sábado, 30 de abril de 2011

Vem de Brasília o eletro-rock do Club Silêncio (foto), quarteto que já tem sete anos de bons serviços prestados à música, e que acaba de lançar mais um album, Amor e Terror – que você pode baixar no site do grupo (http://www.clubsilencio.com.br/). Dele escolhemos “Valis” para abrir nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Julia Says, The River Raid, Enema Noise, Dorgas, FireFriend, Wry, Yokofive, Loomer e The Dead Lover’s Twisted Heart.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – CLUB SILÊNCIO, “Valis”
In: Amor e Terror, 2011.

02 – JULIA SAYS, “Salto Alto”
In: Menos é Mais [EP], 2009.

03 – THE RIVER RAID, “Não Caio Mais No Que Você Diz”
In: The River Raid, 2010.

04 – ENEMA NOISE, “Vice”
In: Vice/Barbwire [Single], 2010.

05 – DORGAS, “Salisme”
In: Verdeja Music [EP], 2010.

06 – FIREFRIEND, “O Que Nós Fizemos”
In: FireFriend, 2006.

07 – WRY, “Jesus Beggar”
In: Heart-Experience, 2001.

08 – YOKOFIVE, “Neon”
In: Creation Steppers in the Noise Fever [EP], 2009.

09 – LOOMER, “All Gone”
In: Coward Soul [EP], 2010.

10 – THE DEAD LOVER’S TWISTED HEART, “All Night Long”
In: What Is It For?, 2006.


Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sexta-feira, 29 de abril de 2011

O Maritime (foto) é formado por ex-integrantes das bandas The Dismemberment Plan e The Promise Ring – que fizeram um relativo sucesso nos anos 1990. Formado em 2003, o trio acaba de lançar seu quarto album, Human Hearts, do qual destacamos “Paraphernalia”, faixa que também ganhou um clip. Na playlist de hoje ainda tem Knapsack, Matt Pond PA, Jets to Brazil, The Dismemberment Plan, Headlights, Someone Still Loves You Boris Yeltsin, Telekinesis, Chris Walla e Rogue Wave.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MARITIME, “Paraphernalia”
In: Human Hearts, 2011.

02 – KNAPSACK, “Cold Enough to Break”
In: This Conversation is Ending Starting Right Now, 1998.

03 – MATT POND PA, “First Song”
In: The Dark Leaves, 2010.

04 – JETS TO BRAZIL, “Perfecting Loneliness”
In: Perfecting Loneliness, 2002.

05 – THE DISMEMBERMENT PLAN, “The City”
In: Emergency & I, 1999.

06 – HEADLIGHTS, “Your Old Street”
In: Kill Them with Kindness, 2006.

07 – SOMEONE STILL LOVES YOU BORIS YELTSIN, “What’II We Do”
In: Broom, 2005.

08 – TELEKINESIS, “Please Ask for Help”
In: 12 Desperate Straight Lines, 2011.

09 – CHRIS WALLA, “It’s Unsustainable”
In: Field Manual, 2008.

10 – ROGUE WAVE, “Endgame”
In: Out of the Shadow, 2004.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Paraphernalia” do Maritime:

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Smart Flesh é o terceiro album do quarteto americano de Providence, The Low Anthem (foto). O reconhecimento veio com o album anterior Oh My God, Charlie Darwin que atraiu crítica e público. Este não é muito diferente daquele, é até mais tranquilo e delicado, vale a pena conhecer. Para abrir nosso playlist de hoje, escolhemos “Burn”. Na sequencia tem The Leisure Society, a nova do My Morning Jacket, John Grant, Josh Ritter, Villagers, Fleet Foxes, Angel Olsen, Horse Feathers e Broken Records.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE LOW ANTHEM, “Burn”
In: Smart Flesh, 2011.

02 – THE LEISURE SOCIETY, “The Last of the Melting Snow”
In: The Sleeper, 2009.

03 – MY MORNING JACKET, “Circuital”
In: Circuital, 2011.

04 – JOHN GRANT, “It’s Easier”
In: Queen of Denmark, 2010.

05 – JOSH RITTER, “Good Man”
In: The Animal Years (acoustic), 2011.

06 – VILLAGERS, “Home”
In: Becoming a Jackal, 2010.

07 – FLEET FOXES, “Grown Ocean”
In: Helplessness Blues, 2011.

08 – ANGEL OLSEN, “Creator, Destroyer”
In: Strange Cactii, 2010.

09 – HORSE FEATHERS, “Finch on Saturday”
In: Words Are Dead, 2006.

10 – BROKEN RECORDS, “Dia dos Namorados!”
In: Let Me Come Home, 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Grown Ocean” do Fleet Foxes:

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Com Reptilians, seu terceiro album, o Starfucker (foto) mostra porque é considerada uma das melhores bandas de electropop da atualidade. Eles podem ainda não ter a fama de um MGMT, de um Klaxon, mas isso é questão de tempo. Confira “Born” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Teen Daze, Sexton Blake, Flaming Lips e Neon Indian juntos, Matt & Kim, Blackbird Blackbird, Acrylics, Cut Copy, Star Slinger e, para finalizar, o ‘animal collective’ Josh ‘Deakin’ Dibb com “Country Report”.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – STARFUCKER, “Born”
In: Reptilians, 2011.

02 – TEEN DAZE, “Beach Dreams”
In: Beach Dreams, 2010.

03 – SEXTON BLAKE, “The Logical Song”
In: Sexton Blake Plays The Hits!, 2007.

04 – THE FLAMING LIPS/NEON INDIAN, “Is David Bowie Dying?”
In: The Flaming Lips with Neon Indian, 2011.

05 – MATT & KIM, “Where You’re Coming From”
In: Sidewalks, 2010.

