Superchunk, Teenage Fanclub, Ariel Pink’s Haunted Graffiti, Grinderman, Isobel Campbell & Mark Lanegan, The National, Best Coast, Warpaint e Deerhunter.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ROBERT POLLARD, “Getting Going”
In: Space City Kicks, 2011.

02 – SUPERCHUNK, “Everything at Once”
In: Majesty Shredding, 2010.

03 – TEENAGE FANCLUB, “The Back of My Mind”
In: Shadows, 2010.

04 – ARIEL PINK’S HAUNTED GRAFFITI, “L’Estat”
In: Before Today, 2010.

05 – GRINDERMAN, “Fire Boy”
In: Grinderman 2, 2010.

06 – ISOBEL CAMPBELL & MARK LANEGAN, “Come Undone”
In: Hawk, 2010.

07 – THE NATIONAL, “You Were a Kindness”
In: High Violet: Expanded Edition, 2010.

08 – BEST COAST, “Bratty B”
In: Crazy For You, 2010.

09 – WARPAINT, “Undertown”
In: The Fool, 2010.

10 – DEERHUNTER, “Basement Scene”
In: Halcyon Digest, 2010.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771