06 – BLACKBIRD BLACKBIRD, “Fly” (feat. Steffaloo)
In: Halo LP, 2011.

07 – ACRYLICS, “Counting Sheep”
In: Lives and Treasure, 2011.

08 – CUT COPY, “Nobody Lost, Nobody Found”
In: In Ghost Colours, 2008.

09 – STAR SLINGER, “Elizabeth Fraser (Cocteau Twins Rework)”
In: Single, 2010.

10 – DEAKIN, “Country Report”
In: Keep, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 26 de abril de 2011

Que Bill Callahan (foto) é um dos melhores letristas da atualidade sabíamos desde o tempo em que assinava seus discos como Smog, o recém-lançado Apocalypse traz mais sete composições suas que apenas confirmam o que estamos dizendo. Mais do que isso, é o melhor trabalho de sua carreira. Ouça “Riding For The Feeling” abrindo nosso playlist de hoje – estupenda. Na sequencia tem Palace Music, Destroyer, Cass McCombs, Lower Dens, Low, Kurt Vile, J Mascis, Sin Fang e Little Wings.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BILL CALLAHAN, “Riding for the feeling”
In: Apocalypse, 2011.

02 – PALACE MUSIC, “Work Hard/Play Hard”
In: Viva Last Blues, 1995.

03 – DESTROYER, “Poor in Love”
In: Kaputt, 2011.

04 – CASS McCOMBS, “The Lonely Doll”
In: Wit’s End, 2011.

05 – LOWER DENS, “A Dog’s Dick”
In: Twin-Hand Movement, 2010.

06 – LOW, “Try To Sleep”
In: C’Mon, 2011.

07 – KURT VILE, “He’s Alright”
In: Childish Prodigy, 2009.

08 – J MASCIS, “Can I”
In: Several Shades of Why, 2011.

09 – SIN FANG, “Fall Down Slow”
In: Summer Echoes, 2011.

10 – LITTLE WINGS, “What Wonder”
In: Light Green Leaves, 2002.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Noah Lennox vinha de um disco reverenciado, Person Pitch, portanto, a expectativa sobre Tomboy era muita. Mas o novo do Panda Bear não decepciona, muito pelo contrário, chego a gostar mais deste, o excesso de samples e colagens do primeiro dá lugar a canções mais organizadas, que se soam menos ousadas, não são menos brilhantes, caso de “Last Night at the Jetty” que abre o playlist de hoje. Na sequencia tem Avey Tare, Atlas Sound, Toro y Moi, The Eclectic Moniker, No Age, Ariel Pink’s Haunted Graffiti, Beach House, Dirty Projectors e Puro Instinct.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – PANDA BEAR, “Last Night at the Jetty”
In: Tomboy, 2011.

02 – AVEY TARE, “Laughing Hieroglyphic”
In: Down There, 2010.

03 – ATLAS SOUND, “Logos”
In: Logos, 2009.

04 – TORO Y MOI, “New Beat”
In: Underneath the Pine, 2011.

05 – THE ECLECTIC MONIKER, “2 Officers”
In: A Part of Something Bigger [EP], 2011.

06 – NO AGE, “Hard Trash”
In: Daytrotter Session, 2010.

07 – ARIEL PINK’S HAUNTED GRAFFITI, “Reminiscences”
In: Before Today, 2010.

08 – BEACH HOUSE, “All The Years”
In: Devotion, 2008.

09 – DIRTY PROJECTORS, “On The Beach”
In: Slaves’ Graves and Ballads, 2004.

10 – PURO INSTINCT, “I’ve Got Some Hapiness”
In: Pearl Harbor, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira o clip de “New Beat” de Toro y Moi:

domingo, 24 de abril de 2011

Lançado em 1984, pela SST Records, Double Nickels on the Dime, do Minutemen, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Originalmente, um album duplo, Double Nickels on the Dime, traz 45 músicas, a maior parte delas não chega a dois minutos, que reunidas formam uma explosão de punk, funk, jazz e folk a serviço do articulado pensamento de esquerda do trio formado por D. Boon (guitarra/voz), Mike Watt (baixo/voz) e George Hurley (bateria). Por uma questão estética optamos por não relacionar abaixo os títulos das 45 músicas como sempre fazemos, cabe apenas citar que as faixas encontram-se nomeadas na playlist e são apresentadas na mesma ordem encontrada no disco.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “This Ain’t No Picnic” do Minutemen:

sábado, 23 de abril de 2011

Esta semana foi lançado o novo album dos Violins (foto), o sétimo da carreira dos goianos. O grupo disponibiliza Direito de Ser Nada na íntegra em seu site (http://www.violins.com.br/). Claro que você vai correr até lá, afinal trata-se dos Violins, que dispensa maiores apresentações. Para abrir nossa playlist de hoje escolhemos do novo album, “Nenhum Caminho”. Na sequencia tem Autoramas, Publica, Jennifer Lo-Fi, Colombia Coffee, Stereograma, Phonopop, Locomotores, Cachorro Grande, Impressionistas, Identidade e Fábrica do General BoniMores.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – VIOLINS, “Nenhum Caminho”
In: Direito de Ser Nada, 2011.

02 – AUTORAMAS, “Grandola Vila Morena”
In: Brasil na CEE [EP], 2009.

03 – PUBLICA, “Quarto das Armas”
In: Como Num Filme Sem Um Fim, 2009.

04 – JENNIFER LO-FI, “Neveo”
In: Noia [EP], 2011.

05 – COLOMBIA COFFEE, “Cine Ideal”
In: Coisas que Não São [EP], 2010.

06 – STEREOGRAMA, “Te Encontrar”
In: Te Encontrar [EP], 2009.

07 – PHONOPOP, “Comendo Vidro”
In: Terceira Onda – O Novo Rock de Brasília, 2010.

08 – LOCOMOTORES, “Tudo O Que Eu Queria”
In: Locomotores, 2007.

09 – CACHORRO GRANDE, “Lunático”
In: Cachorro Grande, 2001.

10 – IMPRESSIONISTAS, “Meu Jovial Amigo”
In: Single, 2009.

11 – IDENTIDADE, “Um Dia Daqueles”
In: Um Dia Daqueles [Single], 2010.

12 – FÁBRICA DO GENERAL BONIMORES, “Dia Feliz”
In: Dia Feliz [Single], 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Quem está de album novo é o Low (foto). Segundo a crítica, C’Mon seria o regresso do grupo à sua melhor forma identificada com o album The Great Destroyer, de 2004. Trata-se, sem dúvida, de um excelente disco, a gente disponibiliza aqui o clip de “Try To Sleep” e, para abrir nosso playlist, “You See Everything”. Na sequencia tem Retribution Gospel Choir, Idaho, John Vanderslice, Girls, Say Hi, Carissa’s Wierd, Bill Callahan, Mount Eerie e Spiritualized.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LOW, “You See Everything”
In: C’Mon, 2011.

02 – RETRIBUTION GOSPEL CHOIR, “Hide It Away”
In: 2, 2010.

03 – IDAHO, “Still”
In: This Way Out, 1994.


04 – JOHN VANDERSLICE, “Convict Lake”
In: White Wilderness, 2011.

05 – GIRLS, “Substance”
In: Broken Dreams Club EP, 2010.

06 – SAY HI, “Dots on Maps”
In: Um, Uh Oh, 2011.

07 – CARISSA’S WIERD, “The Color That Your Eyes Changed With The Color Of Your Hair”
In: You Should Be At Home Here, 2001.

08 – BILL CALLAHAN, “Baby’s Breathe”
In: Apocalypse, 2011.

09 – MOUNT EERIE, “How?”
In: No Flashlight, 2005.

10 – SPIRITUALIZED, “Baby, I’m Just A Fool”
In: Songs in A&E, 2008.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Try To Sleep” do Low:

quinta-feira, 21 de abril de 2011

The Feelies (foto) é outra banda que não resistiu à aposentadoria. Este ano já tivemos album novo do Gang of Four, do Wire, além do Dismemberment Plan realizando uma série de shows. Vinte anos depois de Time for a Witness, o grupo lançou Here Before. Não dá para cobrar o mesmo pique de Crazy Rhythms (1980) e The Good Earth (1986), mas os velhinhos não decepcionam, mostrando que não há fonte da juventude melhor para uma banda do que palco. Na sequencia tem Galaxie 500, Luna, Orange Juice, The Chills, Minutemen, Tall Dwarfs, Jonathan Richman, The Crookes e Gruff Rhys.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE FEELIES, “When You Know”
In: Here Before, 2011.

02 – GALAXIE 500, “Tell Me”
In: On Fire, 1989.

03 – LUNA, “Sweet Child O’ Mine”
In: The Days of Our Nights, 1999.

04 – ORANGE JUICE, “Fly”
In: Tides Keep Changing, 2010.

05 – THE CHILLS, “So Long”
In: Soft Bomb, 1992.

06 – MINUTEMEN, “Theatre is the Life of You”
In: Double Nickels on the Dime, 1984.

07 – TALL DWARFS, “Sunday Song”
In: Stroke: Songs for Chris Knox, 2010.

08 – JONATHAN RICHMAN & THE MODERN LOVERS, “Hi Dear”
In: Jonathan Richman & The Modern Lovers, 1976.

09 – THE CROOKES, “Chorus of Fools”
In: Chasing After Ghost, 2011.

10 – GRUFF RHYS, “Conservation Conversation”
In: Hotel Shampoo, 2011.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

terça-feira, 19 de abril de 2011

O novo album do TV On The Radio veio acompanhado de um filme de uma hora de duração de mesmo nome: Nine Types of Light, que disponibilizamos abaixo. Trata-se de uma compilação dos video-clipes do album, cada música ganhou um clip, dentre elas, “You”, que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Beck, Destroyer, Atlas Sound, !!!, Wild Beasts, Why?, Glasser, Scattered Trees e Lukestar.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – TV ON THE RADIO, “You”
In: Nine Types of Light, 2011.

02 – BECK, “The Golden Age”
In: Sea Change, 2002.

03 – DESTROYER, “Savage Night of The Opera”
In: Kaputt, 2011.

04 – ATLAS SOUND, “Sheila”
In: Logos, 2009.

05 - !!!, “Theme From Space Island”
In: Louden Up Now, 2004.

06 – WILD BEASTS, “Underbelly”
In: Two Dancers, 2009.

07 – WHY?, “Waterfalls”
In: Elephant Eyelash, 2005.

08 – GLASSER, “Plane Temp”
In: Ring, 2010.

09 – SCATTERED TREES, “Four Days Straight”
In: Sympathy, 2011.

10 – LUKESTAR, “Flying Canoes”
In: Taiga, 2011.

Confira abaixo o filme “Nine Types of Light” do TV On The Radio:

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Com a seleção musical de hoje a Radio Indie chega à 401 playlists, isto significa que já disponibilizamos aqui mais de 4.000 músicas. Não é pouca coisa. Cabe lembrar que cada música é devidamente selecionada, o que confere qualidade à quantidade, o que é primordial para o sucesso do blog que a cada dia ganha mais seguidores e ouvintes. A playlist de hoje é um ótimo exemplo dessa nossa preocupação, embora abrimos nosso playlist destacando o novo album das Vivian Girls (foto), o recém-lançado Share The Joy, com uma de nossas preferidas – “Light in Your Eyes” – reunimos na sequencia bandas que guardam alguma semelhança entre si, estabelecendo uma coerência agradável de ouvir: do começo ao fim.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – VIVIAN GIRLS, “Light in Your Eyes”
In: Share The Joy, 2011.

02 – DUM DUM GIRLS, “Take Care of My Baby”
In: He Gets Me High [EP], 2011.

03 – THE BABIES, “Caroline”
In: The Babies, 2011.

04 – BEST COAST, “Sunny Adventure”
In: Best Coast/Jeff The Brotherhood 7”, 2011.

05 – TIMES NEW VIKING, “It’s A Culture”
In: Dancer Equired, 2011.

06 – LAS ROBERTAS, “History Is Done”
In: Cry Out Loud, 2010.

07 – CRYSTAL STILTS, “Bright Night Nursery”
In: Crystal Stilts [EP], 2008.

08 – GRASS WIDOW, “Strangers Come”
In: Past Time, 2010.

09 – MALE BONDING, “All Things The Way”
In: Nothing Hurts, 2010.

10 – NO AGE, “Brain Burner”
In: Nouns, 2008.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “I Heard You Say” das Vivian Girls:

domingo, 17 de abril de 2011

Lançado em 1984, pela SST Records, Zen Arcade, do Hüsker Dü, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Pode-se dizer que Zen Arcade é uma espécie de ópera-punk, representando para o hardcore o que foram Tommy e Quadrophenia (ambos do The Who) para o rock. Aqui Bob Mould (guitarra), Grant Hart (bateria) e Greg Norton (baixo) relatam a história de um garoto que sai de casa e tem que enfrentar sozinho o mundo.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – HÜSKER DÜ, “Something I Learned Today”
In: Zen Arcade, 1984.

02 – HÜSKER DÜ, “Broken Home, Broken Heart”
In: Zen Arcade, 1984.

03 – HÜSKER DÜ, “Never Talking To You Again”
In: Zen Arcade, 1984.

04 – HÜSKER DÜ, “Chartered Trips”
In: Zen Arcade, 1984.

05 – HÜSKER DÜ, “Dreams Reoccurring”
In: Zen Arcade, 1984.

06 – HÜSKER DÜ, “Indecision Time”
In: Zen Arcade, 1984.

07 – HÜSKER DÜ, “Hare Krsna”
In: Zen Arcade, 1984.

08 – HÜSKER DÜ, “Beyond the Threshold”
In: Zen Arcade, 1984.

09 – HÜSKER DÜ, “Pride”
In: Zen Arcade, 1984.

10 – HÜSKER DÜ, “I’ll Never Forget You”
In: Zen Arcade, 1984.

11 – HÜSKER DÜ, “The Biggest Lie”
In: Zen Arcade, 1984.

12 – HÜSKER DÜ, “What’s Going On”
In: Zen Arcade, 1984.

13 – HÜSKER DÜ, “Masochism World”
In: Zen Arcade, 1984.

14 – HÜSKER DÜ, “Standing By The Sea”
In: Zen Arcade, 1984.

15 – HÜSKER DÜ, “Somewhere”
In: Zen Arcade, 1984.

16 – HÜSKER DÜ, “One Step at a Time”
In: Zen Arcade, 1984.

17 – HÜSKER DÜ, “Pink Turns To Blue”
In: Zen Arcade, 1984.

18 – HÜSKER DÜ, “Newest Industry”
In: Zen Arcade, 1984.

19 – HÜSKER DÜ, “Monday Will Never Be The Same”
In: Zen Arcade, 1984.

20 – HÜSKER DÜ, “Whatever”
In: Zen Arcade, 1984.

21 – HÜSKER DÜ, “The Tooth Fairy and The Princess”
In: Zen Arcade, 1984.

22 – HÜSKER DÜ, “Turn on The News”
In: Zen Arcade, 1984.

23 – HÜSKER DÜ, “Reoccurring Dreams”
In: Zen Arcade, 1984.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sábado, 16 de abril de 2011

O brasiliense Beto Só (foto) lançou esta semana “Vivendo no Escuro” – primeiro single de seu novo album, Ferro-Velho de Boas Intenções. Uma bela canção, mas vindo de quem vem não poderia ser diferente. É ela quem abre nosso playlist de hoje que traz ainda Blubell, Lestics, Os Gianoukas Papoulas, Stuart, Marcelo Mendes, Wander Wildner, Watson, The Pro, Os Vilsos e Benflos.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BETO SÓ, “Vivendo no Escuro”
In: Ferro-Velho de Boas Intenções, 2011.

02 – BLUBELL, “Triz”
In: Eu sou do tempo em que a gente se telefonava, 2011.

03 – LESTICS, “Vazio”
In: Aos Abutres, 2010.

04 – OS GIANOUKAS PAPOULAS, “Ela Se Foi”
In: Panorâmica, 2006.

05 – STUART, “Técnica de Ignorar Motivos”
In: Teatro que celebra a extinção do inverno, 2008.

06 – MARCELO MENDES, “Pela Janela”
In: Oi, Tudo Bem? [EP], 2009.

07 – WANDER WILDNER, “Porta Retratos”
In: La Canción Inesperada, 2008.

08 – WATSON, “Asa Belhas”
In: Asa Belhas, 2009.

09 – THE PRO, “Aviso”
In: Ensaio, 2010.

10 – OS VILSOS, “Chega de Tudo”
In: Tributo ao Ronnie Von, 2007.

11 – BENFLOS, “Clássica”
In: EP 2006

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Os últimos três anos foram dedicados ao The Dead Weather, sua parceria com Jack White, mas agora Alison Mosshart retoma sua parceria mais famosa, com o músico Jamie Hince, também conhecida como The Kills (foto) e lança Blood Pressures, quarto album da dupla. Dele escolhemos para abrir nosso playlist de hoje, “The Last Goodbye”. Na sequencia tem Karen Elson, The Raveonettes, The Strokes, Kasabian, The Black Keys, Babyshambles, Franz Ferdinand, Metric e Joy Division para fechar com chave de ouro.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE KILLS, “The Last Goodbye”
In: Blood Pressures, 2011.

02 – KAREN ELSON, “The Ghost Who Walks”
In: The Ghost Who Walks, 2010.

03 – THE RAVEONETTES, “Forget That You’re Young”
In: Raven in the grave, 2011.

04 – THE STROKES, “Gratisfaction”
In: Angles, 2011.

05 – KASABIAN, “The Green Fairy”
In: London Boulevard OST, 2011.

06 – THE BLACK KEYS, “The Only One”
In: Brothers, 2010.

07 – BABYSHAMBLES, “Crumb Begging Baghead”
In: Shotter’s Nation, 2007.

08 – FRANZ FERDINAND, “You Never Go Out Anymore”
In: Ulysses [Single], 2009.

09 – METRIC, “Twilight Galaxy”
In: Fantasies, 2009.

10 – JOY DIVISION, “Atmosphere”(1980)
In: Substance, 1977-1980, 1988.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Satellite” com The Kills:

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Embora o nome da banda faça referência a uma cidade finlandesa, o Architecture in Helsinki (foto) é australiano. O grupo que já teve oito membros, perde um a cada novo album. No recém-lançado Moment Bends o Architecture in Helsinki se apresenta como um quinteto, mas isso não tem prejudicado o som da banda, como você pode conferir em “Sleep Talkin’”, faixa que abre nosso playlist de hoje, e no clip que disponibilizamos abaixo, de “Contact High”. Na sequencia tem Camera Obscura com um cover do Abba, Oh No Oh My, Tilly and The Wall, Belle and Sebastian, Stars, Starfucker, Cloud Control, Beulah e Modest Mouse.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ARCHITECTURE IN HELSINKI, “Sleep Talkin’”
In: Moment Bends, 2011.

02 – CAMERA OBSCURA, “Super Trouper”
In: The Saturday Sessions: The Dermot O’Leary Show, 2007.

03 – OH NO OH MY, “Should Not Have Come To This”
In: People Problems, 2011.

04 – TILLY AND THE WALL, “Coughing Colors”
In: Bottoms of Barrels, 2006.

05 – BELLE AND SEBASTIAN, “The Ghost of Rockschool”
In: Write About Love, 2010.

06 – STARS, “Celebration Guns”
In: Set Yourself on Fire, 2004.

07 – STARFUCKER, “Slow Dance”
In: Reptilians, 2011.

08 – CLOUD CONTROL, “There’s Nothing In The Water We Can’t Fight”
In: Bliss Release, 2010.

09 – BEULAH, “You’re Only King Once”
In: Yoko, 2003.

10 – MODEST MOUSE, “Lounge”
In: This Is a Long Drive for Someone with Nothing to Think About, 1996.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o novo clip do Architecture in Helsinki: "Contact High"

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Lançado no final de março, Meyrin Fields é o segundo fruto da parceria entre James Mercer (The Shins) e Brian Burton (Danger Mouse) denominada Broken Bells. Trata-se de um EP com quatro faixas, dentre elas “Heartless Empire” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem Yeasayer, Miike Snow, The Temper Trap, Arcade Fire, Ratatat, Passion Pit, The Naked and Famous, Cut Copy e Phantogram.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – BROKEN BELLS, “Heartless Empire”
In: Meyrin Fields [EP], 2011.

02 – YEASAYER, “I Remember”
In: I Remember [EP], 2011.

03 – MIIKE SNOW, “Black & Blue”
In: Miike Snow, 2009.

04 – THE TEMPER TRAP, “Ressurrection”
In: Conditions, 2009.

05 – ARCADE FIRE, “City With No Children”
In: The Suburbs, 2010.

06 – RATATAT, “Cherry”
In: Ratatat, 2004.

07 – PASSION PIT, “Seaweed Song”
In: Manners, 2009.

08 – THE NAKED AND FAMOUS, “Young Blood”
In: Passive Me, 2011.

09 – CUT COPY, “Take Me Over”
In: Zonoscope, 2011.

10 – PHANTOGRAM, “Futuristic Casket”
In: Eyelid Movies, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “I Remember” do Yeasayer:

terça-feira, 12 de abril de 2011

Quando falamos em Dirty Beaches estamos nos referindo a Alex Zhang Hungtai (foto) que é o sujeito por detrás deste Badlands, um EP com oito faixas – cada uma melhor que a outra. Talvez nenhuma supere “Lord Knows Best” que – anotem aí – já pode constar na lista das melhores músicas do ano. É justamente com ela que abrimos nosso playlist de hoje, ouçam e depois me digam se exagero. Na sequencia tem The Babies, Minks, Ducktails, No Joy, Jeans Wilder, Billy Lunn, Monster Rally, Reading Rainbow e Smith Westerns.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – DIRTY BEACHES, “Lord Knows Best”
In: Badlands, 2011.

02 – THE BABIES, “Sick Kid”
In: The Babies, 2011.

03 – MINKS, “Cemetery Rain”
In: By The Hedge, 2011.

04 – DUCKTAILS, “Art Vanderlay”
In: Ducktails III: Arcade Dynamics, 2010.

05 – NO JOY, “Ghost Blonde”
In: Ghost Blonde, 2011.

06 – JEANS WILDER, “Castle Walls”
In: Relics, 2010.

07 – BILLY LUNN, “In For The Kill (Acoustic Cover Version)”
In: Acoustic Adventures, 2011.

08 – MONSTER RALLY, “Champagne/Holiday”
In: Coral, 2011.

09 – READING RAINBOW, “Must Be Dreaming”
In: Prism Eyes, 2010.

10 – SMITH WESTERNS, “Dance Away”
In: Dye It Blonde, 2011.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Lord Knows Best” do Dirty Beaches:

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Formado em 2008, na cidade de San Francisco, o trio The Sandwitches (foto) acaba de lançar seu segundo album, Mrs. Jones’ Cookies. Para quem acha que se trata apenas de uma banda metida a engraçadinha, ouça do que são capazes em “Lightfoot” que abre nossa playlist de hoje. Demais. Na sequencia tem The Mantles, Peaking Lights, NewVillager, Fungi Girls, Real Estate, Coasting, Air Waves, Harlem e Woods.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE SANDWITCHES, “Lightfoot”
In: Mrs. Jones’ Cookies, 2011.

02 – THE MANTLES, “Look Away”
In: The Mantles, 2009.

03 – PEAKING LIGHTS, “Amazing and Wonderful”
In: 936, 2011.

04 – NEWVILLAGER, “Rich Doors”
In: Rich Doors/Genghis On, 2011.

05 – FUNGI GIRLS, “Pacifica Nostalgia”
In: Seafaring Pyramids, 2009.

06 – REAL ESTATE, “Drum”
In: Reality, 2010.

07 – COASTING, “Kids”
In: The One We Both Like & Pussybow/Kids 7”, 2010.

08 – AIR WAVES, “Kingdom”
In: Air Waves ep, 2011.

09 – HARLEM, “Someday Soon”
In: Hippies, 2010.

10 – WOODS, “Death Rattles”
In: At Echo Lake, 2010.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

domingo, 10 de abril de 2011

Lançado em 1984, pela Twin/Tone Records, Let It Be, dos Replacements, é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Let It Be marcou a transição do quarteto liderado por Paul Westerberg da sua fase mais punk rumo às músicas mais melódicas e sensíveis que irão definir o restante da carreira do grupo e seu sucesso. O album conta com alguns clássicos da banda como “I Will Dare” e “Androgynous”, além de uma versão para “Black Diamond” do Kiss que diz a lenda fez Gene Simmons sair bufando de uma apresentação ao vivo dos Replacements.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE REPLACEMENTS, “I Will Dare”
In: Let It Be, 1984.

02 – THE REPLACEMENTS, “Favorite Thing”
In: Let It Be, 1984.

03 – THE REPLACEMENTS, “We’re Comin’ Out”
In: Let It Be, 1984.

04 – THE REPLACEMENTS, “Tommy Gets His Tonsils Out”
In: Let It Be, 1984.

05 – THE REPLACEMENTS, “Androgynous”
In: Let It Be, 1984.

06 – THE REPLACEMENTS, “Black Diamond”
In: Let It Be, 1984.

07 – THE REPLACEMENTS, “Unsatisfied”
In: Let It Be, 1984.

08 – THE REPLACEMENTS, “Seen Your Video”
In: Let It Be, 1984.

09 – THE REPLACEMENTS, “Gary’s Got a Boner”
In: Let It Be, 1984.

10 – THE REPLACEMENTS, “Sixteen Blue”
In: Let It Be, 1984.

11 – THE REPLACEMENTS, “Answering Machine”
In: Let It Be, 1984.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sábado, 9 de abril de 2011

Sábado é dia do independente nacional aqui no blog e de fazer um passeio pelo que de melhor tem sido feito por aqui. O destaque de hoje vai para os Ladrões de Vinil (foto) que vem lá de Vitória da Conquista, na Bahia. Desde 2006 na ativa o grupo faz segundo suas próprias palavras um “rock vanguardiano”. Confira o que isto significa ouvindo “Vários Sentidos” que abre nossa playlist de hoje. Na sequencia tem Variantes, Sextans, Aurélio & Seus Cometas, Colorido Artificialmente, Big Richards, Lafusa, Vanguart, Maglore, Himenscomplacentes, Reino Fungi e, fechando a seleção musical especialíssima de hoje, a paulistana Sala Especial.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – LADRÕES DE VINIL, “Vários Sentidos”
In: Ladrões de Vinil, 2010.

02 – VARIANTES, “Belladona”
In: Single Virtual (2010), 2010.

03 – SEXTANS, “Coração Sujo”
In: Demo – Coração Sujo, 2010.

04 – AURÉLIO & SEUS COMETAS, “Felizes Dias Tristes”
In: Clube dos Descontentes, 2010.

05 – COLORIDO ARTIFICIALMENTE, “1948”
In: A Tradicional Família Mineira, 2009.

06 – BIG RICHARDS, “Prefiro Acreditar”
In: Eu Conto Assim [EP], 2010.

07 – LAFUSA, “Tende”
In: Quadricôlor, 2007.

08 – VANGUART, “Enquanto isso na lanchonete”
In: Vanguart, 2007.

09 – MAGLORE, “Enquanto Sós”
In: Veroz, 2011.

10 – HIMENSCOMPLACENTES, “Reaprendendo a Viver”
In: Himenscomplacentes/Studio Virtual, 2008.

11 – REINO FUNGI, “Você Não Serve Pra Mim”
In: Clube do Chá Dançante, 2006.

12 – SALA ESPECIAL, “Bond Street”
In: Aventuras Estereofônicas Vol. II, 2004.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Quem também está de album novo são os Generationals. Actor-Caster lançado no último dia 29 é o segundo disco do grupo de New Orleans, que faz um indie-pop com pitadas de surf music. A gentre traz duas faixas do album: “You Say It Too” que abre nosso playlist de hoje e “Ten-Twenty-Ten” no clip que disponibilizamos abaixo. A seleção musical ainda traz The Love Language, Throw Me The Statue, Pepper Rabbit, Telekinesis!, Foreign Born, Princeton, Sonny & The Sunsets, Guards com um cover do Vampire Weekend e Grouplove para finalizar.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – GENERATIONALS, “You Say It Too”
In: Actor-Caster, 2011.

02 – THE LOVE LANGUAGE, “Summer Dust”
In: Libraries, 2010.

03 – THROW ME THE STATUE, “Waving at the shore”
In: Creaturesque, 2009.

04 – PEPPER RABBIT, “Snowalker”
In: Bauregard, 2010.

05 – TELEKINESIS!, “Car Crash”
In: 12 Desperate Straight Lines, 2011.

06 – FOREIGN BORN, “We Had Pleasure”
In: In The Remote Woods, 2005.

07 – PRINCETON, “Eminent Victorians”
In: Bloomsbury [EP], 2008.

08 – SONNY & THE SUNSETS, “Lovin’ On An Older Gal”
In: Tomorrow is Alright, 2010.

09 – GUARDS, “Taxi Cab” (Vampire Weekend Cover)
In: http://guards.bandcamp.com/

10 – GROUPLOVE, “Naked Kids”
In: Grouplove [EP], 2010.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

Confira abaixo o clip de “Ten-Twenty-Tem” do Generationals:

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Nightingale é o segundo album do trio Erland and The Carnival (foto) conhecido por conferir ao folk tradicional um estilo mais contemporâneo, aqui mais sombrio que no disco de estréia. A faixa-título é a melhor do disco que, acredito, não vai ‘causar’ muito em 2011. Na sequencia tem Goldheart Assembly, Broken Records, Villagers, The Crookes, The Strange Death of Liberal England, Cherry Ghost, British Sea Power, Detroit Social Band e Northern Portrait.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ERLAND AND THE CARNIVAL, “Nightingale”
In: Nightingale, 2011.

02 – GOLDHEART ASSEMBLY, “Boulevards”
In: Wolves and Thieves, 2010.

03 – BROKEN RECORDS, “Ailene”
In: Let Me Come Home, 2010.

04 – VILLAGERS, “The Meaning of the Ritual”
In: Becoming a Jackal, 2010.

05 – THE CROOKES, “Backstreet Lovers”
In: Dreams of Another Day, 2010.

06 – THE STRANGE DEATH OF LIBERAL ENGLAND, “Shadows”
In: Drow Your Heart Again, 2010.

07 – CHERRY GHOST, “Throw Me To The Dogs”
In: Mathematics [single], 2007.

08 – BRITISH SEA POWER, “Luna”
In: Valhalla Dancehall, 2011.

09 – DETROIT SOCIAL CLUB, “Northern Man”
In: Norther Man 7”, 2010.

10 – NORTHERN PORTRAIT, “Crazy”
In: The Fallen Aristocracy [EP], 2008.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Map of An Englishman” com Erland & The Carnival:

terça-feira, 5 de abril de 2011

Lançado no último dia 29, All Eternals Deck é o novo album do The Mountain Goats (foto). Mais um excelente trabalho de John Darnielle. A gente já tinha tocado aqui na Radio Indie, o primeiro single (“Damn These Vampires”), para abrir o playlist de hoje escolhemos “Beautiful Gas Mask”. Na sequencia tem Simon Joyner, Okkervil River, The Thermals, Silver Jews, The Decemberists, The Magnetic Fields, Ted Leo and The Pharmacists, Smog e, para finalizar, mais uma faixa de Kaputt do Destroyer.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – THE MOUNTAIN GOATS, “Beautiful Gas Mask”
In: All Eternals Deck, 2011.

02 – SIMON JOYNER, “Came a Yellow Bird”
In: Yesterday, Tomorrow, And In Between, 1998.

03 – OKKERVIL RIVER, “Walked Out On a Line”
In: Mermaid [Single], 2011.

04 – THE THERMALS, “Separate”
In: Separate [Single], 2010.

05 – SILVER JEWS, “Buffering Jukebox”
In: Lookout Mountain, Lookout Sea, 2008.

06 – THE DECEMBERISTS, “January Hymn”
In: The King Is Dead, 2011.

07 – THE MAGNETIC FIELDS, “Lovers from the Moon”
In: The Warward Bus, 1992.

08 – TED LEO AND THE PHARMACISTS, “Loyal to My Sorrowful Country”
In: Tell Balgeary, Balgury Is Dead [EP], 2003.

09 – SMOG, “Golden”
In: Julius Caesar, 1993.

10 – DESTROYER, “Blue Eyes”
In: Kaputt, 2011.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Alex Turner, do Arctic Monkeys, foi convidado para fazer a trilha-sonora de Submarine, estréia de Richard Ayoade na direção. O filme não é lá grande coisa, conta a história de um garoto que quer perder a virgindade, mas a trilha de Alex Turner é ótima. Já tocamos aqui “Piledriver Waltz”, hoje abrimos nossa playlist com outra faixa do EP, “Stuck on the Puzzle”. Na sequencia tem Jon Fratelli, Miles Kane, Alex Winston, Yeti, Dominant Legs, Junip, King Charles, The Strokes e, para finalizar, uma das melhores músicas do Arctic Monkeys: “Fluorescent Adolescent”.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – ALEX TURNER, “Stuck on the Puzzle”
In: Submarine Soundtrack, 2011.

02 – JON FRATELLI, “Rhythm Doesn’t Make You a Dancer”
In: Rhythm Doesn’t Make You a Dancer [single], 2011.

03 – MILES KANE, “Come Closer”
In: Colour of the Trap, 2011.

04 – ALEX WINSTON, “The Cave (Mumford & Sons Cover)”
In: The Basement Covers EP, 2010.

05 – YETI, “The Last Time You Go”
In: Yume!, 2007.

06 – DOMINANT LEGS, “Run Like Hell for Leather”
In: Young at Love and Life, 2010.

07 – JUNIP, “Without You”
In: Fields, 2010.

08 – KING CHARLES, “Love Lust”
In: Love Lust/ Mr. Flick, 2009.

09 – THE STROKES, “Games”
In: Angles, 2011.

10 – ARCTIC MONKEYS, “Fluorescent Adolescent”
In: Favourite Worst Nightmare, 2007.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

Confira abaixo o clip de “Fluorescent Adolescent” do Arctic Monkeys:

domingo, 3 de abril de 2011

Lançado em 1986, pela Baratos Afins, Cadê as Armas? das Mercenárias é o destaque de hoje da Discoteca Indie, nossa seleção dos melhores albuns independentes de todos os tempos. Formado por Rosália Munhoz (voz), Ana Machado (guitarra), Sandra Coutinho (baixo) e Lou (bateria) na cidade de São Paulo, Cadê as Armas? marcou a estréia do grupo. Transitando entre o punk e o pós-punk, o album traz músicas que se tornaram verdadeiros clássicos do underground como “Polícia, “Pânico”, “Santa Igreja” e “Me Perco” gravada anos depois pelo Ira!.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – MERCENÁRIAS, “Me Perco”
In: Cadê as Armas?, 1986.

02 – MERCENÁRIAS, “Polícia”
In: Cadê as Armas?, 1986.


03 – MERCENÁRIAS, “Imagem”
In: Cadê as Armas?, 1986.

04 – MERCENÁRIAS, “Inimigo”
In: Cadê as Armas?, 1986.

05 – MERCENÁRIAS, “Pânico”
In: Cadê as Armas?, 1986.

06 – MERCENÁRIAS, “Amor Inimigo”
In: Cadê as Armas?, 1986.

07 – MERCENÁRIAS, “Loucos Sentimentos”
In: Cadê as Armas?, 1986.

08 – MERCENÁRIAS, “Labirintos”
In: Cadê as Armas?, 1986.

09 – MERCENÁRIAS, “Além Acima”
In: Cadê as Armas?, 1986.

10 – MERCENÁRIAS, “Santa Igreja”
In: Cadê as Armas?, 1986.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Radio-Indie/142639295767771

sábado, 2 de abril de 2011

O destaque de hoje da Radio Indie vem do Rio Grande do Sul, trata-se da Garota Verde (foto). Eles começaram como uma banda cover dos Cranberries e em 2010 quando os irlandeses se apresentaram em Porto Alegre, foi justamente a Garota Verde quem abriu o show. Reconhecimento merecido, Marjorie Jonsson e companhia fazem um som gostoso de ouvir, caso da balada “Vício” que abre nosso playlist de hoje. Na sequencia tem os amantes invisíveis, Volantes, Fantomáticos, Cine Flórida, Gulivers, The Midnight Sisters, Single Parents, Monaco Beach, Colorphonic, The Name e Subburbia.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – GAROTA VERDE, “Vício”
In: Home Studio, 2010.

02 – OS AMANTES INVISÍVEIS, “Lanny”
In: EP, 2010.

03 – VOLANTES, “Vitória”
In: Sobre Gostar e Esperar, 2009.

04 – FANTOMÁTICOS, “Gin”
In: Fantomáticos no Bosque, 2008.

05 – CINE FLÓRIDA, “Deixa Disso!”
In: Descompasso [EP], 2010.

06 – GULIVERS, “Sorte”
In: Em Boas Mãos, 2010.

07 – THE MIDNIGHT SISTERS, “Better Things To Do”
In: What Happened To Jackie Faye, 2010.

08 – SINGLE PARENTS, “Modern Times”
In: Could You Explain? [EP], 2010.

09 – MONACO BEACH, “Hiding Secrets”
In: Drowning in My Dreams [EP], 2010.

10 – COLORPHONIC, “Maddie Vs Willis”
In: Colorphonic [EP], 2010.

11 – THE NAME, “Mary Did Again”
In: Assonance [EP], 2009.

12 – SUBBURBIA, “U R Here”
In: John D. Rockfeller [EP], 2009.

Siga a Rádio Indie pelo twitter e fique por dentro das atualizações do blog:
http://twitter.com/radio_indie

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Summer Echoes é o segundo album de Sindri Már Sigfússon (foto), mais conhecido como líder do Seabear. Assinando como Sin Fang, o músico islandês produziu uma mistura interessante de pop e folk. “Always Everything” que abre nosso playlist é a minha favorita. Na sequencia tem Braids, Seabear, Jónsi, Summer Fiction, Cake, Fergus and Geronimo, Vox and The Hound, Teen Daze e Young Prisms.

Seleção Musical de Ricardo Pereira.

01 – SIN FANG, “Always Everything”
In: Summer Echoes, 2011.

02 – BRAIDS, “Plath Heart”
In: Native Speaker, 2011.

03 – SEABEAR, “Doctor”
In: We Built A Fire, 2010.

04 – JÓNSI, “Around Us”
In: Go, 2010.

05 – SUMMER FICTION, “Chandeliers”
In: Chandeliers [Single], 2010.

06 – CAKE, “Long Time”
In: Showroom of Compassion, 2011.

07 – FERGUS & GERONIMO, “Powerful Lovin’”
In: Blind Muslim Girl b/w Powerful Lovin’, 2009.

08 – VOX AND THE HOUND, “End of Me”(feat. Julie Odell-Jones)
In: http://voxandthehound.bandcamp.com

09 – TEEN DAZE, “Water”
In: Beach Dreams [EP], 2010.

10 – YOUNG PRISMS, “Feel Fine”
In: Friends for Now, 2011.

Agora a Radio Indie também está no Facebook:
http://www.blogger.com/goog_157824424

Confira abaixo o clip de “Because of The Blood” do Sin Fang: